🔴 HERANÇA EM VIDA? NOVO EPISÓDIO DE A DINHEIRISTA! VEJA AQUI

Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Trégua entre Lula e Campos Neto alivia pressão sobre o Ibovespa; confira os destaques do dia

Lula
Imagem: Reprodução

Se ontem o canto das sereias do mercado foi o responsável pela forte alta do Ibovespa, nesta quinta-feira (16) outra figura dos mares ditou os rumos do pregão. Em um dia cheio de declarações, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) complicou os negócios ainda pela manhã ao aumentar as incertezas fiscais do país.

Lula afirmou que o salário mínimo será reajustado para R$ 1.320 a partir de maio. O presidente confirmou ainda uma correção na tabela do Imposto de Renda: a faixa de isenção subirá para R$ 2.640.

A cifra está longe dos R$ 5 mil prometidos durante a campanha — mas ele fala em aumentar o valor progressivamente até atingir esse nível. Ainda assim, o impacto será sentido na arrecadação federal.

Os anúncios pressionaram a curva de juros futuros e o câmbio, mas foram ofuscados pelo próprio petista mais tarde, quando trechos de sua entrevista à CNN foram divulgados e interpretados como uma “bandeira branca” na guerra que trava com Roberto Campos Neto sobre o patamar dos juros. 

“Como presidente da República, não interessa brigar com um cidadão que é o presidente do Banco Central”, disse. Lula, porém, não perdeu a oportunidade de cutucar RCN: “se ele topar, vou levá-lo para ver os lugares mais miseráveis do país.”

Mesmo com a alfinetada, a trégua temporária foi suficiente para aliviar a curva de juros e renovar o apetite por risco dos investidores brasileiros.

Impulsionado também pelo bom desempenho dos bancos e pelos ganhos da Vale (VALE3), Petrobras (PETR4) e outras ações ligadas às commodities, o Ibovespa encerrou o dia com uma alta de 0,31%, aos 109.941 pontos. Já o dólar à vista registrou leve recuo de 0,16%, cotado em R$ 5,2115.
Veja tudo o que movimentou os mercados nesta quinta-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo e as ações com o melhor e o pior desempenho do Ibovespa.

Confira outras notícias que mexem com o seu dinheiro

MAIS UMA DOR DE CABEÇA
Tok&Stok dá calote em aluguel e derruba cotas de fundo imobiliário (FII) na B3; entenda a situação da varejista. A falta de pagamento no caso do VILG11 não é o primeiro indício de que a empresa de móveis fundada em 1978 enfrenta dificuldades financeiras.

DÍVIDA DE R$ 42 BILHÕES
Lemann, Telles e Sicupira enfim concordam em injetar R$ 7 bilhões para tentar salvar a Americanas (AMER3). Mas é suficiente? Os sócios de referência da varejista formalizaram uma proposta bilionária de aumento de capital para a empresa. 

PARA ONDE VAI O DINHEIRO
Entenda como e onde a Weg (WEGE3) vai investir R$ 1,6 bilhão em 2023. Em teleconferência com analistas, a empresa detalhou seu projeto de expansão no Brasil e no exterior.

A SAGA CONTINUA
A história ainda não acabou: Livraria Cultura consegue suspender falência com liminar. Na semana passada, o juiz Ralpho Monteiro Filho, da 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Tribunal de Justiça de São Paulo, decretou a falência da histórica rede de lojas; o grupo estava em recuperação judicial desde 2018.

RETORNO MAIOR
Gigante da B3 pode devolver até R$ 5 bilhões aos acionistas. Empresa de telecomunicações pediu autorização à Anatel para fazer redução de capital, o que aumentará o retorno ao investidor.

Compartilhe

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: ChatGPT resiste às tentações de uma linda narrativa?

17 de abril de 2024 - 20:11

Não somos perfeitos em tarefas de raciocínio lógico, mas tudo bem: inventamos a inteligência artificial justamente para cuidar desses problemas mais chatos, não é verdade?

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Ataque do Irã poderia ter sido muito pior: não estamos diante da Terceira Guerra Mundial — mas saiba como você pode proteger seu dinheiro

16 de abril de 2024 - 6:17

Em outubro, após o ataque do Hamas, apontei para um “Kit Geopolítico” para auxiliar investidores a navegar por esse ambiente incerto

EXILE ON WALL STREET

Felipe Miranda: Cinco coisas que deveriam acabar no mercado financeiro

15 de abril de 2024 - 20:01

O sócio-fundador da Empiricus lista práticas do universo dos investimentos que gostaria de ver eliminadas

DE REPENTE NO MERCADO

O que Elon Musk, Javier Milei, Alexandre de Moraes, o halving do bitcoin e a China têm em comum? 

14 de abril de 2024 - 12:00

Acredite: tudo isso movimentou o mercado financeiro esta semana; veja os destaques

Especial IR 2024

Meu dependente paga pensão alimentícia; posso abatê-la no imposto de renda?

13 de abril de 2024 - 8:00

Titular da declaração de imposto de renda declara o pai como dependente, e ele paga pensão alimentícia à mãe dela. E agora?

SEXTOU COM O RUY

Enquanto você se preocupa com a Oi (OIBR3), esta empresa da B3 virou a campeã de qualidade no serviço de internet – e ainda está barata na bolsa

12 de abril de 2024 - 6:07

Para se diferenciar, essa companhia construiu uma infraestrutura de qualidade, que tem proporcionado prêmios de internet fixa mais rápida do Estado de São Paulo, à frente das gigantes de telecom

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Quintal da China, quintal do mundo

10 de abril de 2024 - 19:15

Se a economia chinesa sofre, nós necessariamente compartilhamos dessa desgraça?

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Juro real de volta aos 6%: com bolsa na pior e dólar nas alturas, essa é uma nova oportunidade?

9 de abril de 2024 - 6:40

Uma regra prática comum para investimentos em renda fixa no Brasil sugere vender títulos quando os juros reais atingem 3% e comprá-los a 6%

EXILE ON WALL STREET

Além do bitcoin (BTC): esta carteira já rendeu 447% acima da maior criptomoeda do mercado

8 de abril de 2024 - 20:01

Acredito que exista uma forma melhor de pensar sobre a ciclicidade do preço do bitcoin (BTC), que historicamente nos ajudou a gerar alfa neste mercado

BOMBOU NO SD

Argentina entra na rota de ‘paraíso fiscal’, China encara mesma crise do Japão e inteligência artificial “sugando” o Ibovespa — veja tudo o que foi destaque na semana

6 de abril de 2024 - 13:36

A crise e os seus reflexos no país vizinho no Brasil despertaram o interesse dos leitores do Seu Dinheiro nos últimos dias

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar