IPCA + 7,5%: receba esta e outras ofertas ‘premium’ de renda fixa no WhatsApp; clique aqui

Cotações por TradingView
2023-01-23T11:46:22-03:00
Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
corte

Santander (SANB11) tem ação rebaixada para venda pelo Credit Suisse e cai na bolsa

Selic alta por mais tempo e aumento da incerteza fiscal devem adiar a recuperação da margem financeira líquida do Santander

23 de janeiro de 2023
11:46
Agência do Santander no Brasil; estágio
Agência do Santander - Imagem: Divulgação - Santander Brasil

O Credit Suisse rebaixou a recomendação para os papéis do Santander (SANB11) de Neutro para Venda, alegando um cenário operacional desafiador neste ano. As ações do banco lideram as quedas na bolsa nesta segunda-feira (23).

Em relatório assinado pelos analistas Marcelo Telles e Daniel Vaz, o Credit aponta que o indício de que a Selic deve se manter alta por mais tempo e o aumento da incerteza fiscal devem adiar a recuperação da margem financeira líquida tanto do Santander quanto do Bradesco.

Dessa forma, o banco cortou as projeções para o lucro líquido do Santander em 33% para este ano e fixou a estimativa em R$ 12,3 bilhões. O Credit também revisou o preço-alvo dos papéis de R$ 35 para R$ 31, o que indica um potencial de alta de apenas 6,3% em relação ao fechamento de sexta-feira (20).

O Bradesco (BBDC4) também teve as projeções de lucro para 2023 cortadas pelo Credit Suisse, que reduziu as estimativas em 12%, para R$ 23 bilhões. O preço-alvo também foi reduzido de R$ 19 para R$ 16, um potencial de alta de 9% em comparação com o último fechamento. A ação do Bradesco também cai nesta segunda.

Efeito Americanas (AMER3)?

O escândalo da Americanas (AMER3) contribuiu parcialmente para a deterioração do cenário estimado pelo Credit para os bancos brasileiros. No relatório, os analistas rechaçam um risco sistêmico para os bancos, mas destacam que eles devem encarar provisões mais altas devido à exposição direta aos empréstimos da varejista.

A Americanas, vale lembrar, entrou com pedido de recuperação judicial na semana passada, o que significa que durante 180 dias ela não pode ser cobrada pelos credores.

Leia mais:

Itaú (ITUB4) e Banco do Brasil (BBAS3) são top picks

Dentre os grandes bancos, o Credit Suisse reiterou sua preferência pelas ações do Itaú (ITUB4) e do Banco do Brasil (BBAS3) com recomendação de compra para ambos os papéis.

De acordo com o Credit, o Itaú deve continuar se saindo melhor que os pares em termos de qualidade dos ativos e margem financeira líquida. O banco suíço estima o lucro do Itaú em R$ 34,5 bilhões neste ano.

Vale notar, no entanto, que o Credit cortou o preço-alvo das ações do Itaú de R$ 36 para R$ 32. Ainda assim, o novo valor indica potencial de alta de 22% em relação ao fechamento de segunda-feira.

Quanto ao Banco do Brasil, o Credit avaliou o discurso inicial da nova presidente do banco estatal, Tarciana Medeiros, como positivo. Ela destacou que é possível que o BB cumpra com sua responsabilidade social e, ao mesmo tempo, se comprometa a criar valor para os acionistas minoritários. 

O Credit projeta lucro de R$ 33,4 bilhões para o BB neste ano e fixa o preço-alvo para o papel em R$ 50, um potencial de alta de 24,7%. O papel do BB é o único em alta entre os quatro grandes bancos nesta segunda.

Confira o resumo na tabela abaixo:

BANCORATINGPREÇO-ALVOPOTENCIAL
SANTANDER (SANB11)VENDAR$ 316,3%
BRADESCO (BBDC4)VENDAR$ 169%
BANCO DO BRASIL (BBAS3)COMPRAR$ 5024,7%
ITAÚ UNIBANCO (ITUB4)COMPRAR$ 3222%
Fonte: Credit Suisse - 23/01/2023

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

DIA 31

Está confirmado: Lula vai para os EUA no dia 10 de fevereiro — veja o que ele vai discutir com Biden

31 de janeiro de 2023 - 20:06

Enquanto o encontro não chega, o petista tentou acalmar os ânimos dos investidores — que seguem desconfiados em relação à responsabilidade fiscal do novo governo

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa sobe em meio ao caos de um interminável janeiro; o que afeta a bolsa nos próximos dias?

31 de janeiro de 2023 - 18:57

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta terça-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo

MELHORES DO MÊS

Renascimento cripto: bitcoin (BTC) volta a brilhar, sobe mais de 30% e é disparado o melhor investimento de janeiro; títulos do Tesouro ficam na lanterna

31 de janeiro de 2023 - 18:46

As medalhas de prata e bronze foram para o ouro e para o Ibovespa, em um movimento de busca por segurança — e barganhas

ESTAGNOU?

Dividendos do Maxi Renda (MXRF11) não cresceram em 2022, mas os proventos destes outros três fundos imobiliários subiram mais de 50% — veja quais são

31 de janeiro de 2023 - 18:33

O melhor resultado foi obtido pelo Santander Papéis Imobiliários CDI (SADI11), com alta de 77,1%

RELATÓRIO DE PRODUÇÃO

Pé no freio: produção e vendas da Vale (VALE3) registram recuo tímido em 2022; confira os destaques operacionais da mineradora

31 de janeiro de 2023 - 18:30

A produção e a comercialização de minério de ferro da companhia se aproximaram da estabilidade no ano passado, com leves quedas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies