2022-05-09T08:10:56-03:00
Ricardo Gozzi
ENQUANTO ISSO, NA PRAÇA VERMELHA

Os especialistas erraram: veja o que Putin realmente falou no esperado discurso do Dia da Vitória

Putin volta a falar em desnazificação da Ucrânia e acusa Otan pela guerra; Zelenski acusa Rússia de emular nazistas

9 de maio de 2022
8:00 - atualizado às 8:10
Vladimir Putin
Vladimir Putin em discurso do Dia da Vitória em 2016. - Imagem: Wikimedia Commons

Muito se especulou sobre o teor do tradicional discurso do presidente da Rússia, Vladimir Putin, para celebrar o aniversário do Dia da Vitória sobre os nazistas na Segunda Guerra Mundial.

Para quem esperava uma declaração de guerra total contra a Ucrânia - ou até algo pior -, a fala de Putin foi uma completa decepção. Também não foi divulgada nenhuma informação relevante quanto aos próximos passos de Moscou.

Em resumo, Putin não disse nada que os especialistas juravam que ele iria dizer. Já para quem esperava uma evocação de velhos fantasmas, o discurso foi um prato cheio.

Mais do mesmo Putin

Numa repetição do que vem afirmando nos últimos meses, Putin usou o palanque erguido na Praça Vermelha para acusar o Ocidente de ter usado a Ucrânia como ponta de lança para uma futura invasão da Rússia.

Putin qualificou a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) de "ameaça óbvia" a Moscou e disse que a operação militar contra o país vizinho, iniciada há dois meses e meio, era “necessária”.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Segundo ele, a invasão da Ucrânia foi a “decisão certa” a se tomar.

Putin afirmou ainda que os soldados russos estão "lutando pela pátria, por seu futuro, para que ninguém esqueça as lições da Segunda Guerra Mundial, para que não haja espaço para os nazistas”.

Como ocorre todos os anos, o discurso do presidente na Praça Vermelha terminou sob uma salva de tiros de canhão e o hino nacional russo.

Dia da Vitória, versão Zelensky

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky aproveitou a data e divulgou sua própria versão de discurso do Dia da Vitória.

Em uma mensagem em vídeo, Zelensky disse que a Ucrânia não cederá “um único pedaço de nossa terra” à Rússia.

“Estamos lutando por uma nova vitória. O caminho para isso é difícil, mas não temos dúvidas de que vamos vencer”, disse ele.

A Rússia, a Ucrânia e os (neo) nazistas

Assim como no Ocidente, a celebração da vitória sobre os nazistas na Segunda Guerra Mundial é tradicional na Rússia e em diversas ex-repúblicas soviéticas.

Este ano, muito antes do Dia da Vitória, o “nazismo” voltou à pauta.

Uma das justificativas de Putin para a invasão foi a “desnazificação” da Ucrânia.

Ele se referia às ações do Batalhão Azov, milícia de ultradireita incorporada pelas forças regulares ucranianas.

Desde 2014, o grupo é acusado de promover ações violentas contra a população russa do leste do país.

Os integrantes do Batalhão Azov ganharam fama nos últimos anos por ostentarem símbolos e saudações nazistas.

No discurso de hoje, Putin voltou a chamar a atenção para o grupo ao defender que não se deixe espaço para os nazistas.

Zelensky, por sua vez, acusou a Rússia de "imitar precisamente o mal que os nazistas trouxeram para a Europa”.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

PROPOSTA

Aumento no Auxílio Brasil e mais: entenda os principais pontos da PEC dos Combustíveis, que deve custar R$ 38,7 bilhões fora do teto de gastos

Texto do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) inclui aumento de R$ 200 no Auxílio Brasil e R$ 1 mil para caminhoneiros

SECO COMO O DESERTO

Falta de liquidez pressiona e bitcoin (BTC) tenta sustentar US$ 20 mil; calote da Three Arrow pode despejar milhões em criptomoedas no mercado

A falta de liquidez gerou um aumento da volatilidade no mercado, após a crise da plataforma Celsius e do calote fundo 3AR — e a história está longe de acabar

RECALCULANDO A ROTA

Oi (OIBR3) sobe forte após balanço; para a Genial, o desconto ainda é bom e ações podem saltar mais 100% neste ano

A empresa de telecomunicações revelou ter saído de um prejuízo de R$ 3 bilhões para um lucro de R$ 1,9 bilhão no primeiro trimestre

EXILE ON WALL STREET

Por que é importante focar nos fundamentos de longo prazo de empresas antes de comprar ações na bolsa

O distanciamento do ruído de curto prazo e o aprofundamento dos conceitos e fundamentos das teses de investimento tendem a trazer muito mais valor no longo prazo

NOVO GATILHO

Fundo Three Arrows Capital pode ser obrigado a encerrar operações e pode desencadear nova crise no mercado de criptomoedas; entenda

Estima-se que o fundo tenha cerca de US$ 10 bilhões em criptomoedas e o despejo desse montante em cripto no mercado pode resultar na queda das cotações