🔴 NOVA META: ATÉ R$ 3.000 POR DIA COM DUAS OPERAÇÕES – CONHEÇA O INDICADOR X

Feriado do dragão: índice de inflação dos EUA, parceria entre Gol e Azul, condenação de Trump e outras notícias agitam os mercados após folga

Enquanto mercado aguarda dados sobre inflação nos EUA, agenda pós-feriado pode abrir espaço para reajustes no Ibovespa

31 de maio de 2024
8:22
Dólar desfocado mostrando a inflação dos Estados Unidos
Imagem: Shutterstock

O título desta newsletter poderia ser referente ao feriado do ano novo chinês, tradicional período que mantém as bolsas por lá fechadas.

Porém, as festividades da mudança no horóscopo do outro lado do planeta já aconteceram lá em fevereiro. 

Mas aqui no Brasil a volta do feriado é marcada não pelo “dragão de madeira” dos chineses, mas pelo ser mitológico mais importante dos mercados financeiros: o temido PCE, índice de inflação dos Estados Unidos. 

Diferentemente do animal do horóscopo chinês, o índice de preços e gastos com consumo não é exatamente um símbolo de um “período de prosperidade, coisas boas e sucesso”.

Pelo contrário. Ele pode significar um período bastante turbulento para as bolsas e investimentos no futuro. 

Isso porque o mercado aguarda com ansiedade o fim do aperto monetário nos Estados Unidos, que poderia destravar valores para as bolsas mundo afora. 

Verdade seja dita, os índices norte-americanos vêm renovando as máximas históricas, mesmo com os juros mais elevados para uma economia daquele porte. Contudo, os investidores esperam que os cortes nas taxas animem ainda mais essa festa.

Excluído o PCE, a agenda do dia é relativamente mais calma, sem grandes indicadores. Essa ausência de norte tem chance de dar espaço para ajustes no Ibovespa, que encerrou o pregão da última quarta-feira (29) em baixa de 0,87%. 

A recomendação do dia para você, investidor, é acompanhar o ao vivo aqui do Seu Dinheiro com as principais notícias do dia para você não perder nada que mexe com seus investimentos.

O que você precisa saber hoje

SEXTOU COM O RUY
As ações desta provedora de internet que chamou a atenção da Vivo (VIVT3) já dispararam 20% nos últimos dias — e ainda há espaço para mais valorização.
 O colunista Ruy Hungria destaca que a empresa em questão é uma velha conhecida e uma das recomendações de maiores pesos na carteira da série Microcap Alert.

VEREDITO DO JÚRI
Donald Trump é considerado culpado por fraude em pagamentos à estrela pornô e torna-se o primeiro ex-presidente dos EUA condenado por um crime.
 O político e empresário era alvo de 34 acusações no processo e foi considerado culpado por todas elas.

RANKING GLOBAL
Nubank (ROXO34) entra na lista das 100 empresas mais influentes da revista Time pela terceira vez.
 Banco digital foi a única empresa latino-americana da categoria Titãs do ranking global em 2024, ao lado de nomes como Amazon e Nvidia.

CONEXÃO NAS ALTURAS
Vem aí fusão entre Azul (AZUL4) e Gol (GOLL4)? Mercado já traçou as apostas sobre a potencial combinação, mas há obstáculos.
 As ações das companhias saltaram na B3 após o anúncio do acordo de compartilhamento de malhas elevar a expectativa de que a parceria entre as aéreas seja o primeiro passo em direção a uma fusão.

ELAS NAS ESTATAIS
Os bastidores de Petrobras (PETR4) e Eletrobras (ELET3): ex-CFOs contam o que viveram nas estatais em papo exclusivo com o Market Makers.
 Em parceria com Seu Dinheiro e Money Times, o podcast recebe Andrea Almeida, ex-diretora financeira da petroleira, e Elvira Presta, ex-vice-presidente executiva de finanças e relações com investidores da elétrica.

Um forte abraço e bom fim de semana!

Compartilhe

SEXTOU COM O RUY

Em plena semana dos namorados, chegou a hora de dar um “pé na bunda” na bolsa brasileira?

14 de junho de 2024 - 7:01

As notícias não têm sido muito animadoras, mas o Ibovespa negocia hoje com descontos que foram vistos pela última vez apenas na crise financeira de 2008; saiba qual ação ainda vale a pena

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Som e fúria na bolsa: Ibovespa parte do menor nível do ano com ruído sobre meta fiscal no Brasil e juros altos nos EUA

13 de junho de 2024 - 8:48

Disparada das ações do Méliuz, alteração do FGTS, autonomia do Banco Central e contas do governo Lula também ditam o tom do Ibovespa hoje; confira

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: O que nos separa, agora, é uma mera questão contratual

12 de junho de 2024 - 20:01

Não tem mais essa de experiências informais em relacionamentos, tudo agora é formalizado por um contrato entre as partes

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ligando os pontos na bolsa: em dia de dot plot do Fed, inflação e rumo dos juros nos EUA ganham destaque; confira essas e outras notícias que mexem com o seu bolso hoje

12 de junho de 2024 - 8:37

Enquanto investidores também aproveitam o Dia dos Namorados, perda da dominância do dólar, recompra de ações da Rede D’Or e MP do PIS/Cofins entram no rada

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O fundo do poço está próximo? Decisão do Fed sobre juros nos EUA, inflação no Brasil, fusão no setor de saúde e outros destaques do dia que indicam o tom do Ibovespa

11 de junho de 2024 - 8:42

Mercado aguarda posicionamento do Fed sobre inflação nos EUA nesta quarta-feira; nova marca de gestora de FII e compra milionária da Ultragaz também entram no radar dos investidores

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Semana de decisão: Postura do Fed sobre juros e inflação nos EUA vão definir rumo dos mercados no curto prazo

11 de junho de 2024 - 6:51

A quarta-feira será crucial para a narrativa macroeconômica global — e países emergentes como o Brasil podem estar prestes a receber uma má notícia

EXILE ON WALL STREET

Tony Volpon: Samba de uma nota só

10 de junho de 2024 - 20:01

A bolsa americana vem dançando junto com a Inteligência Artificial há um tempo, mas agora ela está focada em uma única empresa: a Nvidia

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa tenta preservar os dedos em meio ao tom negativo das bolsas internacionais, juros nos EUA, IPCA no Brasil e outras notícias que agitam os mercados

10 de junho de 2024 - 8:27

FIIs favoritos para junho, parceria do Brasil com a dona do AliExpress e ajuda ao RS também ganham destaque no radar dos investidores nesta segunda-feira

Mande sua pergunta!

Quero o divórcio, mas moro nos EUA com visto de acompanhante e nossos bens estão em nome de terceiros; e agora?

8 de junho de 2024 - 8:00

Ela ainda não obteve o green card, e ainda teme ficar sem nada após o divórcio, pois os bens da família não estão no nome do marido

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa entre piques e repiques: Bolsa brasileira fica a reboque de dados do payroll nos EUA; confira o que movimenta os mercados hoje

7 de junho de 2024 - 8:34

Ibovespa rompe sequência de quedas e novos ganhos estão sujeitos a dados econômicos dos EUA; mercados também digerem PIB na zona do Euro e superávit comercial da China

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar