Menu
2019-04-04T14:08:28-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Leilão adiado

Está difícil para a privatização da Cesp sair do papel

Leilão de venda da companhia aconteceria nesta terça-feira. Fontes alegam que compradores teriam desistido da disputa

1 de outubro de 2018
19:59 - atualizado às 14:08
energia elétrica
Fontes ouvidas pelo Broadcast da Agência Estado, haveria uma série de potenciais compradores da Cesp que desistiram da disputaImagem: Shutterstock

A novela da privatização da Companhia Energética de São Paulo (Cesp) ganhou capítulos extras nesta segunda-feira, 1º. Isso porque o Conselho Diretor do Programa Estadual de Desestatização decidiu adiar a realização do leilão de venda do controle acionário da companhia para o próximo dia 19 de outubro. Esse leilão estava previsto para acontecer nesta terça-feira, 2.

A decisão do CDPED, fechada em reunião nesta segunda, foi anunciada por meio de um fato relevante da companhia. A ata dessa reunião será publicada na edição de amanhã do Diário Oficial do Estado de São Paulo.

Debandada de compradores

Oficialmente não houve motivos para o adiamento do leilão, mas segundo fontes ouvidas pelo Broadcast da Agência Estado, haveria uma série de potenciais compradores da Cesp que desistiram da disputa - entre eles a Engie.

Vale lembrar que, em entrevista ao Broadcast feita na semana passada, o presidente da Engie, Eduardo Sattamini, disse que a companhia teria interesse no ativo, mas está neste momento mais engajada em outros investimentos em andamento, como a construção dos complexos eólicos Campo Largo e Umburanas e o projeto de transmissão Gralha Azul, adquirido em dezembro do ano passado. Parece que a novela está bem longe de acabar.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

seu dinheiro na sua noite

2 milhões de mortos, 2 trilhões em estímulos e uma queda de mais de 2%

Se a primeira semana de 2021 nos mercados refletiu o otimismo geral com o novo ano que se iniciava, com perspectivas de vacinação contra o coronavírus e recuperação econômica, na segunda semana do ano, os investidores optaram pela cautela. Por ora, 2020, o ano do qual todos queríamos nos livrar, ainda não ficou para trás. […]

FECHAMENTO

Atritos políticos e covid-19 voltam para assombrar o mercado e Ibovespa recua mais de 2%; dólar sobe forte

Existe uma certa desconfiança de que o plano de US$ 1,9 trilhão apresentado por Biden encontre dificuldades de ser aprovado pelo Congresso, ainda que o democrata tenha conquistado a maioria das duas casas. No Brasil, situação do coronavírus reacende a pressão sobre o cenário fiscal

match com o mercado?

Concorrente do Tinder, Bumble pode levantar US$ 100 milhões em IPO

Ações da empresa estreiam em fevereiro na Nasdaq; companhia, que é dona do Badoo, não deu lucro no ano passado

pandemia

Itamaraty confirma que Índia atrasará entrega de vacinas

Chanceler indiano atribuiu o atraso na liberação a “problemas logísticos” decorrentes das dificuldades de conciliar o início da campanha de vacinação no país de mais de 1,3 bilhão de habitantes

DESTAQUES DA BOLSA

Localiza e Unidas caem com temores sobre Cade; JHSF é destaque após prévia do 4º trimestre

Coronavírus, Cade e dólar alto… Confira as razões por trás dos melhores (e piores) desempenhos do dia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies