🔴 AGORA O SEU DINHEIRO ESTÁ NO WHATSAPP! CLIQUE AQUI E RECEBA CONTEÚDOS DIRETO POR LÁ. 

Cotações por TradingView
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @Renan_SanSousa
COMO É QUE É?

Mesmo sendo regulada pelo órgão, CVM dos EUA pediu para Coinbase parar de oferecer criptomoedas em sua plataforma — exceto uma

Os EUA ainda não têm uma regulação clara sobre o que são valores mobiliários e commodities quando se trata de criptomoedas

Renan Sousa
Renan Sousa
31 de julho de 2023
10:34 - atualizado às 10:35
CEO da Coinbase, Brian Armstrong
CEO da Coinbase, Brian Armstrong - Imagem: Montagem Seu Dinheiro / divulgação Coinbase

A cruzada da SEC contra as empresas do setor de criptomoedas continua a todo vapor. E, segundo Brian Armstrong, CEO da Coinbase, houve um episódio de suposta intervenção do órgão na corretora.

Em uma entrevista concedida ao Financial Times, Armstrong afirmou que a SEC, a CVM dos Estados Unidos, recomendou a retirada de diversas criptomoedas da sua plataforma antes de lançar uma investigação sobre a exchange. 

Voltando um pouco na história, o xerife do mercado de capitais norte-americano iniciou um processo de investigação contra a Coinbase e a Binance pelo oferecimento de valores mobiliários não regulados.

A SEC identificou que as 13 criptomoedas mais negociadas na plataforma da Coinbase se assemelham a valores mobiliários. Sendo assim, o órgão solicitou a deslistagem dessas moedas da corretora — à exceção do bitcoin (BTC), segundo a própria comissão.

“Eles disseram: todos os outros ativos exceto o bitcoin são valores mobiliários. E nós questionamos como eles chegaram a essa interpretação. E eles continuaram dizendo que não iriam explicar e que nós precisaríamos retirar qualquer outro ativo que não fosse bitcoin da plataforma”, disse o CEO da Coinbase. 

SEC e a dominância de Gensler

Essa visão reflete diretamente o pensamento de Gary Gensler, presidente da SEC, sobre o mercado de criptomoedas. Ele acredita que todas as moedas virtuais são valores mobiliários, com exceção do bitcoin, que é visto como commodity.

Entre os exemplos utilizados pela SEC para processar a Coinbase e a Binance estão criptomoedas como Solana (SOL), Cardano (ADA), Polygon (MATIC), Filecoin (FIL), Cosmos (ATOM), Sandbox (SAND), Decentraland (MANA), Algorand (ALGO), Axis Infinity (AXS) e COTI (COTI).

Curiosamente, a segunda maior criptomoeda do mundo, o Ethereum (ETH), não estava entre os exemplos citados pelo órgão, ainda que ela sirva de base para outros projetos e tenha características muito semelhantes aos demais tokens mencionados.

VEJA TAMBÉM — “Sofri um golpe no Tinder e perdi R$ 15 mil”: como recuperar o dinheiro? Veja o novo episódio de A Dinheirista!

Mas a Coinbase…

É preciso pontuar duas coisas para entender algumas inconsistências no processo da SEC contra as empresas do setor.

Em primeiro lugar, a Coinbase é uma empresa listada na bolsa de Nasdaq, nos Estados Unidos, com o ticker COIN — e, naturalmente, regulada pela SEC. Desde aquela época, a exchange atende às demandas da comissão para estar em linha com a regulação vigente. 

Outro ponto importante é a imprecisão das definições usadas pela SEC para atacar o mercado cripto. A corretora chegou a entrar com um pedido na Suprema Corte dos EUA para exigir uma resposta sobre demandas por uma regulação clara para criptoativos.

Existe um entendimento geral na legislatura dos EUA que diz que o bitcoin e outras moedas digitais são equivalentes a commodities — portanto, estão sob a jurisdição da Commodity Futures Trading Commission (CFTC).

Esse questionamento foi levado até a SEC no mesmo período do início das investigações, mas a Comissão aparentemente ignorou o fato, o que levou ao pedido formal de resposta da corretora.

Diferentemente do que acontece no Brasil, que já tem uma ampla literatura sobre ativos digitais, os EUA ainda patinam para  aprovar uma regulação sobre o tema.

Compartilhe

YUAN-REAL

Brasil e China dizem adeus ao dólar e fazem primeira transação com liquidação em moedas locais; entenda como funciona 

3 de outubro de 2023 - 16:36

Além do Brasil, a China também vem intensificando os negócios com a Rússia sem o uso do dólar

NO BANCO DOS RÉUS

Julgamento é hoje: Ex-CEO da corretora de criptomoedas FTX pode pegar mais de 100 anos de prisão com acusação de fraude bilionária

3 de outubro de 2023 - 11:23

Ao todo, o ex-magnata enfrenta sete acusações de fraude e conspiração envolvendo o colapso da corretora, que deu um prejuízo estimado de US$ 8,9 bilhões aos clientes

SUBINDO

‘Short squeeze’: entenda movimento que fez o bitcoin (BTC) subir 4% e atingir o maior preço em mais de dois meses; criptomoedas acompanham alta

2 de outubro de 2023 - 9:23

Segundo o portal Coinglass, as liquidações das últimas 24h aumentaram em cerca de 160%, com uma porcentagem maior de posições em short sendo desfeitas

MERCADO EM ALTA

O que o ‘shutdown’ do governo dos EUA tem a ver com a SEC e com a disparada do bitcoin (BTC) hoje? Entenda

28 de setembro de 2023 - 14:29

Um analista da Bloomberg levantou a lebre sobre o que a pausa das atividades norte-americanas pode fazer com a comissão

EM INVESTIGAÇÃO

Mercado Bitcoin (MB), Binance, Foxbit e mais: CPI das Pirâmides Financeiras pede quebra de sigilo das principais corretoras do Brasil

26 de setembro de 2023 - 18:29

O deputado responsável pelo pedido ainda argumenta que a quebra de sigilos “possibilitará reconhecer o caminho percorrido pelo dinheiro dos investidores das empresas” citadas

O CRIME… COMPENSA?

Entenda por que CEO da HTX quer dar emprego ao hacker que levou US$ 8 milhões em criptomoedas da corretora

26 de setembro de 2023 - 13:25

A corretora de criptomoedas (exchange) sofreu um ataque hacker no qual US$ 7,9 milhões (R$ 39,2 milhões) em ethereum (ETH) foram roubados na última segunda-feira

METEORO DE POWELL

Bomba do Banco Central dos EUA faz bitcoin cair mais de 2% — e criptomoedas podem sentir um ‘segundo impacto’ ainda este ano; entenda

21 de setembro de 2023 - 12:35

Doze dirigentes do Fed sinalizaram no gráfico de pontos que acompanha o comunicado que a taxa de referência deve encerrar 2023 entre 5,50% e 5,75%

NA JUSTIÇA

SEC contra Binance nos EUA: pedido de investigação de clientes é negado, mas volume da corretora despenca — e CEO se pronuncia

19 de setembro de 2023 - 16:33

Segundo dados recentes da K33 Research, o volume à vista negociado em bitcoin (BTC) semanalmente na Binance caiu 57% desde o começo de setembro

UNIVERSO DIGITAL

Citi usa tecnologia das criptomoedas para clientes usarem banco 24h por dia; veja como vai funcionar

18 de setembro de 2023 - 16:20

O chamado Citi Token Services está sendo testado como uma forma de buscar a tokenização total das atividades bancárias

TUDO AZUL

Enquanto bitcoin (BTC) vive mais um dia de alta, outra criptomoeda fora do radar ‘roubou a cena’, subindo mais de 46% na semana; veja quem é

18 de setembro de 2023 - 12:41

Os investidores acompanham uma outra criptomoeda, que tomou o lugar da Solana (SOL) como a décima maior criptomoeda do planeta: a Toncoin (TON)

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies