Menu
2018-11-29T18:48:02-02:00
Câmbio

Banco Central comunica rolagem de US$ 10,4 bilhões em swaps cambiais

Contratos que venceriam em janeiro de 2019 serão rolados para outras datas, evitando um “efeito compra” de dólares no mercado futuro

29 de novembro de 2018
18:48
Dólar
Imagem: Shutterstock

O Banco Central (BC) anunciou que fará a rolagem integral dos contratos de swap cambial que venceriam em 2 de janeiro de 2019. O montante vincendo é de US$ 10,373 bilhões.

A operação começa na segunda-feira, dia 3 de dezembro, com a oferta de até 13.830 contratos, equivalentes a US$ 691,5 milhões, distribuídos entre os vencimentos de maio, julho e novembro de 2019. As operações serão realizadas até o dia 21 de dezembro.

Quando o BC promove a rolagem integral dos contratos de swaps ele se mantém “neutro” no mercado, sem alterar o atual estoque total de US$ 68,9 bilhões. Se a opção fosse por não realizar a rolagem ou mesmo pela rolagem parcial, o efeito líquido no mercado seria de compra de dólares no mercado futuro.

O swap é um derivativo que relaciona a variação cambial com a taxa de juros em determinado período de tempo. Ele é engenhoso pois é capaz de prover proteção cambial aos agenda de mercado com toda sua liquidação acontecendo em reais. Não se gasta um centavo das reservas.

Outras intervenções

Depois de uma disparada do dólar na segunda-feira, o BC também fez atuações no mercado à vista nesta semana. Na terça e quarta feira foram dois leilões de linha com compromisso de recompra totalizando US$ 3 bilhões. Hoje foi feita a rolagem de US$ 1,25 bilhão de linhas que venceriam no dia 4 de dezembro.

Nessa modalidade de atuação, o BC oferta uma espécie de financiamento ao mercado, “emprestando” os dólares das reservas internacionais que posteriormente serão devolvidos à autoridade monetária.

Esse tipo de leilão é comum no fim de todo ano, pois é um período em que as empresas estrangeiras remetem dólares para fechamento de balanços anuais.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Aposente-se aos 40 (ou o quanto antes)

100 dias entre o fundo e topo do mercado

Até aqui, 2020 foi o ano de Amyr Klink, em que aqueles que souberam capotar (entre janeiro e o final de março), passaram pela tempestade sem afundar de vez em mar aberto

inflação de alimentos

Após ouvir cobrança, Bolsonaro reforça que preço do arroz não será tabelado

Ministra da Agricultura avisou que atual patamar de preços só deve baixar mesmo a partir de 15 de janeiro, quando entrar a safra brasileira.

ranking da forbes

Varejo invade lista de mais ricos do Brasil; saiba mais sobre os bilionários

Luiza Trajano, Ilson Mateus e Luciano Hang chegam entre os 10 mais ricos do país, em um ano marcado por mudanças no setor varejista, alta das ações e IPOs

Seu Mentor de Investimentos

Como proteger seus investimentos diante do risco de sanções comerciais por causa das queimadas

País tornou-se um pária no mundo por conta do que acontece no Pantanal e na Amazônia, diz colunista Ivan Sant’Anna; ele aponta uma série de tipos de ativos que podem estar imunes a uma eventual protesto da comunidade internacional

caso de fevereiro

Guedes ‘excedeu barbaramente’ limites ao comparar servidor a parasita, diz juíza

Cláudia da Costa Tourinho Scarpa, da 4ª Vara Federal Cível da Bahia, afirmou que o ministro da Economia ‘insultou’ os servidores públicos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements