Menu
2018-09-22T11:46:59-03:00
Estadão Conteúdo
Energia

BNDES dá novo passo para privatização de distribuidoras da Eletrobras

Banco anunciou que habilitou as vencedoras do leilão das distribuidoras da Eletrobras nos estados do Acre, Rondônia e Roraima

18 de setembro de 2018
17:18 - atualizado às 11:46
Linhas de transmissão da Eletrobras
Habilitação de vencedoras do leilão superou os prazos do cronograma - Imagem: Deni Williams / Shutterstock.com

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) habilitou as vencedoras do leilão das distribuidoras da Eletrobras nos estados do Acre, Rondônia e Roraima.

A comissão de licitação do banco, responsável pelo processo, informou que "após analisar a documentação contida nos volumes 2 e 3, considerou regulares as Propostas Econômicas apresentadas pela empresa Energisa S/A, para a desestatização da Eletroacre e Ceron, e pelo Consórcio Oliveira Energia - Atem, para a desestatização da Boa Vista, bem como as julgou habilitadas, em virtude do preenchimento de todos os requisitos do edital do leilão".

A habilitação ficou dentro do prazo indicado por fontes ouvidas pelo "Broadcast", sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, mas superou o prazo máximo indicado no cronograma do leilão, que apontava que a divulgação da ata de julgamento dos envelopes deveria ser feita até o último dia 12.

Na semana passada, o BNDES afirmou à reportagem que a data mostrada no cronograma era "referencial" e que a Comissão de Licitação estava "procedendo à análise dos documentos apresentados no Leilão da Ceron, Eletroacre e Boa Vista" e divulgaria o resultado tão logo concluísse sua análise.

Conforme o comunicado divulgado nesta terça-feira, 18, a partir da publicação do aviso de julgamento da proposta econômica e da habilitação no Diário Oficial da União, será aberto o prazo de cinco dias úteis para a interposição de recursos, na forma prevista no edital.

Pelo cronograma, a publicação do resultado definitivo, após prazo para recursos, está prevista para até o dia 4 de outubro. A partir daí os vencedores devem submeter seus documentos para análise da aquisição pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A conclusão do processo, com assinatura do contrato de compra e venda das ações das empresas e dos novos contratos de concessão, está indicada para o período entre 31 de outubro e cinco de dezembro.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

fique de olho

Itaú anuncia pagamento de juros sobre capital próprio

Serão R$ 0,05648 por ação, com retenção de 15% de imposto de renda na fonte; pagamento é uma antecipação aos aos dividendos e JPC do resultado de 2021

mudanças na estatal

Conselheiro recém-eleito da Petrobras renuncia

Marcelo Gasparino da Silva foi eleito no último dia 12; executivo indica medida como “irrevogável”

seu dinheiro na sua noite

B3 Fashion Week

A semana de moda da bolsa brasileira está pegando fogo! Flashes por todos os lados, comentários entusiasmados, queixos caídos a cada novo desfile. As grandes marcas não pouparam esforços para a coleção outono/inverno — e, como era de se esperar, um intenso burburinho toma conta dos bastidores. Essa sexta-feira foi particularmente animada, com a Renner […]

Moradia classe A

Pandemia, juros baixos e dólar caro: combo impulsiona o mercado de imóveis de luxo

Uma combinação que prejudicou boa parte das empresas brasileiras acabou beneficiando o segmento imobiliário de alto padrão

fechamento da semana

Brasília impede Ibovespa de decolar, mas saldo da semana ainda é positivo; dólar vai a R$ 5,58

No Brasil, o que garantiu um bom desempenho do Ibovespa foi a alta das commodities e a recuperação econômica de Estados Unidos e China.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies