🔴 HERANÇA EM VIDA? NOVO EPISÓDIO DE A DINHEIRISTA! VEJA AQUI

Ana Carolina Neira
Ana Carolina Neira
Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero com especialização em Macroeconomia e Finanças (FGV) e pós-graduação em Mercado Financeiro e de Capitais (PUC-Minas). Com passagens pelo portal R7, revista IstoÉ e os jornais DCI, Agora SP (Grupo Folha), Estadão e Valor Econômico, também trabalhou na comunicação estratégica de gestoras do mercado financeiro.
O DIA SEGUINTE

Para Itaú BBA, ativos brasileiros podem sofrer após invasão em Brasília, mas impacto deve ser limitado

De acordo com os analistas, ações de empresas exportadoras surgem como boas opções defensivas após a invasão

Manifestantes bolsonaristas invadem o Congresso e depredam as instalações da Câmara e do Senado, em ato terrorista que tenta golpe de Estado
Manifestantes bolsonaristas invadem o Congresso e depredam as instalações da Câmara e do Senado, em ato terrorista que tenta golpe de Estado - Imagem: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

No primeiro dia após as cenas de invasão e destruição em Brasília, muitas pessoas se questionam como será a ressaca dos atos terroristas e sua repercussão no mercado financeiro. De olho nisso, os analistas do Itaú BBA apontam que deve haver algum impacto aos ativos locais, mas ainda limitado.

Em relatório, a equipe aponta que os preços devem ser afetados por conta do aumento do prêmio de risco institucional, mas isso não deve durar muito tempo, já que as discussões sobre política econômica devem retomar o protagonismo em breve.

"Devemos esperar que os mercados de ações sofram, as taxas de juros subam e o real se desvalorize, ainda que não por muito tempo, como aconteceu em episódios semelhantes em outros países", escreveram os analistas.

Assim, o Itaú BBA aponta que os investidores devem apostar em nomes relacionados às commodities — especialmente pela previsão de desvalorização do real —, como Suzano (SUZB3), Vale (VALE3) e Gerdau (GGBR4).

Apesar do clima de tensão que cerca a capital federal, os ativos locais são amparados pelo bom humor dos investidores no exterior.

Lá fora, novos sinais de que a China caminha para o fim da política de covid zero empolga. Os índices em Nova York devem abrir em alta moderada.

Por aqui, o Ibovespa futuro chegou a abrir em queda de mais de 1%, mas já reduziu o ritmo de perdas. O dólar à vista também limita o seu movimento de alta.

Outros impactos da invasão

No mesmo relatório, os analistas do Itaú BBA afirmam que a invasão do Congresso Nacional, do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Palácio do Planalto enfraquece a oposição radical. O resultado é que o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pode ter mais apoio político após o episódio.

Por outro lado, isso pode deixar a equipe recém-eleita com certa dificuldade para implementar medidas impopulares como o aumento de impostos sobre os combustíveis, diz o relatório, com medo de novos ataques.

Portanto, a equipe do Itaú BBA espera que o governo tente, neste primeiro momento, reforçar seu apoio institucional, deixando os temas econômicos em segundo plano.

Entenda o que aconteceu

Na tarde de domingo (08), manifestantes radicais bolsonaristas invadiram os prédios do Congresso Nacional, do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Palácio do Planalto. O ato pedia a intervenção das Forças Armadas e até mesmo a prisão do presidente Lula.

Mas os atos não ficaram apenas no discurso e trouxeram ações inéditas no País, com a destruição de móveis e vidraças, além da vandalização de objetos históricos e obras de arte.

Diante do cenário de depredação total, Lula decretou intervenção no setor de segurança do governo do Distrito Federal. Na manhã deste segunda-feira (9) algumas prisões ainda são cumpridas na tentativa de responsabilizar os autores da invasão.

Compartilhe

DE OLHO NAS REDES

Petrobras (PETR4): e se a melhor e pior notícia que a empresa poderia dar vierem juntas, o que seria das ações? 

18 de abril de 2024 - 13:30

De uns tempos para cá, a Petrobras vem testando os nervos dos investidores. Há alguns dias, rumores de que os saudosos dividendos extraordinários que foram retidos pela companhia finalmente poderiam sair, o que animou o mercado — e fez as ações saltarem.  Mas logo veio um potencial balde de água fria: Aloizio Mercadante poderia assumir […]

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa reduz ganhos com Petrobras (PETR4) e perde os 124 mil pontos; dólar retoma fôlego com juros dos EUA no radar

18 de abril de 2024 - 6:35

RESUMO DO DIA: Após mais de uma semana de quedas, o Ibovespa até tentou se livrar do sufoco com apoio do minério de ferro. Mas as incertezas sobre a trajetória dos juros nos Estados Unidos e a perspectiva de que o BC reduza o ritmo de corte da Selic pressionam o índice. Na agenda do […]

AÇÕES NO SHAPE

Smart Fit (SMFT3) vai virar “monstro”? Banco recomenda compra das ações e vê espaço para rede de academias dobrar de tamanho

17 de abril de 2024 - 15:25

Os analistas do JP Morgan calcularam um preço-alvo de R$ 31 para os papéis da Smart Fit (SMFT3), o que representa um potencial de alta da ordem de 30%

DESTAQUES DA BOLSA

Ozempic que se cuide! Empresa de biotecnologia faz parceria para distribuir caneta do emagrecimento no Brasil e ações disparam quase 40% 

17 de abril de 2024 - 14:03

Com o anúncio, a Biomm conquistou R$ 1,2 bilhão em valor de mercado na B3; a comercialização do similar do Ozempic deve ainda passar pelo crivo da Anvisa

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Vale (VALE3) não é suficiente e Ibovespa fecha em queda na esteira de Nova York; dólar cai a R$ 5,24

17 de abril de 2024 - 6:49

RESUMO DO DIA: O Ibovespa até tentou interromper o ciclo de quedas com o forte avanço do minério de ferro e a prévia do PIB, mas o tom negativo de Nova York falou mais alto e arrastou o principal índice da bolsa brasileira. Com isso, o Ibovespa terminou o pregão em baixa de 0,17%, aos […]

REPORTAGEM ESPECIAL

O fracasso das empresas “sem dono” na B3. Por que o modelo das corporations vai mal na bolsa brasileira

16 de abril de 2024 - 15:54

São vários exemplos e de inúmeros setores de companhias sem uma estrutura de controle que passaram por graves problemas ou simplesmente fracassaram

MAIS 11 ATIVOS PARA A CONTA

Fundo imobiliário BTLG11 fecha acordo de quase R$ 2 bilhões por portfólio de imóveis em SP

16 de abril de 2024 - 11:36

O FII deve adquirir 11 ativos, com cerca de 550 mil metros quadrados prontos e performados

SÉRIE A DA B3

Auren (AURE3) fica de fora da segunda prévia do Ibovespa, que agora conta com a entrada de apenas uma ação

16 de abril de 2024 - 10:32

Se a previsão se confirmar, a carteira do Ibovespa contará com 87 ações de 84 empresas a partir de maio

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa cai pela quinta vez seguida pressionado por juros nos EUA e questão fiscal; dólar fecha no maior nível em 13 meses, a R$ 5,26

16 de abril de 2024 - 6:33

RESUMO DO DIA: A perspectiva de juros elevados por mais tempo nos Estados Unidos ganhou força mais uma vez e, combinada com a preocupação com o cenário fiscal doméstico, gerou mais lenha para a bolsa brasileira aumentar as cinzas. Pela quinta vez consecutiva, o Ibovespa terminou o dia no vermelho, com queda de 0,75%, aos […]

MERCADOS HOJE

Bolsas hoje: Ibovespa recua com pressão de bancos e Wall Street no vermelho; dólar sobe a R$ 5,18

15 de abril de 2024 - 6:43

RESUMO DO DIA: O Ibovespa terminou a sessão desta segunda-feira (15) no vermelho, pressionado pelo desempenho dos bancos, que recuaram em meio à crescente aversão ao risco no mercado hoje. O principal índice de ações da B3 fechou o pregão em baixa de 0,49%, aos 125.333 pontos. Já o dólar à vista avançou 1,25%, aos […]

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar