🔴 +35 RECOMENDAÇÕES DE ONDE INVESTIR EM MARÇO – VEJA GRATUITAMENTE

Cotações por TradingView
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
POUCO OTIMISTA

A Oi (OIBR3) tem potencial para dar lucro com o fim da recuperação judicial? O UBS diz que não — veja por quê

A companhia de telecomunicações encerrou o processo há pouco mais de um mês, mas ainda tem uma dívida bruta de R$ 22 bilhões

Larissa Vitória
Larissa Vitória
23 de janeiro de 2023
13:08 - atualizado às 16:07
Oi

Quase não se fala em outra coisa no mercado nos últimos dias além de recuperações judiciais. Enquanto parte dos analistas discute o início do socorro à Americanas (AMER3), outra parte estuda os efeitos do fim do processo na Oi (OIBR3).

A companhia de telecomunicações encerrou a RJ — a segunda maior na história do Brasil — há pouco mais de um mês, mas será que isso significa que ela voltará a dar retorno aos investidores em breve? Para o UBS BB, a resposta é não.

O banco de investimentos suíço manteve nesta segunda-feira (23) a recomendação neutra para a empresa e cortou o preço-alvo das ações em 78%, para R$ 1,35. A cifra implica em um potencial de alta de apenas 3,8% em relação à cotação atual dos papéis.

Vale relembrar que, apesar da recuperação judicial da Oi ter levado seis anos para ser encerrada, a companhia ainda deixou o processo com uma dúvida bruta de R$ 22 bilhões.

Conforme destaca o UBS, a soma representa uma métrica de alavancagem acima de 10x o Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização). Além disso, não há um acordo definitivo com os credores para a negociação dos débitos remanescentes.

Ação da Oi (OIBR3) caiu forte, mas ainda está cara para o UBS

Outro fator que deixa o UBS menos otimista com as ações da Oi é a análise dos múltiplos. Segundo o banco, mesmo com a queda de 77% nos últimos seis meses, a companhia está mais cara que os pares, negociando a 15x EV/Ebitda — indicador de capacidade de geração de lucro da empresa.

Os analistas explicam que parte do prêmio é justificado pela participação na V.Tal, unidade de fibra óptica criada pela Oi. O controle do negócio foi vendido para o BTG Pactual e a tele seguiu como sócia minoritária da empresa, com 42,1% de participação.

Unidade de fibra ótica pode desbloquear valor, mas não tão cedo

O próprio UBS aumentou suas expectativas para a clientela da V.Tal, que quase dobrou nos últimos seis meses, e os frutos do acordo com a Tim. Os analistas projetam um Ebitda de R$ 2,5 bilhões neste ano, contra R$ 1,5 bilhão na estimativa anterior.

O banco afirma ainda que o aporte de R$ 2,5 bilhões do fundo canadense CPPIB também foi positivo para a unidade, pois reduziu a urgência em promover uma oferta de ações em busca de capital.

Já para a Oi, o adiamento no IPO da V.Tal implica em um atraso na possibilidade de monetização da participação da companhia no negócio.

“É improvável que o regulador autorize a companhia a reduzir sua fatia para menos de 20%, uma vez que a V.Tal possui ativos importantes para administrar a concessão de telefonia fixa”, argumentam os analistas.

VEJA TAMBÉM - O escândalo Americanas não foi o único fracasso de Lemann: veja outros 3 grandes desastres na história do bilionário

Compartilhe

BOLSA NA SEMANA

Por que as ações da Casas Bahia (BHIA3) dispararam 16% e lideraram as altas do Ibovespa na semana — enquanto Petrobras (PETR3) caiu 5%?

2 de março de 2024 - 10:48

Com calendário econômico cheio e uma avalanche de notícias corporativas, o Ibovespa acumulou queda de 0,18% na semana; veja o que puxou o índice de ações da B3

MUDANÇA DE FLUXO

Ibovespa vai subir 15%? XP eleva projeção para a bolsa em 2024

1 de março de 2024 - 14:49

XP vê Brasil bem posicionado globalmente para atrair investidores estrangeiros e promove alterações em suas carteiras

FUNDOS IMOBILIÁRIOS HOJE

Nova administração do Devant Recebíveis Imobiliários (DEVA11) diz ter encontrado irregularidades nas despesas e afirma que vai restituir o fundo imobiliário

1 de março de 2024 - 13:08

Uma auditoria conduzida pela gestão identificou cerca de R$ 1,2 milhão em gastos jurídicos pagos pelo FII em dezembro do ano passado

QUER PAGAR QUANTO?

Vitória dos minoritários! Cielo (CIEL3) convoca assembleia para discutir novo laudo de oferta para fechar capital

1 de março de 2024 - 9:19

Bradesco e Banco do Brasil ofereceram R$ 5,35 por ação da Cielo (CIEL3), mas os minoritários entendem que os bancos deveriam pagar bem mais para fechar o capital da companhia

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa fecha em leve alta, mas sustenta os 129 mil pontos com Wall Street positivo; dólar cai a R$ 4,95

1 de março de 2024 - 7:40

RESUMO DO DIA: A bolsa brasileira acompanhou o tom mais positivo do exterior e encerrou a sessão desta sexta-feira (01) no azul. O Ibovespa terminou em leve alta de 0,12%, aos 129.180 pontos. Apesar da valorização tímida, o principal índice de ações da B3 acumulou queda de 0,18% na semana. Por sua vez, o dólar […]

VAREJO EM APUROS

Diluição à vista? Lojas Marisa (AMAR3) quer mais do que triplicar o limite de ações

29 de fevereiro de 2024 - 11:24

Proposta do conselho de administração da Lojas Marisa prevê elevar de 90 milhões para 300 milhões o limite de AMAR3 em circulação

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa recua com pressão de bancos, mas sustenta os 129 mil pontos no fim da sessão; dólar tem leve alta

29 de fevereiro de 2024 - 7:13

RESUMO DO DIA: O Ibovespa terminou a sessão desta quinta-feira (29) em queda, mas conseguiu sustentar o patamar de 129 mil pontos.  Por aqui, a cautela com o rumo dos juros no Brasil e exterior pressionou as ações de bancos, que caíram em bloco na B3. Com isso, o principal índice da bolsa brasileira fechou […]

SUBIU NO TELHADO

Petrobras (PETR4): a fala do CEO sobre dividendos que derruba as ações da estatal hoje na B3

28 de fevereiro de 2024 - 14:47

Em entrevista à Bloomberg, Jean Paul Prates defendeu que a Petrobras tenha “cautela” na distribuição de dividendos; ações reagem em forte queda

PROBLEMAS NOS HOTÉIS?

Por que os dividendos do fundo imobiliário HTMX11 tiveram um corte brusco em fevereiro? Confira a explicação da gestão

28 de fevereiro de 2024 - 12:17

O fundo de hotéis comunicou, no início do mês, que pagaria R$ 0,86 por cota aos investidores, contra R$ 3,25 em janeiro.

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa cai a 130 mil pontos, pressionado pela desvalorização de Petrobras (PETR4) após falas de Prates sobre dividendos; dólar sobe a R$ 4,97

28 de fevereiro de 2024 - 7:24

RESUMO DO DIA: A bolsa brasileira terminou a sessão desta quarta-feira (28) no vermelho, com o cenário corporativo roubando os holofotes do calendário de indicadores econômicos no exterior. O Ibovespa encerrou o dia em baixa de 1,16%, aos 130.155 pontos. Por sua vez, o dólar fechou próximo das máximas do dia, com um avanço de […]

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies