🔴 5 MOEDAS PARA MULTIPLICAR SEU INVESTIMENTO EM ATÉ 400X – VEJA COMO ACESSAR LISTA

Estadão Conteúdo
Energia

BNDES dá novo passo para privatização de distribuidoras da Eletrobras

Banco anunciou que habilitou as vencedoras do leilão das distribuidoras da Eletrobras nos estados do Acre, Rondônia e Roraima

Estadão Conteúdo
18 de setembro de 2018
17:18 - atualizado às 11:46
Linhas de transmissão da Eletrobras
Habilitação de vencedoras do leilão superou os prazos do cronograma - Imagem: Deni Williams / Shutterstock.com

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) habilitou as vencedoras do leilão das distribuidoras da Eletrobras nos estados do Acre, Rondônia e Roraima.

A comissão de licitação do banco, responsável pelo processo, informou que "após analisar a documentação contida nos volumes 2 e 3, considerou regulares as Propostas Econômicas apresentadas pela empresa Energisa S/A, para a desestatização da Eletroacre e Ceron, e pelo Consórcio Oliveira Energia - Atem, para a desestatização da Boa Vista, bem como as julgou habilitadas, em virtude do preenchimento de todos os requisitos do edital do leilão".

A habilitação ficou dentro do prazo indicado por fontes ouvidas pelo "Broadcast", sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, mas superou o prazo máximo indicado no cronograma do leilão, que apontava que a divulgação da ata de julgamento dos envelopes deveria ser feita até o último dia 12.

Na semana passada, o BNDES afirmou à reportagem que a data mostrada no cronograma era "referencial" e que a Comissão de Licitação estava "procedendo à análise dos documentos apresentados no Leilão da Ceron, Eletroacre e Boa Vista" e divulgaria o resultado tão logo concluísse sua análise.

Conforme o comunicado divulgado nesta terça-feira, 18, a partir da publicação do aviso de julgamento da proposta econômica e da habilitação no Diário Oficial da União, será aberto o prazo de cinco dias úteis para a interposição de recursos, na forma prevista no edital.

Pelo cronograma, a publicação do resultado definitivo, após prazo para recursos, está prevista para até o dia 4 de outubro. A partir daí os vencedores devem submeter seus documentos para análise da aquisição pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A conclusão do processo, com assinatura do contrato de compra e venda das ações das empresas e dos novos contratos de concessão, está indicada para o período entre 31 de outubro e cinco de dezembro.

Compartilhe

NOVIDADE NA PRAÇA

BNDES vai comprar R$ 8,7 milhões em créditos de carbono; conheça os detalhes deste mercado

26 de maio de 2022 - 16:00

A ideia do BNDES é realizar novas chamadas, investindo de R$ 100 a R$ 300 milhões na compra de créditos de carbono nos próximos dois anos

Resultado

Oi (OIBR3) reverte lucro e tem prejuízo de R$ 1,669 bilhão no 4T21; veja os destaques do balanço

5 de maio de 2022 - 8:39

No negócio de fibra, um dos focos da “nova Oi”, a empresa chegou a 3,4 milhões de casas conectadas, com uma receita anual de R$ 2,9 bilhões

NÃO PERDEU TEMPO

Oi (OIBR3) usa dinheiro de venda a rivais para quitar dívida bilionária com o BNDES; valor foi o maior já recuperado na história do banco

20 de abril de 2022 - 19:32

A operadora desembolsou R$ 4,6 bilhões para liquidar dívidas de contratos celebrados em 2009 e 2012

DESINVESTIMENTO

BNDES segue plano estratégico e vende mais 50 milhões de ações da JBS (JBSS3) nesta quarta-feira (16); papéis recuam mais de 3%

16 de fevereiro de 2022 - 11:04

O primeiro block trade do BNDES foi feito em dezembro, com a venda de 70 milhões de ações. Após a finalização da operação, o BNDES ainda deterá 19,5% do capital da JBS

LA GARANTIA SOY YO

BNDES vai emprestar R$ 200 milhões para concessão rodoviária, garantia será o próprio projeto; entenda

27 de janeiro de 2022 - 16:11

Embora o valor seja pequeno para os padrões do banco de fomento, é mais um passo para diversificar os instrumentos de crédito à infraestrutura, já que o empréstimo foi estruturado com um “project finance non recourse”

BLOCK TRADE CONCLUÍDO

A crônica de uma saída anunciada: BNDES vende 12% de sua participação na JBS (JBSS3) e inicia desinvestimento

16 de dezembro de 2021 - 8:54

Operação de block trade ocorreu na manhã de hoje e movimentou R$ 2,66 bilhões

Entrevista exclusiva

‘Não é função de um banco público ficar carregando R$ 120 bilhões em ações’, diz presidente do BNDES

11 de novembro de 2021 - 14:36

Gustavo Montezano afirmou que banco seguirá vendendo participações em empresas, hoje estimadas em R$ 70 bilhões, e redirecionará recursos para financiar projetos de infraestrutura e de apoio a micro e pequenas empresas

CRÉDITO NO AR

BNDES abre linha de mais de US$ 500 milhões para financiar exportação de 24 jatos da Embraer

7 de outubro de 2021 - 9:10

A entrega dos jatos à SkyWest Airlines começou em agosto do ano passado e deve se estender até abril do ano que vem

SEM LOTE SECUNDÁRIO

AES Brasil (AESB3) levanta R$ 1,1 bilhão em oferta restrita de ações

29 de setembro de 2021 - 6:14

Oferta poderia ter ultrapassado a marca de R$ 1,5 bi, mas lote secundário acabou retirado a pedido do BNDESPar

PARADA OBRIGATÓRIA

BNDES vira ‘sócio’ da Mesbla e de outras empresas que não existem mais

28 de agosto de 2021 - 8:25

O BNDES ressaltou que as ações de firmas “em processos de recuperação ou falência ou outras situações inoperantes” foram “incorporadas” ao balanço da BNDESPar, a empresa de participações do banco, “sem nenhum custo para sua aquisição”

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar