ESQUEÇA BITCOIN: outra criptomoeda de R$ 4 pode valer R$ 80 em breve; conheça aqui

Cotações por TradingView
2023-01-18T18:38:22-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Menos trabalho

Bradesco lança fundos de previdência com investimento no exterior e rebalanceamento automático da carteira

Novos planos de previdência investem em renda fixa, ações e ativos estrangeiros e ainda reduzem o risco e o custo da carteira conforme se aproxima a data da aposentadoria

18 de janeiro de 2023
18:38
Telefone celular com tela do aplicativo do Bradesco sobre um teclado de computador Bradesco (BBDC4) dividendos
Nova família de fundos de previdência do Bradesco pode investir até 20% da carteira no exterior. Imagem: Shutterstock

O Bradesco acaba de lançar uma nova família de fundos de previdência do tipo data-alvo que promete facilitar a vida do investidor e ainda pode investir no exterior.

Os planos de previdência data-alvo são aqueles que contam com uma data de “vencimento”, a partir da qual o titular passa a receber a sua renda de aposentadoria; assim, eles podem rebalancear a carteira automaticamente, migrando para ativos cada vez menos arriscados, conforme a data de vencimento se aproxima.

  • Quer investir no exterior? Então se prepare, pois é preciso ter coragem para encarar a volatilidade do mercado internacional em 2023. Conheça as melhores estratégias que você pode adotar para se expor a esses ativos CLICANDO AQUI.

Trata-se de uma automatização bastante bem-vinda para um investimento de longo prazo e com algumas regras não muito simples, como é o caso da previdência privada.

Facilita para o investidor manter a disciplina e os benefícios tributários adquiridos com o tempo e sem se preocupar em ter ele mesmo que pedir portabilidade para planos menos arriscados à medida que o tempo passa.

No caso dos novos fundos data-alvo do Bradesco, eles estarão disponíveis nas modalidades PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre) e poderão ter quatro vencimentos programados: 2030, 2040, 2050 e 2060.

Quanto aos tipos de ativos que irão compor a carteira, os fundos poderão investir em renda fixa, ações, além de manter até 20% do portfólio em ativos no exterior, limite estabelecido para os planos previdenciários.

A ideia é que o balanceamento entre as classes de ativos seja reequilibrado à medida que o investidor se aproxima da data da aposentadoria, com uma proporção de renda variável maior no início do plano do que no final.

“O benefício principal de um produto de longo prazo é o tempo. A gente ajusta a estratégia desse produto de acordo com o prazo”, disse Rafael Barroso, superintendente executivo da Bradesco Vida e Previdência, em entrevista ao Seu Dinheiro.

Com isso, a taxa de administração do produto também cairá com o passar do tempo. À medida que um percentual maior do fundo vai sendo alocado em renda fixa, os custos do investimento tendem a ficar menores.

Assim, a taxa da nova família de fundos do Bradesco pode variar de 0,5% (com o máximo de renda fixa) até 1,30% ao ano (com o máximo de risco permitido).

Os novos fundos de previdência também desfrutam dos mesmos benefícios tributários de quaisquer outros planos previdenciários, como a ausência de come-cotas, a possibilidade de escolher entre duas tabelas distintas de tributação e, no caso do PGBL, de deduzir as contribuições feitas ao plano na declaração de imposto de renda.

Para além da aposentadoria

Segundo o Bradesco, a família de fundos data-alvo pode ser usada para outros objetivos de longo prazo além da aposentadoria, como para custear um intercâmbio, curso no exterior, período sabático, transição de carreira ou mesmo a faculdade dos filhos num futuro ainda um pouco distante.

Concorrência do Tesouro Direto?

Chama a atenção que um produto como um plano de previdência data-alvo tenha uma certa semelhança com o novo título público que Tesouro Direto vai começar a oferecer no final de janeiro, o Tesouro RendA+, voltado especificamente para a aposentadoria.

Como já mostramos aqui no Seu Dinheiro, cada Tesouro RendA+ terá uma data pré-estabelecida que marca o momento em que o investidor começará a receber uma renda mensal, a título de aposentadoria. Até lá, o investidor apenas fará aportes, sem receber qualquer rendimento.

Ou seja, assim como ocorre com os planos de previdência privada, o título será composto de um período de acumulação e um período de recebimento de renda; e, da mesma forma que nos fundos data-alvo, a data em que se passa de uma fase à outra já está estabelecida no início do investimento.

No caso dos novos fundos data-alvo do Bradesco, os primeiros vencimentos - 2030, 2040, 2050 e 2060 - inclusive coincidem com algumas das datas-alvo dos primeiros Tesouro RendA+, que começam a ser negociados em 30 de janeiro.

Perguntando sobre essa concorrência do Tesouro Direto, Rafael Barroso disse que as semelhanças entre os dois produtos estão limitadas à simplicidade do funcionamento e à forma de receber a renda e que vê com bons olhos o novo título público.

“A gente vê essa nova opção do Tesouro como algo que complementa a previdência privada e democratiza ainda mais o planejamento financeiro e previdenciário. Achamos importante que a população tenha opções. Mas ao mesmo tempo, é uma alternativa muito simples”, diz o superintendente executivo da Bradesco Vida e Previdência.

De fato, o Tesouro RendA+ não conta, por exemplo, com os benefícios tributários dos planos de previdência. “Pode ser um meio de começar a investir para a aposentadoria, mas a previdência privada é mais ampla, permite a mudança da estratégia de investimento, pode cobrir o risco de sobrevida e ajudar no planejamento sucessório, por exemplo”, completa.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

DIA 34

E agora, Campos Neto? Lula solta o verbo e volta a falar do banco central, dos juros e da inflação — e mercado torce o nariz

3 de fevereiro de 2023 - 21:04

Presidente também disse que vai recuperar a economia do País, fazer o ajuste da tabela do Imposto de Renda e aprovar a reforma tributária

DESCENDO A LADEIRA

O preço da proteção judicial: agências rebaixam a Oi (OIBR3) e nota de crédito chega ao pior grau

3 de fevereiro de 2023 - 20:34

No caso da S&P Global, o rating da operadora passou de CCC- para D, o nível mais baixo, enquanto no caso da Fitch, a nota caiu de CC para C — o que significa perto de um calote

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ambev (AMBV3) colocou água no chopp? Veja o que pressionou os mercados hoje

3 de fevereiro de 2023 - 19:22

Muito tem se falado sobre a Ambev (AMBV3) nos corredores do Planalto e também da B3, mas quem realmente estragou o chopp dos investidores nesta sexta-feira (03) foi o mercado de trabalho americano.  O happy hour em Wall Street tinha tudo para ser do bom e do melhor — na última quarta-feira (01), o Federal Reserve […]

RESULTADO DA APURAÇÃO?

Americanas (AMER3) afasta diretores financeiros e contábeis quase um mês após revelar rombo bilionário; veja quem são os executivos retirados do quadro

3 de fevereiro de 2023 - 19:04

Os executivos em questão entraram para quadro de lideranças da Americanas dentro do período de 20 anos no qual foi acumulado o rombo

VAGAS DA SEMANA

Uello e Mercado Livre estão com mais de 100 vagas de emprego abertas; confira outras oportunidades da semana

3 de fevereiro de 2023 - 17:00

As empresas estão com processos seletivos abertos até o preenchimento das vagas de emprego; as posições são para atuação em formato híbrido ou presencial

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies