Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
2019-07-11T10:22:52+00:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Convite: festa na avenida Faria Lima

Veja os destaques do Seu Dinheiro nesta manhã

11 de julho de 2019
10:22
O Melhor do Seu Dinheiro
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Desde o início do ano o mercado está esperando por este momento: o plenário da Câmara aprovou ontem à noite a reforma da Previdência. Poderia ter sido antes, nos primeiros 100 dias do novo governo, mas o importante é que passou. Os investidores já estão em festa desde que Rodrigo Maia deu sinais de que iria votar a reforma em dois turnos na Câmara antes do recesso parlamentar de julho.

A aprovação da reforma já era esperada, mas o placar surpreendeu positivamente: 379 votos favoráveis, bem acima dos 308 necessários e até mesmo da "contagem" que rolava por aí e apontava para algo entre 320 e 340 votos.

Os próprios deputados não estavam tão otimistas. Ninguém acertou o placar no bolão improvisado feito por parlamentares do DEM e pela líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann. O maior lance foi 367, com 12 votos abaixo do resultado oficial.

As bolsas já estão surfando na maré alta da Previdência há dias. Ontem, o Ibovespa renovou o seu recorde pela terceira vez seguida, encerrando o dia com alta de 1,23%, aos 105.817 pontos. O dólar fechou a sessão com queda de 0,77%, a R$ 3,7568.

Quem tem amigos no mercado financeiro certamente já recebeu memes e piadinhas nos grupos de Whatsapp sobre estagiários bêbados em algum happy hour animado.

Com o placar positivo da reforma e o cenário favorável no exterior diante de uma expectativa de que o Federal Reserve poderá segurar os juros americanos, a bolsa pode ter novo dia de alta hoje. Na Ásia, as sessões encerraram no positivo. Os índices futuros em Nova York sinalizam alta, seguido pela Europa. Consulte a Bula do Mercado para saber o que esperar de bolsa e dólar hoje.

Em Brasília, as discussões sobre a reforma da Previdência seguem. O grito de “já ganhou” foi dado, mas ainda tem jogo pela frente. Falta ainda votar o texto em segundo turno na Câmara e no Senado. Se os senadores decidirem mudar o texto, ele terá de voltar para a Câmara.

Rodrigo Maia e seus aliados são considerados os grandes vencedores da articulação em torno da Previdência. Agora o mercado deve olhar para os próximos eventos do “calendário Maia”. Ele esteve ontem na instalação da comissão especial da reforma tributária, outro tema complexo que está na agenda do líder da Câmara e precisará de um entendimento entre Executivo e Legislativo.

Premium: o que ainda está barato na bolsa?

Com a bolsa batendo sucessivos recordes, você certamente se pergunta se ainda existe um ativo barato na prateleira. Eu desafiei o colunista Alexandre Mastrocinque a garimpar as oportunidades da bolsa e te indicar um trade por mês. Sabe aquela pechincha que o mercado ainda não descobriu?

Pois bem. O Alê aceitou o desafio e apresenta hoje aos leitores do Seu Dinheiro o seu primeiro “achado”. Ele usou três métodos diferentes para avaliar o potencial de valorização desse papel e todos indicam que ele está MUITO barato.

indicação está disponível neste link na área Premium do Seu Dinheiro. Para acessar esse conteúdo DE GRAÇA, você só precisa fazer o cadastro aqui e indicar esta newsletter para cinco amigos. Assim que eles aceitarem, o seu acesso será liberado. Corre lá!

Menos Estado, mais privado

A agenda liberal segue também em outras frentes. Após a Caixa fazer uma oferta de ações para se desfazer de papéis da Petrobras e o Banco do Brasil vender na bolsa suas ações da Neoenergia, agora é a vez do IRB Brasil. O ressegurador confirmou que a União e o Banco do Brasil farão uma oferta de ações para vender até mesmo toda a sua fatia na empresa. Era um movimento esperado, mas que só foi possível por conta de uma mudança regulatória que permitiu que resseguradoras de capital aberto tivessem controle pulverizado. Confira os detalhes.

Não foi como se esperava...

Falando ainda de bull market, mas mudando de assunto de bolsa para criptomoedas, algo não saiu como o esperado. No último ciclo de alta do bitcoin, as outras criptomoedas (ou altcoins, como são conhecidas) acompanharam a escalada. Hoje, se você analisar as top 10 moedas alternativas por tamanho, apenas a litecoin e a binance coin se valorizaram acima do bitcoin desta vez. O André Franco comenta o que mudou neste texto.

 

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

De olho no pacto

Proposta sobre pacto federativo começará no Senado, diz presidente da CCJ

Ainda segundo a senadora, o governo já está trabalhando com o tema. “Não poderia ser diferente (o fato de começar pelo Senado), essa é a Casa da Federação. Eles já estão mexendo no pacto”, afirmou a presidente da CCJ

Mudanças à vista

Truxt Investimentos vende parte das ações que detinha do Banco Inter

A instituição financeira destacou que a venda da participação é “estritamente de investimento, não objetivando alteração do controle acionário ou da estrutura administrativa do banco”

Seu Dinheiro na sua noite

O falcão está à solta?

Entre os vários contatos que eu tinha nos anos em que escrevi diariamente o sobe e desce da bolsa e dos mercados, havia um experiente tesoureiro de um grande banco. Estava longe de ser a fonte mais bem humorada ou paciente, mas com o tempo ficamos amigos. Eu costumava recorrer a ele naqueles dias em […]

Futuro Embaixador?

Bolsonaro: Indicação de Eduardo como embaixador é juridicamente viável

Porta-voz da Presidência também afirma que Jair Bolsonaro ainda não decidiu sobre indicação do filho ao posto nos EUA

Vish!

Ex-presidentes do IBGE divulgam carta de protesto contra mudança no Censo 2020

Eles acusam a atual direção do instituto de improvisação e alertam para o risco de o próximo Censo deixar de fora 10 milhões de domicílios

Olha a dívida!

Tesouro: União bancou R$ 1,262 bilhão em dívidas de governos estaduais em junho

Embora o custo para a União com essas garantias seja crescente, o Tesouro está impedido de bloquear os repasses para Rio de Janeiro, Minas Gerais e Goiás

Dados semanais

Balança tem superávit de US$ 695,509 milhões na segunda semana de julho

Em julho, o superávit acumulado é de US$ 1,819 bilhão. Já no total do ano, o superávit é de US$ 27,895 bilhões

reconciliação

Avaliação positiva de Bolsonaro salta de 14% para 55% entre agentes de mercado

Sondagem da XP Investimentos também mostra melhora na percepção com relação ao Congresso, Previdência na casa de R$ 850 bilhões e Ibovespa em 120 mil pontos

320% do PIB

Dívida global sobe a US$ 246 trilhões e endividamento de emergentes bate recorde

Instituto Internacional de Finanças (IIF) mostra que quanto menor o juro, maior o endividamento mundial, que está para bater o recorde visto no começo de 2018

Os detalhes sobre a nova cripto

Facebook: Libra não envolve política monetária nem competirá com bancos centrais

Segundo ele, a associação terá políticas para combater o uso da moeda para lavagem de dinheiro e financiamento de atos terroristas, entre outras questões de segurança nacional

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements