🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Carolina Gama
DESCEU GELADO

Uma cervejinha com Trump: o pedido inesperado que o dono do UFC, Dana White, fez e que pode dar uma “segunda chance” à Anheuser-Busch

Saiba por que o dono do UFC procurou Trump diretamente para encorajar comentários positivos sobre a cervejaria, que é dona da Ambev no Brasil

Carolina Gama
11 de fevereiro de 2024
15:58 - atualizado às 15:57
O ex-presidente dos EUA, Donald Trump, parado em frente a um púlpito
O ex-presidente dos EUA, Donald Trump - Imagem: Shealah Craighead/Casa Branca

Para muita gente pode ser difícil imaginar Donald Trump tomando uma cervejinha com o dono do UFC, Dana White, mas o que pode acontecer se o ex-presidente dos EUA atender o pedido do amigo. 

E foi o próprio Trump que tornou público o pedido inesperado. O pré-candidato às eleições presidenciais de novembro pelo Partido Republico escreveu uma postagem em suas redes sociais pedindo a seus apoiadores que dessem à Anheuser-Busch uma “segunda chance”.

No ano passado, a Anheuser-Busch InBev — AB InBev, dona da brasileira Ambev — sofreu uma grande reação negativa por causa de sua promoção de marketing da Bud Light com um influenciador transgênero, Dylan Mulvaney.

White, cujo UFC é a principal promoção de artes marciais mistas, procurou diretamente Trump para encorajar comentários positivos sobre a Anheuser-Busch, segundo uma fonte próxima da situação ouvida pela CNBC. 

Trump que manter a cerveja gelada (no bom sentido)

Trump atendeu prontamente o pedido do dono do UFC. Na postagem no Truth Social, o republicano demonstrou, inclusive, estar bem informado sobre detalhes das operações da cervejaria.

Ele observou que a empresa gasta US$ 700 milhões por ano “com os nossos grandes agricultores”, emprega 65.000 norte-americanos e fornece bolsas de estudo a famílias de militares falecidos. 

Trump escreveu: “A Anheuser-Busch é uma grande marca americana que talvez mereça uma segunda chance?”

O Republicano compareceu a um evento do UFC em 16 de dezembro em Las Vegas, onde foi para a plateia com White. Ele já havia participado de dois outros eventos do UFC em 2023 e esteve em outras promoções da marca em anos anteriores.

PODCAST TOUROS E URSOS - O ano das guerras, Trump rumo à Casa Branca e China mais fraca: o impacto nos mercados

O que o UFC tem a ver com isso?

Essa não é a primeira vez que alguém próximo de Trump faz um pedido desse tipo. Quando era presidente, os amigos do republicano que atuavam no varejo pediram que ele fizesse algo para conter o avanço da Amazon

Na ocasião, os amigos de Trump reclamavam que a gigante do varejo eletrônico estava acabando com as vendas e seus negócios baseados em lojas físicas. Não demorou muito para o então presidente começar uma verdadeira pressão em cima da Amazon. 

Mas o que o UFC de Dana White tem a ver com a Anheuser-Busch? 

O UFC, que é propriedade da TKO Group Holdings, anunciou em outubro uma parceria com a cervejaria para tornar a Bud Light sua parceira oficial, em um acordo que na época foi avaliado em US$ 100 milhões.

Em um comunicado à imprensa anunciando o acordo, White disse: “Há muitos motivos pelos quais escolhi a Anheuser-Busch e a Bud Light, o mais importante é porque sinto que estamos muito alinhados no que diz respeito aos nossos valores fundamentais e ao que a marca UFC apoia."

O conservadorismo de Trump desce rasgando

A Anheuser-Busch não foi alvo de uma grande reação negativa por causa de sua promoção de marketing da Bud Light com um influenciador transgênero, Dylan Mulvaney, apenas pelo público comum. 

Trump também foi um dos críticos da empresa, dizendo: “O anúncio da Bud Light será considerado o pior anúncio da história”.

“Em questão de minutos, US$ 30 bilhões em valor de mercado simplesmente desapareceram da face da terra. Será que algum dia eles conseguirão recuperá-lo? Quem sabe, mas que bagunça!”. escreveu Trump em sua rede social.

O pedido de White ao republicano veio depois da publicação desses comentários pelo ex-presidente. 

*Com informações da CNBC

Compartilhe

SEM CÉU DE BRIGADEIRO

Vai desbancar a Airbus? A gigante “Made in China” que pode provocar turbulência na aviação global

20 de fevereiro de 2024 - 19:58

Pequim criou uma empresa de aviação para bater de frente com rivais estrangeiras — e Airbus responde a concorrência à altura

COM OS DIAS CONTADOS

A China vai tombar de vez? O empurrão dos EUA que pode colocar a segunda maior economia do mundo em xeque

19 de fevereiro de 2024 - 19:50

No passado, o governo de Xi Jinping já alertou Washington sobre o “erro histórico” de impor limites à Pequim

SÓ DOR DE CABEÇA

A nova insônia da Argentina: o dado que vai tirar o sono de Javier Milei — e não é a inflação

19 de fevereiro de 2024 - 19:09

O governo já se defendeu dos números que devem trazer mais dor de cabeça para a Casa Rosada

SOB A LUPA EUROPEIA

Mais problemas para o TikTok? Rede social das dancinhas cai na mira da União Europeia — e pode receber multa pesada

19 de fevereiro de 2024 - 18:15

A UE vai investigar se a rede social viola as regras de conteúdo online destinadas a proteger as crianças na plataforma

O PODER DE UMA PAIXÃO

O caso amoroso que pode salvar Trump de ser condenado

19 de fevereiro de 2024 - 15:15

O romance em questão não está diretamente ligado ao ex-presidente dos EUA, mas pode ajudá-lo no processo sobre a tentativa do republicano reverter a derrota nas eleições de 2020

ANO NOVO, VIDA NOVA?

Viagens e gastos de turistas durante ano-novo na China superam níveis pré-pandemia, mas algo ainda incomoda os economistas

19 de fevereiro de 2024 - 11:37

Deslocamentos internos e gastos em viagens pela China mostram recuperação enquanto governo tenta impulsionar o consumo

MARCADOS PELA OPOSIÇÃO

Todos contra Putin: os inimigos que ousaram desafiar o homem mais poderoso da Rússia e não tiveram um final feliz

16 de fevereiro de 2024 - 19:43

A lista de desafetos do presidente russo é longa. O Seu Dinheiro separou os principais nomes de oposição e conta para você o destino — às vezes trágico — de cada um deles

"PASSOU MAL"

Quem foi Alexei Navalny, o opositor de Putin que denunciou a corrupção na Rússia e morreu na prisão

16 de fevereiro de 2024 - 10:01

Advogado e ativista anticorrupção, Navalny tinha 47 anos e entrou para a lista de opositores de Vladimir Putin que morreram nos últimos anos

TREMOR NA ÁSIA

A queda de um gigante: Japão perde posto de terceira maior economia do mundo; saiba qual país roubou o lugar

15 de fevereiro de 2024 - 16:44

A bolsa de valores japonesa, no entanto, reagiu bem à dança das cadeiras econômica; entenda por que o principal índice de ações de lá subiu mesmo com a confirmação da recessão

FICHA SUJA

Caso Sarkozy: por que um dos homens mais poderosos da França foi condenado e pode parar na cadeia

14 de fevereiro de 2024 - 19:31

Ele foi presidente de 2007 a 2012, segue como uma figura influente entre os conservadores e mantém relações amigáveis ​​com o atual chefe do Eliseu, Emmanuel Macron

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies