Menu
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco) e “Abandonado” (Geração).
Seguros

Com mais um resultado fraco, BB Seguridade descumpre meta de lucro em 2018

Empresa que reúne as participações do Banco do Brasil em seguros lucrou R$ 3,549 bilhões em 2018, uma redução de 9,3% em relação a 2017

11 de fevereiro de 2019
20:15 - atualizado às 12:16
Agência do Banco do Brasil
Brasília - Agência do Banco do Brasil - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A sequência de resultados trimestrais ruins da BB Seguridade, a empresa que reúne as participações do Banco do Brasil em seguros, desaguou em um lucro de R$ 3,549 bilhões em 2018. Trata-se de redução de 9,3% em relação a 2017.

O resultado ficou abaixo da estimativa média dos analistas, que apontava para um lucro de R$ 3,692 bilhões, de acordo com a Bloomberg.

A queda no lucro anual ficou além do projetado pela companhia, que já havia divulgado ao mercado que esperava uma redução entre 4% e 6% no resultado de 2018.

A BB Seguridade atribuiu o resultado mais fraco ao resultado financeiro e ao desempenho comercial abaixo do esperado no segmento de Previdência.

Os números dos últimos três meses do ano também não foram animadores. A BB Seguridade teve lucro de R$ 840 milhões no quarto trimestre, uma queda de 11% em relação ao mesmo período de 2017 e igualmente abaixo das projeções do mercado.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

De onde veio o lucro?

O ganho da BB Seguridade com os chamados negócios de risco, que inclui as atividades de seguro de vida, previdência, automóveis e capitalização, somou R$ 1,912 bilhões no ano passado, uma redução de 16,1%.

A receita com as atividades de distribuição (venda de seguros) da foi de R$ 1,613 bilhão, uma pequena alta de 1,7%. A receita financeira contribuiu com outros R$ 126 milhões no ano passado, um aumento de 28,8%. A redução de 34,4% das despesas administrativas, para R$ 25 milhões, também ajudou no resultado.

E para 2019?

Depois de um 2018 para esquecer, a BB Seguridade tem expectativas mais otimistas. A empresa projeta um aumento entre 5% e 10% no lucro em 2019.

Além dos resultados, os investidores estarão de olho nos planos da gestão de Jair Bolsonaro para a companhia. O Banco do Brasil detém 66,25% do capital da empresa, que está na lista de privatizações do governo.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Seu Dinheiro na sua noite

Revelações de um apaixonado

Como parte do meu trabalho como jornalista, preciso acompanhar com frequência eventos na área de economia e finanças, principalmente aqueles que contam com a presença de autoridades do governo. Depois de um certo tempo, esse tipo de pauta se torna um tanto repetitiva. Não faltam nessas ocasiões previsões para o crescimento do PIB, perspectivas para […]

Balanço

Sob pressão da concorrência, lucro da Cielo cai 40,4% no 1º trimestre

Resultado da empresa de maquininhas de cartão controlada por Banco do Brasil e Bradesco nos três primeiros meses do ano somou R$ 548,5 milhões e ficou abaixo das projeções do mercado

Lula livre?

5ª turma do STJ reduz pena de Lula e abre espaço para que ex-presidente vá para o semiaberto

Com decisão unânime do tribunal, o petista agora cumpre pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias

IR 2019

Plantão do IR: como declarar venda de ações no imposto de renda?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados, e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro

Nada muda

Maia diz que acordo com “centrão” retirou trecho que não tem impacto fiscal na reforma da Previdência

Presidente da Câmara diz que vai aguardar a aprovação do texto na CCJ para se pronunciar sobre a criação da comissão especial

IR 2019

Plantão do IR: como declarar bonificação de ações no imposto de renda?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados, e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro

IR 2019

Plantão do IR: comprei ações e as vendi no mesmo ano, como declarar?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados, e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro

IR 2019

Plantão do IR: como declarar pagamento atrasado de IR sobre ganhos com renda variável?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados, e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro

IR 2019

Plantão do IR: como declarar venda de ações que ainda não saíram do meu nome?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados, e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro

Ficou para depois

Comissão do Congresso adia votação da MP que abre setor aéreo para capital estrangeiro

Líderes partidários que compõem o colegiado pediram um tempo para analisar o relatório e discutir a matéria

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu