🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
Eleições 2026?

Em evento do Credit Suisse, Faria Lima ‘elege’ Tarcísio de Freitas presidente da República em 2026

No evento do Credit Suisse, faltou cadeira para os interessados em ouvir o que o governador de SP tinha a dizer

Tarcisio de Freitas, governador de São Paulo
Tarcisio de Freitas, governador de São Paulo - Imagem: Governo do Estado de SP

Assim que o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), entrou na sala onde seria entrevistado num evento do Credit Suisse nesta quarta-feira (1), logo foi interrompido antes de subir ao palco: um homem pediu para tirar uma selfie.

No espaço lotado, faltou cadeira para quem queria ouvir o que Tarcísio tinha a dizer. A recepção contou com salva de palmas, que interromperam o painel mais algumas vezes durante os 35 minutos em que o governador esteve no ambiente.

Uma das pausas para aplausos aconteceu quando a economista-chefe do Credit Suisse para o Brasil, Solange Srour, fez a seguinte pergunta:

“O que vai vir em 2026? Todo mundo quer saber, governador.”

Tarcísio procurou ser evasivo na resposta. Não negou, nem confirmou que pretende se candidatar a presidente em 2026 — disse que não pensa no futuro e resolveu, então, relatar brevemente como se deu sua eleição para governador de São Paulo, por meio do apadrinhamento político do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

De acordo com Tarcísio, foi durante o leilão da Cedae, em 2021, que o ex-presidente lhe disse, pela primeira vez, que queria seu então ministro da Infraestrutura no comando do maior estado do Brasil.

“E aconteceu exatamente como ele falou que ia acontecer”, disse o governador.

Mas ele se disse focado em trabalhar por São Paulo e, como se ainda estivesse em campanha, listou uma série de promessas para atender aos interesses do Estado: resolver a Cracolândia, melhorar a educação e acabar com a fila de cirurgias eletivas, entre outras.

“Se a gente chegar ao final desses quatro anos com isso, a missão está cumprida”, afirmou, arrancando novos aplausos. No que depender da Faria Lima em fevereiro de 2023, Tarcísio já sai com vantagem para a próxima corrida presidencial do Brasil. 

Leia mais:

Tarcísio pode ser novo Doria?

Mas vale lembrar que o mercado financeiro tem mudado de ideia com alguma frequência nos últimos processos eleitorais.

Uma figura que recebeu amplo apoio quando se lançou à política foi João Doria, que se vendeu como gestor, e não como político, e levou a prefeitura de São Paulo em 2016.

Mesmo prometendo que não se candidataria ao governo do Estado e abandonaria o posto de zelador da maior cidade do País, Doria fez exatamente isso em 2018. E se elegeu novamente, dessa vez fazendo conchavo com o então candidato à Presidência Bolsonaro, o que resultou, inclusive, no termo “BolsoDoria”.

Mas a carreira meteórica de Doria no setor público terminou da mesma forma abrupta. Depois de romper com Bolsonaro em meio a discordâncias no tratamento da pandemia de covid-19 e arrumar briga dentro do próprio partido, Doria desistiu da pré-candidatura à Presidência em 2022 e abandonou a vida pública.

Assim como Tarcísio, Doria também era ovacionado nos eventos do mercado financeiro e recebia palmas entusiasmadas de empresários. Resta saber se Tarcísio terá brilho próprio para se tornar um rival ao petismo nas próximas eleições ou se cairá no ostracismo sem o apoio de Bolsonaro.

Assista também: Os cinco nomes que surgiram na oposição a Lula após as eleições presidenciais

Compartilhe

Fala polêmica

Pedido de impeachment de Lula por críticas a Israel tem mais assinaturas que os que derrubaram Dilma e Collor; mas tem chance de ser aceito?

24 de fevereiro de 2024 - 17:57

Comparação de ação de Israel em Gaza ao Holocausto rendeu mais que polêmicas e um incidente diplomático; ontem, presidente rebateu críticas e voltou a acusar o país de genocídio

TAXOU, ARRECADOU

Como os super-ricos ajudaram o governo a conseguir a maior arrecadação de impostos em quase 30 anos

23 de fevereiro de 2024 - 9:55

Foram R$ 280,6 bilhões recolhidos em tributos no primeiro mês do ano, o maior valor da série histórica iniciada em 1995

COM A PALAVRA, MINISTRO

Os ventos do Norte não movem moinhos? Do que depende a queda dos juros no Brasil, segundo Haddad

22 de fevereiro de 2024 - 11:11

Na mesma entrevista, Haddad disse que as perspectivas para o crescimento do Brasil serão melhores a partir do segundo semestre do ano

ENTENDA A REGRA

Eleições 2024: quem completar 18 anos entre o 1º e o 2º turno é obrigado a votar?

18 de fevereiro de 2024 - 16:48

Vale relembrar que o voto é obrigatório a partir de 18 anos de idade e facultativo apenas aos jovens de 16 e 17 anos, maiores de 70 ou analfabetos

FALAS POLÊMICAS

Lula compara ataques de Israel à Gaza ao Holocausto e diz que irá esperar conclusões de legistas para comentar morte de opositor de Putin

18 de fevereiro de 2024 - 13:33

Em coletiva durante viagem à África, o presidente abordou dois temas sensíveis para a diplomacia internacional e foi criticado pelo premiê de Israel e pela oposição

DEVO E NÃO NEGO...

Pago quando puder: Cuba diz querer quitar dívida com Brasil, mas cita até mudanças climáticas como impedimento

17 de fevereiro de 2024 - 14:07

Integrantes da Fazenda e autoridades cubanas se reuniram no início do mês para discutir a dívida de Havana com Brasília

O DISCURSO DO PRESIDENTE

Em Cúpula Africana, Lula destaca criação de aliança contra a fome e condena conflito Israel-Hamas

17 de fevereiro de 2024 - 11:22

A busca de uma solução para a fome é um dos objetivos do Brasil na presidência do G20

NO EXTERIOR

PF afirma ter encontrado “poupança” de R$ 800 mil para Bolsonaro aguardar tentativa de golpe

15 de fevereiro de 2024 - 11:23

As informações constam em um documento da PF obtido pela revista Veja nesta quarta-feira (14)

O PASSAPORTE TÁ ON

Eu falei faraó! O que Lula foi fazer no Egito em sua primeira viagem internacional do ano

14 de fevereiro de 2024 - 18:05

O país é o segundo maior parceiro comercial do Brasil na África, atrás apenas da Argélia. O presidente chegou nesta quarta-feira (14); saiba o que ele foi fazer por lá dessa vez.

ELEIÇÕES 2024

Lula vai se valer de um velho recurso da política para ajudar Boulos em São Paulo

14 de fevereiro de 2024 - 9:46

No ano passado, o presidente assinou contrato de início de obras de um conjunto habitacional acompanhado de Boulos e agora prepara outros lançamentos

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies