Menu
2019-06-21T11:51:50+00:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Desce uma gelada?

Budweiser asiática pede para lançar ações na bolsa de Hong Kong e pode levantar US$ 5 bilhões

IPO da Budweiser Brewing Company, braço da cervejaria AB InBev que atua na Ásia-Pacífico, deve arrecadar no mínimo US$ 5 bilhões em julho

10 de maio de 2019
13:11 - atualizado às 11:51
Budweiser
Embalagem de Budweiser - Imagem: Shutterstock

A abertura de capital do braço asiático da maior cervejaria do mundo, a AB InBev, promete movimentar a bolsa de Hong Kong e o mercado local nos próximos meses.

A belga Anheuser-Busch InBev entrou com um pedido de IPO (oferta inicial de ações) para a sua subsidiária asiática, a Budweiser Brewing Company APAC Limited e pretende oferecer uma parcela minoritária de suas ações. A meta é que o plano se concretize até julho deste ano. Segundo estimativa de especialistas, a operação deve arrecadar pelo menos US$ 5 bilhões.

Hoje, a subsidiária Budweiser Brewing Company atua na China, Austrália, Coréia do Sul, India e Vietnam. A empresa produz e comercializa marcas mundialmente famosas como Budweiser, Stella Artois, Corona, Howegaarden e mais 50 outros nomes.

Embora as expectativas estejam altas, a empresa afirma que não há garantias de que a transação seja realmente concluída e que levará em conta fatores como condições econômicas locais e valor de mercado da empresa para sua concretização. A matriz belga pretende uma valorização de US$ 40 bilhões a US$ 70 bilhões para a sua base de operações na Ásia .

Caso o plano inicial se concretize, Hong Kong pode ver o seu maior IPO sem o apoio chinês desde 2010. Atualmente, a bolsa local sofre com o declínio de novas listagens de companhias estrangeiras.

O valor arrecadado na operação seria muito bem vindo aos cofres da AB InBev.  Desde 2016 a companhia acumula um débito de US$ 102,5 bilhões, quando adquiriu sua rival direta, a SABMiller, e vem tentando diminuir o número desde então.

O comunicado da companhia informou ainda que a J.P Morgan Securities e Morgan Stanley Asia Limited são os potenciais patrocinadores do IPO e não especificava maiores detalhes como data e valor médio para as ações ofertadas.

De olho no crescimento

O mercado chinês de cervejas ainda é dominado por marcas populares, mas o cenário vem mudando nos últimos anos.  A região vem mostrando um rápido crescimento do consumo de cervejas premium, mostrando uma tendência contrária ao observado no resto do mundo. o braço asiático da Ab InBev registrou um lucro de US$ 1,4 bilhões em 2018.

A Heineken, outra gigante do segmento, também mantém o mercado premium local aquecido. Este ano, a empresa holandesa já havia feito uma parceria de US$ 3,1 bilhões com a China Resources Beer Holdings, maior produtora de cervejas da China.

A expectativa é que o setor de cervejas premium tenha um crescimento de 21% na região, saltando para US$ 106 bilhões em apenas quatro anos.

 

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

O FUTURO CHEGOU

“Revolução que está por vir é a maior que a indústria já teve”, diz Carlos Zarlenga

Para o presidente da General Motors América do Sul, a tarefa diária é tentar liderar o processo de metamorfose digital que tornará o automóvel uma espécie de celular gigante que carrega pessoas

Surpresa

Bilionário Bernard Arnault fica US$ 6 bi mais rico em menos de 3 dias

O homem mais rico da Europa viu sua fortuna subir de novo para a casa dos US$ 100 bilhões após a divulgação dos resultados de seu conglomerado

HERMANOS

O sobe e desce da Argentina sob o governo Macri

As falhas do presidente argentino no comando do país ficaram evidentes em 2018, quando seu plano econômico foi por água abaixo

Seu dinheiro no domingo

Você prefere comprar ações baratas ou que estão em alta?

Setembro viu um movimento de rotação entre essas categorias de ações, com grandes investidores trocando momentum por value. Calma que vamos explicar

Gigante

Natura diz que custo de união de negócios com Avon será de R$ 349 milhões

A expectativa é de que a combinação dos negócios dê origem ao quarto maior grupo do setor de beleza no mundo

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS: O bilionário mais (des)conhecido do Brasil

Existem algumas situações na vida em que, simplesmente, não dá para não ser notado. Gêmeos idênticos, por exemplo. Falo por experiência própria: quando eu ando na rua ao lado da minha irmã as pessoas ficam olhando como se estivessem assistindo a um jogo de ping-pong. Olham para uma, depois para a outra, depois voltam na […]

BACK TO THE GAME

O bilionário André Esteves e sua incrível capacidade de voltar ao jogo

Conheça a história do banqueiro que começou como garoto-prodígio, fez fortuna no mercado financeiro, já foi preso e está de volta

Pesquisa

20% dos usuários do Twitter são investidores; será este o perfil do #fintwit?

Segundo pesquisa da empresa responsável pela rede social, este público é majoritariamente masculino e de renda alta

Mais um casamento?

“Bolsonaro é o principal influenciador em SP”, diz Datena

O apresentador nunca concorreu a cargo público, mas seu nome tem surgido nas últimas eleições como potencial “outsider” a entrar para a política

Em obras

Retomar obras destrava até R$ 144 bilhões

Os “esqueletos” correspondem a 14 mil obras paralisadas em todo o País, 37,5% dos empreendimentos analisados pelo órgão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements