⚽️ Jogos das quartas-de-final começam a se desenhar; confira os dias da próxima fase

Cotações por TradingView
2019-04-04T14:41:36-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Levantamento da Boa Vista SCPC

Inadimplência dos brasileiros sobe 1% em outubro, mas acumulado em 12 meses aponta para baixo

Tendência apontada na pesquisa é de que o nível de endividamento no País tende a se manter estável nos próximos meses

8 de novembro de 2018
15:31 - atualizado às 14:41

Apesar de subir 1,0% em outubro na comparação com setembro, o índice de inadimplência do consumidor no Brasil acumula queda de 1,9% no acumulado em 12 meses. Os dados da pesquisa elaborada pela Boa Vista SCPC e divulgada nesta quinta-feira, 8, mostram que o endividamento também cresceu 1,1% na comparação com o mesmo mês do ano passado.

A avaliação da Bos Vista é de que a inadimplência no País, depois de registrar forte queda nos últimos anos, está em fase de estabilização. Segundo o estudo, a recente crise econômica que afetou o Brasil gerou um sentimento de cautela nas famílias, inibindo o consumo e a tomada de crédito e contribuindo para a diminuição do fluxo de inadimplência.

A entidade citou em nota que, passado o período mais intenso da crise econômica, o indicador demonstra sinais de que caminha para ficar estável. O relatório da Boa Vista ressalta também que a manutenção de um ritmo estável do estoque de inadimplência está condicionada por uma recuperação mais forte do mercado de trabalho, a diminuição dos juros e a evolução da renda.

Na pesquisa CNC, endividamento estável

Alta de um lado, manutenção do outro. A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada nesta quinta-feira, 8, pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), mostrou que a proporção das famílias com dívidas se manteve estável em 60,7% na passagem de setembro para outubro. Já na comparação com outubro de 2017, houve queda de 1,1 ponto porcentual.

A Peic mostrou ainda que o porcentual de famílias com dívidas ou contas em atraso recuou em outubro de 2018, na comparação com o mês anterior, passando de 23,8% para 23,5%. A inadimplência também registrou queda em relação a outubro de 2017, quando chegou a 26,0% do total.

Já o porcentual de famílias que declararam não ter condições de pagar as contas ou dívidas em atraso e que, portanto, tendem a seguir inadimplentes, ficou estável em 9,9% na passagem de setembro para outubro, mas caiu em relação aos 10,1% de outubro de 2017.

Cartão de crédito: o vilão do consumidor

Nas entrevistas com os consumidores, o cartão de crédito, mais uma vez, foi apontado como principal tipo de dívida, citado por 77,4% das famílias entrevistadas. Em seguida, vêm os carnês (14,5%) e, em terceiro lugar, o financiamento de carro (10,1%).

Além disso, a proporção das famílias que se declararam "muito endividadas" diminuiu em relação a setembro, passando de 13,3% para 12,9%. Na comparação anual, também houve queda de 1,7 ponto porcentual. Já o tempo médio de atraso para o pagamento de dívidas foi de 65,3 dias em outubro de 2018, acima dos 63,8 no mesmo período do ano passado. Em média, o comprometimento com as dívidas foi de sete meses, sendo que 32,1% das famílias possuem dívidas por mais de um ano.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

FUTEBOL NA WEB3

Um novo tipo de figurinha: Fifa e Crypto.com anunciam lançamento de NFTs da Copa do Mundo no Catar

5 de dezembro de 2022 - 13:27

FIFA fecha parceria com a Coca-Cola e a plataforma Crypto.com para criar 10 mil artes exclusivas criadas pelo artista Gmunk dedicadas à Copa do Mundo no Catar

DINHEIRO NOVO

Mais uma empresa novata na B3 pede dinheiro aos acionistas e planeja aumento de capital por valor 62% abaixo do IPO

5 de dezembro de 2022 - 12:26

A provedora de serviços de internet Desktop (DESK3) fará um aumento de capital privado de até R$ 300 milhões; ações caem forte na B3

ESTÁGIO E TRAINEE

Natura e Porto Seguro estão com vagas abertas para estágio e trainee; veja oportunidades com bolsas-auxílio de até R$ 2,9 mil

5 de dezembro de 2022 - 12:19

As empresas aceitam candidaturas de estudantes e recém-formados, em diversos cursos; o início está previsto entre janeiro e março de 2023

OPORTUNIDADE NA CRISE

Será a volta por cima? Credit Suisse atrai o interesse de príncipe saudita e de fundo dos EUA

5 de dezembro de 2022 - 12:11

Propostas à nova unidade do Credit Suisse ainda não foram formalizadas, mas totalizaram o equivalente a mais de US$ 1 bilhão, segundo o Wall Street Journal

DESTAQUES DA BOLSA

Construtoras da B3 recuam em bloco hoje: por que a alta dos juros futuros prejudica as ações do setor?

5 de dezembro de 2022 - 12:08

No caso da Even, que registra uma das maiores quedas do setor, pesou também uma notícia corporativa: a renúncia de um de seus diretores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies