O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-05-09T08:10:56-03:00
Ricardo Gozzi
ENQUANTO ISSO, NA PRAÇA VERMELHA

Os especialistas erraram: veja o que Putin realmente falou no esperado discurso do Dia da Vitória

Putin volta a falar em desnazificação da Ucrânia e acusa Otan pela guerra; Zelenski acusa Rússia de emular nazistas

9 de maio de 2022
8:00 - atualizado às 8:10
Vladimir Putin
Vladimir Putin em discurso do Dia da Vitória em 2016. - Imagem: Wikimedia Commons

Muito se especulou sobre o teor do tradicional discurso do presidente da Rússia, Vladimir Putin, para celebrar o aniversário do Dia da Vitória sobre os nazistas na Segunda Guerra Mundial.

Para quem esperava uma declaração de guerra total contra a Ucrânia - ou até algo pior -, a fala de Putin foi uma completa decepção. Também não foi divulgada nenhuma informação relevante quanto aos próximos passos de Moscou.

Em resumo, Putin não disse nada que os especialistas juravam que ele iria dizer. Já para quem esperava uma evocação de velhos fantasmas, o discurso foi um prato cheio.

Mais do mesmo Putin

Numa repetição do que vem afirmando nos últimos meses, Putin usou o palanque erguido na Praça Vermelha para acusar o Ocidente de ter usado a Ucrânia como ponta de lança para uma futura invasão da Rússia.

Putin qualificou a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) de "ameaça óbvia" a Moscou e disse que a operação militar contra o país vizinho, iniciada há dois meses e meio, era “necessária”.

Segundo ele, a invasão da Ucrânia foi a “decisão certa” a se tomar.

Putin afirmou ainda que os soldados russos estão "lutando pela pátria, por seu futuro, para que ninguém esqueça as lições da Segunda Guerra Mundial, para que não haja espaço para os nazistas”.

Como ocorre todos os anos, o discurso do presidente na Praça Vermelha terminou sob uma salva de tiros de canhão e o hino nacional russo.

Dia da Vitória, versão Zelensky

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky aproveitou a data e divulgou sua própria versão de discurso do Dia da Vitória.

Em uma mensagem em vídeo, Zelensky disse que a Ucrânia não cederá “um único pedaço de nossa terra” à Rússia.

“Estamos lutando por uma nova vitória. O caminho para isso é difícil, mas não temos dúvidas de que vamos vencer”, disse ele.

A Rússia, a Ucrânia e os (neo) nazistas

Assim como no Ocidente, a celebração da vitória sobre os nazistas na Segunda Guerra Mundial é tradicional na Rússia e em diversas ex-repúblicas soviéticas.

Este ano, muito antes do Dia da Vitória, o “nazismo” voltou à pauta.

Uma das justificativas de Putin para a invasão foi a “desnazificação” da Ucrânia.

Ele se referia às ações do Batalhão Azov, milícia de ultradireita incorporada pelas forças regulares ucranianas.

Desde 2014, o grupo é acusado de promover ações violentas contra a população russa do leste do país.

Os integrantes do Batalhão Azov ganharam fama nos últimos anos por ostentarem símbolos e saudações nazistas.

No discurso de hoje, Putin voltou a chamar a atenção para o grupo ao defender que não se deixe espaço para os nazistas.

Zelensky, por sua vez, acusou a Rússia de "imitar precisamente o mal que os nazistas trouxeram para a Europa”.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Cautela pesa e Ibovespa futuro abre em queda com exterior fraco; dólar avança para R$ 4,95

RESUMO DO DIA: Após o rali da última terça-feira (17), as bolsas amanheceram com leves perdas, em um movimento de ajuste cauteloso. A inflação na Europa preocupa, enquanto o Federal Reserve dá sinais mistos sobre o aperto monetário. Por aqui, o Ibovespa acompanha a privatização da Eletrobras (ELET3) e falas de Roberto Campos Neto e […]

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de swing trade: compra de ações da Suzano (SUZB3) e lucro de 5,3% no bolso com Wiz (WIZS3)

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Suzano (SUZB3), com entrada em R$ 52,74; confira a análise

O melhor do Seu Dinheiro

As stablecoins são o Real dos anos 1990? Confira a notícia do dia e outras sete histórias que mexem com os seus investimentos

Manter a paridade com o dólar não é tarefa simples, e o novíssimo mercado das criptomoedas experimentou esse travo amargo na semana passada; entenda a crise das stablecoins

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas lá fora tentam emplacar terceiro dia de alta, limitadas por dados inflacionários; Ibovespa mira Eletrobras (ELET3) e briga entre poderes

Ainda hoje, os investidores acompanham o presidente do BC, Roberto Campos Neto, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, em evento

TRAGÉDIA NA CHINA

Alguém derrubou esse avião de propósito na China; investigadores agora tentam descobrir quem foi

Dados recuperados da caixa preta sugerem que alguém na cabine derrubou o intencionalmente o Boeing 737-800 da China Eastern com 132 pessoas a bordo no fim de março

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies