Menu
André Franco
Crypto News
André Franco
É engenheiro e especialista em criptomoedas da Empiricus
2019-04-20T16:31:23-03:00
Criptomoedas

Não invista o dinheiro do leite. Só o da pinga

Quando se trata de criptomoedas, o pior caminho é o de extremos. Ou seja, apostar tudo ou nada.

20 de outubro de 2018
5:44 - atualizado às 16:31
bitcoin criptomoeda
Símbolo de bitcoin ao lado de maço de dólar - Imagem: Shutterstock

O suor na testa franzida começava a escorrer para a lateral do rosto.

Aquele momento de decisão já tinha consumido 30 minutos do seu dia, mas parecia que ele estava diante do computador há pelo menos 3 horas.

A tensão fazia com que o tempo se dilatasse e o estresse o consumia porque aquela seria a decisão mais importante da sua vida.

Era hora de comprar ou vender a maldita ação?

Será que não existia um jeito de adiar a decisão por mais 30 minutos?

Não.

O pregão estava para fechar e ele tomou a decisão.

Pressionou o botão de compra e se tornou o milionário mais jovem de Wall Street.”

Essa história lhe parece real?

Era assim que eu achava que o mercado financeiro funcionava.

Até o final da faculdade, eu acreditava que bastava apenas uma decisão certa para se tornar o mais novo milionário da praça.

E pode até ser que isso seja verdade, mas o que os filmes não contam é que, antes de você chegar a esse acerto, várias outras decisões erradas foram tomadas.

É por isso que, muitas vezes, quando vejo uma visão distorcida sobre o que é o mercado cripto, me coloco em uma posição não defensiva.

Desde aqueles amigos que não acreditam de forma alguma nessa nova tecnologia e sempre estão a falar sobre bolha ou pirâmide, até aqueles que querem vender a casa para investir em bitcoin.

Tento convencer a todos de que as coisas não estão posicionadas nesses extremos.

Ambos os pontos de vista são incapazes de narrar a realidade que é estar nesse mercado.

E diariamente eu tenho mais certeza disso.

Quando olho as notícias envolvendo melhorias nos protocolos, até quando ouço, de pessoas bem fora do ecossistema, que alguém está tocando um projeto de tokenização, são momentos que me fazem ficar mais certo dessa revolução.

É essa imersão contínua no ecossistema cripto que me faz perceber o quão grande isso vai ser no futuro e o quanto aqueles que não estão dentro dele vão se arrepender.

É como sempre faço, tento enfatizar a fragilidade que é investir contra uma tecnologia.

Ninguém sabe se vai dar certo, mas, se der certo, muito dinheiro pode ser feito.

Da mesma forma, do lado oposto, quem se posicionou pela descrença perde essa chance.

Quanto investir?

Nem por isso você deve colocar todo o seu dinheiro aqui. No máximo, ponha 5% do seu patrimônio.

Afinal, estamos falando de uma nova tecnologia não consolidada.

Coloque o dinheiro da pinga, não o do leite!

Só faça o contrário se você ainda estiver na faculdade e a sua preocupação com a noite for bem maior que a com o amanhã.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

NÚMEROS DA PANDEMIA

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por covid-19

País registrou 13.493 novos casos do novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo Ministério da Saúde

Entrevista exclusiva

Líder no Nordeste, Moura Dubeux quer manter foco na região e na rentabilidade

Em entrevista exclusiva, o CEO da incorporadora de Recife fala sobre a vida da empresa antes e depois do IPO, diz que por ora não vê sentido em sair do Nordeste e que prioriza rentabilidade a crescimento

PRÉVIA DOS BALANÇOS

Os grandões vêm aí: Petrobras e Vale divulgam os resultados; veja o que esperar

Semana será marcada pela apresentação dos resultados de algumas das principais companhias da B3

agenda lotada

Os segredos da bolsa: balanços de pesos-pesados podem manter Ibovespa em alta em semana de Copom

Lá fora, resultados do terceiro trimestre de Amazon, Apple, Facebook, Google e Microsoft são destaques, além de decisões de bancos centrais

O GRANDE DRAGÃO VERMELHO

Pandemia deve reforçar poder chinês na economia

Movimento aponta para a continuidade das tensões com Estados Unidos e manutenção da alta demanda por matérias-primas produzidas pelo Brasil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies