🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-05-25T11:38:09-03:00
Camille Lima
TIRANDO O AMARGO

Kim Kardashian assume papel na Beyond Meat; celebridade pode ajudar a empresa de carne de planta a superar a queda de 60% em 2022?

A socialite será a primeira “consultora chefe de sabor” da empresa e protagonizará a nova campanha da companhia sobre saúde e sustentabilidade

25 de maio de 2022
11:38
Kim Kardashian será a consultora chefe de sabor da Beyond Meat
Kim Kardashian será a consultora chefe de sabor da Beyond Meat - Imagem: Divulgação Beyond Meat/Montagem Seu Dinheiro

O mercado de alimentos — especialmente no segmento de carnes alternativas — está cada vez mais competitivo. Mas nem sempre é necessário ser um tubarão para batalhar com os rivais pelo favoritismo dos clientes. No caso da Beyond Meat, a escolha do “lutador” foi, na verdade, uma estrela: Kim Kardashian.

É inegável a relevância da celebridade no mundo das redes sociais. Mas a influência e popularidade da bilionária agora também parecem ser a luz no fim do túnel vermelho neon no qual a fabricante de carne à base de vegetais vem percorrendo.

Segundo o jornal The Post, a Beyond Meat foi classificada como uma das ações mais vendidas em Wall Street no começo deste ano, com 37% do total de papéis negociados em posições shorteadas.

Depois de acumular queda de 80,31% nos últimos doze meses e de 61,55% em 2022, a companhia decidiu seguir por uma nova tentativa de livrar o gosto amargo da boca das pessoas em Wall Street em relação à marca.

Ontem, as ações da empresa (BYND) não reagiram bem ao anúncio e fecharam em queda de 7,01% na bolsa de tecnologia norte-americana Nasdaq. Porém, as primeiras horas da sessão de hoje sinalizam uma nova tentativa de recuperação para BYND. Por volta das 11h30, os papéis avançavam 9,20%, cotados a US$ 25,05.

Kim Kardashian e a Beyond Meat

A estratégia de marketing da empresa há muito é baseada em divulgações através de grandes artistas, como Snoop Dogg, Kevin Hart, Liza Koshy e Shay Mitchell. A diferença é que, na nova investida de rebranding, Kim Kardashian será mais do que o rosto na frente das campanhas.

A escolha de Kim Kardashian tem papel fundamental no projeto de rebranding da companhia. A socialite será a primeira “consultora chefe de sabor” da empresa e protagonizará a nova campanha da Beyond Meat sobre saúde e sustentabilidade.

"Estou muito empolgada por ser apresentada na campanha como sua principal consultora de sabores para incentivar as pessoas a incluir Beyond Meat em suas dietas”, disse Kim.

O marketing da Beyond Meat 

A fama gigantesca de Kim nas redes sociais — só no Instagram, ela possui 313 milhões de seguidores — permitiu que a celebridade acumulasse vasta experiência em trabalhar com marcas bilionárias, o que pode fortalecer ainda mais a campanha da Beyond Meat.

Kardashian também vai falar sobre seus itens preferidos da Beyond Meat em um boletim informativo da empresa, que incluirá receitas e ofertas personalizadas.

“Como um ícone que é sinônimo de gosto impecável em comida, moda e beleza, Kim poderá destacar o portfólio de produtos deliciosos, nutritivos e sustentáveis ​​da marca com suas receitas exclusivas e conteúdo criativo envolvente”, disse a companhia.

Kim Kardashian como rosto da campanha

Além disso, a escolha de Kim Kardashian para as campanhas de marketing também teve base na própria relação da celebridade com a marca.

“Como meus fãs sabem, minha geladeira e freezer estão totalmente abastecidos com produtos da Beyond Meat”, disse Kardashian.

Segundo um porta-voz da empresa, criar a função de consultora da empresa para a celebridade fez sentido depois de notar que ela realmente consumia produtos da Beyond nos últimos anos e possuía uma “conexão autêntica e genuína com a marca”.

“Estou focada em seguir mais ‘à base de plantas’ e posso dizer que a Beyond Meat é a minha favorita absoluta. Adoro como todos os produtos deles não apenas têm um sabor incrível, como também são bons para mim e minha família”, afirmou Kardashian.

Não é só a Beyond Meat que está em apuros

Apesar de estar derretendo em Nova York, a Beyond Meat não é a única empresa da indústria alimentícia que está em apuros, uma vez que o próprio mercado de tecnologia de alimentos está desacelerando.

De acordo com um relatório da PitchBook, o número de foodtechs, negócios considerados de risco, e o volume de dólares investidos no setor caíram em relação ao primeiro trimestre de 2021.

Entre janeiro e março deste ano, apenas 359 empresas receberam aportes, uma queda de 13,3% na base anual, enquanto os financiamentos neste mercado recuaram 40,8%, para US$ 6,9 bilhões.

“Como acontece com qualquer disruptor de indústria e categoria relativamente nascente, haverá oscilações de curto prazo. Mas acreditamos que os fundamentos que impulsionaram o crescimento na categoria nos últimos dois anos ainda estão em vigor”, disse o porta-voz da Beyond Meat.

*Com informações de NY Post e Bloomberg

Leia também:

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

NOITE CRIPTO

Na luta: bitcoin (BTC) opera em alta, mas performance não dá inveja; confira cotações

Apesar do avanço, o último mês foi o pior da história do bitcoin. A queda de 37,9% se consolidou como a mais terrível da história, desbancando maio de 2021, quando o recuo foi de 35,4%

PROBLEMAS FINANCEIROS

Tenda (TEND3) negocia com credores e consegue sinal verde para flexibilizar endividamento

Os detentores de debêntures da empresa aceitaram mudar os termos das dívidas em troca de garantias – e remuneração – extras

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

‘Pane’ nas exchanges, os limites para a Rússia e a queda do Ibovespa; confira os destaques do dia

Os corredores do mercado financeiro estavam mais silenciosos do que o habitual nesta segunda-feira (04).  Nos Estados Unidos, as bolsas em Wall Street ficaram fechadas devido ao feriado do Dia da Independência americana, mas parece que boa parte dos investidores brasileiros também deu uma esticadinha no fim de semana.  Sem Nova York e com o […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa cai abaixo dos 99 mil pontos em dia de baixa liquidez; dólar e juros sobem com petróleo

Sem Wall Street, o Ibovespa teve um dia de movimentação limitada. Apesar da alta do petróleo, o índice não conseguiu se consolidar em alta

ELEIÇÕES 2022

Quem é Maria Luiza Ribeiro Viotti, a primeira mulher a comandar o Itamaraty se Lula vencer as eleições?

A indicação de uma mulher para o Itamaraty contemplaria o movimento feminino na diplomacia, que ganhou força política no Congresso e foi incentivado por Amorim no passado; o Brasil nunca teve uma chanceler

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies