🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-06-07T18:09:31-03:00
Isabelli Neckel
DESESTATIZAÇÃO

Governo dá mais um (pequeno) passo rumo à privatização da Petrobras (PETR4); entenda

Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) quer avaliar possível desestatização da Petrobras e agora aguarda pelo “sim” do presidente Jair Bolsonaro

7 de junho de 2022
18:02 - atualizado às 18:09
petrobras

Mesmo com chances remotas de sair do papel, o plano do governo Bolsonaro para privatizar a Petrobras (PETR4) continua.

O Diário Oficial da União desta terça-feira (07) publicou uma resolução que recomenda a entrada da estatal no grupo de projetos que terão "estudos e ações necessários para a avaliação de desestatização".

A resolução é do chamado Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI) e foi aprovada em uma reunião na semana passada. O PPI é um programa de parcerias público-privadas e privatizações criado em 2016, durante o governo Temer.

Para que a recomendação do conselho seja posta em prática, basta que o presidente Jair Bolsonaro dê o seu “sim”. Ele precisará editar um decreto para oficializar a entrada da Petrobras no PPI. Após esse ato, os estudos para privatização da petroleira poderão ser formalmente iniciados.

Comitê deve unir ministérios de Minas e Energia e de Economia

Se acatada, a recomendação inclui a formação de um comitê interministerial para coordenar os estudos a respeito da desestatização da Petrobras.

O grupo será composto por três representantes do Ministério da Economia (chefiado por Paulo Guedes) e três do Ministério de Minas e Energia (encabeçado por Adolfo Sachsida).

Segundo a resolução publicada no Diário Oficial, o Comitê Interministerial terá prazo de duração de 60 dias. Esse período de tempo é prorrogável por mais períodos iguais, se assim decidir o Presidente do CPPI.

Para Bolsonaro, privatizar a Petrobras é algo difícil

A justificativa oficial para a privatização é que o processo deve atrair investimentos para o país, aumentar a eficiência no setor de energia e fomentar a geração de empregos.

Porém, há um outro motivo para que a ideia da venda da Petrobras (PETR4) ganhe força política no governo Bolsonaro: os sucessivos reajustes nos preços dos combustíveis atrapalham o projeto de reeleição do atual presidente.

O presidente tem procurado se isentar da responsabilidade pelos recorrentes aumentos de combustíveis feitos pela Petrobras, cuja política de preços acompanha as cotações internacionais do petróleo.

O próprio Bolsonaro reconhece que não há chance de privatização da Petrobras no curto prazo. Em entrevista na segunda-feira (06) à TV Terraviva, o presidente disse que a desestatização é algo difícil de acontecer tão cedo.

“Conversei com o Ministro de Minas e Energia, ele tem essa intenção, deu o pontapé inicial. Mas dificilmente vai para frente isso, correndo tudo certo vai uns quatro anos”, disse.

Além da Petrobras, o governo fala também em privatizar a PPSA (Pré-sal Petróleo SA).

Com informações do Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa despenca mais de 11% e tem o pior mês desde março de 2020; dólar sobe a R$ 5,23

O início do aperto monetário do Federal Reserve levou os ativos globais a ter um semestre para esquecer – e o Ibovespa não escapou disso

Proventos

Dividendos: Rede D’Or (RDOR3) e Raia Drogasil (RADL3) vão distribuir quase R$ 300 milhões em juros sobre capital próprio; veja detalhes

Pagamento de nova leva de proventos aos acionistas está previsto para o dia 16 de julho, no caso da Rede D’Or

ALTAS E BAIXAS

Destaques da bolsa: Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) disparam com fusão; TC (TRAD3) e Light (LIGT3) despencam

A nova consolidação no setor de saúde mexeu com o segmento nesta quinta; a renúncia do CEO da Light pesou sobre as ações da empresa

FECHAMENTO DO DIA

Banho de sangue lava Wall Street e S&P 500 tem o pior semestre em mais de 50 anos; saiba o que aconteceu

O combo de péssimas notícias também fez o S&P 500 e o Dow Jones terem o pior período de três meses desde o primeiro trimestre de 2020, marcado pelo auge da pandemia de covid-19

PETRÓLEO EM QUEDA

Seguindo os planos: Opep+ vai produzir 648 mil barris a mais por dia em agosto

O grupo manteve a decisão de elevar a produção de petróleo entre julho e agosto; a Opep+ tem realizado sucessivos aumentos para conter a alta dos preços dos combustíveis no mercado internacional

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies