🔴 CHANCE DE MULTIPLICAR O INVESTIMENTO EM ATÉ 14,5X EM 8 DIAS? ENTENDA A PROPOSTA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
DO YOU SPEAK ENGLISH?

Juíza anula nomeação de ex-senador petista para cargo em agência do governo por não saber falar inglês

A juíza substituta da 5.ª Seção Judiciária do Distrito Federal concedeu um prazo para Jorge Viana apresentar um diploma de proficiência em inglês

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
23 de maio de 2023
15:15 - atualizado às 14:07
Jorge Vianna, presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex)
Jorge Vianna, presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Jorge Viana, teve a posse do cargo anulada pela juíza substituta da 5.ª Seção Judiciária do Distrito Federal, Diana Wanderlei, nesta segunda-feira (22).

Em uma ação judicial movida pelo senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o motivo da anulação da posse é que o ex-senador petista não cumpre com um dos requisitos para ocupar o cargo: ele não é fluente em inglês. 

A juíza concedeu um prazo para Viana apresentar um diploma de proficiência em inglês — ou mesmo enviasse um vídeo em que aparecesse falando a língua estrangeira. 

"Em se tratando da Apex-Brasil, o objetivo primeiro da instituição, como visto, é promover a execução de políticas de promoção de exportações, o que, por óbvio, acontece no âmbito das relações internacionais. E, nesse ambiente negocial, torna-se de fundamental importância para a estrutura executiva o conhecimento da 'lingua mater' dos negócios empresariais internacionais", escreveu Diana.

Jorge Viana e o inglês

Jorge Viana foi nomeado à posição na Apex pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva no dia 3 de janeiro. Por não preencher as exigências, o político alterou o regulamento interno da Apex para revogar a fluência em inglês como requisito mínimo para a posição.

O novo texto informava apenas que, "preferencialmente", os presidentes e diretores da agência "deverão ter fluência ou nível avançado do idioma inglês".

Com a mudança, o petista “legalizou” a nomeação — que atualmente rende a Viana um salário de R$ 65 mil.

A decisão da Justiça ainda determina que houve desvio de finalidade com a alteração do Estatuto Social da Apex-Brasil pelo Conselho Deliberativo.

Procurado pelo Estadão, Viana afirmou, em nota, que a Advocacia-Geral da União (AGU) vai recorrer à decisão, uma vez que determinação da juíza federal passaria "por cima" da nomeação feita pelo presidente da República.

Segundo a AGU, os autores do processo não “comprovaram o efetivo prejuízo causado pelo ato de nomeação”. 

“A AGU demonstrará ao TRF-1 a necessidade de declarar a improcedência dos pedidos veiculados na ação popular e determinar o retorno imediato de Viana à presidência da ApexBrasil.”

*Com informações de Estadão Conteúdo

Compartilhe

REGULAMENTAÇÃO DA TECNOLOGIA

‘A inteligência artificial só não é mais perigosa que a burrice humana’: o que o presidente do Senado pensa sobre a regulação da IA no Brasil

10 de julho de 2024 - 13:11

A proposta é de autoria do próprio Pacheco e tramita na Casa sob relatoria do senador Eduardo Gomes (PL-TO)

GENIAL/QUAEST

Pesquisa aponta que maioria apoia críticas de Lula contra Roberto Campos Neto na condução do Banco Central

10 de julho de 2024 - 8:42

A aprovação do presidente da República melhorou em relação à pesquisa passada, quando atingiu o menor patamar desde fevereiro de 2023

INQUÉRITO DA PF

Da Arábia Saudita à Polícia Federal: Como a PF ligou as joias a Jair Bolsonaro — e o que pode acontecer com ex-presidente

9 de julho de 2024 - 9:04

Segundo a PF, o valor parcial dos presentes entregues por autoridades estrangeiras ao então presidente somou US$ 1.227.725,12

FAZENDO AS CONTAS

Previdência em risco: desvincular benefício do salário mínimo para cumprir meta fiscal pode criar efeito rebote nas contas

7 de julho de 2024 - 16:48

Em entrevista à Agência Brasil, especialista em Previdência Social afirma que os benefícios previdenciários e assistenciais não vão para a poupança, mas para custo de vida

ANTECIPAÇÃO

Cotado como ‘nome da direita’ para disputa presidencial, Tarcísio De Freitas diz que é preciso ‘começar a construir 2026’

7 de julho de 2024 - 9:20

O governador paulista discursou, ao lado de Bolsonaro, na Conferência de Política e Ação Conservadora (CPAC Brasil), em Balneário Camboriú (SC)

CONFERÊNCIA CONSERVADORA

Bolsonaro ignora indiciamento pela PF e critica imprensa e o PT em evento de conservadores com Javier Milei

6 de julho de 2024 - 15:39

A fala de Bolsonaro abriu a Conferência de Política Ação e Conservadora (CPAC Brasil) na manhã deste sábado (6) em Balneário Camboriú

Disputa pela prefeitura

Datafolha mostra Nunes com 24% e Boulos com 23% das intenções de voto em São Paulo, invertendo a pesquisa anterior

5 de julho de 2024 - 18:26

Três candidatos aparecem empatados na terceira colocação, segundo o instituto de pesquisa

PLEITO MUNICIPAL

Cabeça a cabeça, Boulos e Nunes empatam nas eleições para prefeitura de São Paulo, mas segundo turno será mais difícil para um deles

2 de julho de 2024 - 9:27

Em um eventual segundo confronto entre os dois, Nunes é preferido por 46%, enquanto 39% optam pelo deputado do PSOL

DE OLHO NAS REDES

Nem Boulos, nem Nunes: o maior inimigo de Tabata Amaral na corrida para a prefeitura de São Paulo é outro; aqui está

25 de junho de 2024 - 16:13

“Eu vou enfrentar quem tiver que enfrentar”. É assim que a deputada e pré-candidata à prefeita do município de São Paulo, Tabata Amaral (PSB), responde ao ser questionada sobre qual seria seu adversário ideal em um possível segundo turno das eleições.  Em entrevista ao podcast Touros e Ursos, do Seu Dinheiro, Tabata ainda destaca que […]

MEMÓRIA (DO) REAL

Nos 30 anos do Plano Real, Pedro Malan relata como o Brasil venceu a “marcha da insensatez”

24 de junho de 2024 - 6:24

Em evento em SP, Malan revelou bastidores da formação da equipe econômica responsável pela criação do Plano Real

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar