Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2018-11-01T11:39:17-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Mercados

Mercados de ações emergentes perderam US$ 17,1 bilhões em outubro

Estimativa do Instituto Internacional de Finanças (IIF) aponta maior retirada de dinheiro desde agosto de 2013. Seria uma boa oportunidade de compra?

1 de novembro de 2018
11:39
mercados emergentes
Imagem: Shutterstock

Os mercados de ações dos países emergentes sofreram o maior saque de recursos desde agosto de 2013, quando o Federal Reserve (Fed), banco central americano, acenou que começaria a subir sua taxa de juros e retirar outros estímulos monetários.

As estimativas do Instituto Internacional de Finanças (IIF), que reúne mais de 450 bancos de 70 países, mostram uma saída bruta de US$ 17,1 bilhões dos portfólios de ações emergentes no mês passado, que foi marcado por um sentimento de fuga global de risco. Tal retirada está entre as quatro maiores já registradas desde que o acompanhamento começou em 2005.

Por outro lado, nota a IIF, os mercados de dívida emergentes conseguiram captar US$ 9,5 bilhões, em função das maiores taxas de juros. Assim, o resultado líquido do fluxo de recursos em ações e dívida emergente terminou o mês negativo em US$ 7,6 bilhões.

As movimentações se concentraram nos mercados da China, onde preocupações com a guerra comercial e menor crescimento resultaram em um saque de US$ 12,3 bilhões dos emergentes da Ásia.

Em seu relatório, a IIF pondera que um mês de saídas tão volumosas, além de ser um evento raro tende a representar uma oportunidade de compra.

Nos últimos quatro episódios de saídas superiores a US$ 10 bilhões, os 12 meses subsequentes registraram uma média de US$ 65 bilhões em novos ingressos, o que é visto como um bom indicativo de ativos baratos em um mercado “sobrevendido”.

“Conforme os investidores avaliam os riscos do aperto monetário do Fed e o potencial disruptivo da guerra comercial sobre as cadeias globais de fornecimento, essa venda pode ser uma boa oportunidade para se caças pechinchas ou uma armadilha de valor”, diz a IIF em seu relatório.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Quem dá mais?

A CCR (CCRO3) e o leilão da Dutra: o que está em jogo para a companhia?

A CCR (CCRO3) administra a Dutra desde 1996. Mas, com o novo leilão marcado para essa sexta (26), a empresa pode perder a concessão

ÚLTIMO ADEUS?

De malas prontas para deixar a B3, Banco Inter (BIDI11) reverte prejuízo em lucro líquido de R$ 19,2 milhões no terceiro trimestre

O banco digital também celebrou a marca de 14 milhões de clientes no período, um salto de 94% na comparação com o terceiro trimestre de 2020

Tecnologia em foco

As big techs na balança: veja como foi o trimestre de Google, Microsoft e Twitter

Três das principais big techs americanas reportaram seus balanços nesta noite; veja como se saíram Alphabet/Google, Microsoft e Twitter

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Pressão nos juros, Elon Musk mais rico e o brilho das ações das elétricas

As projeções de bancos e economistas para a alta da Selic não param de subir. É possível ver essa tendência semanalmente no boletim Focus, divulgado toda segunda-feira pelo Banco Central, em relatórios de diversas casas de análise e na curva dos juros futuros — que não param de ser revisados para patamares cada vez mais […]

ACIONISTAS FELIZES

Farra dos dividendos: Santander (SANB11), Klabin (KLBN11) e Porto Seguro (PSSA3) anunciam proventos; banco espanhol vai pagar R$ 3 bilhões aos acionistas

Confira mais detalhes sobre os valores por ação, previsão para o pagamento e a data-limite para entrar na festa de cada uma das três empresas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies