🔴 03/06 – ‘GATILHO’ PARA BUSCAR ATÉ R$ 2 MILHÕES COM CRIPTOMOEDAS PODE SER DISPARADO – SAVE THE DATE

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Queda de braço

CVM dá sinal verde para assembleia da Gafisa no dia 2, em vitória da Esh Capital sobre Tanure; ações GFSA3 disparam 20%

A assembleia de acionistas da Gafisa (GFSA3) convocada pela Esh Capital poderá acontecer em 2 de janeiro, contrariando o desejo da empresa

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
28 de dezembro de 2022
14:15 - atualizado às 18:52
Logo da incorporadora Gafisa em meio aos prédios da cidade de São Paulo
Imagem: Montagem Andrei Morais/Shutterstock

A disputa entre a Esh Capital e o empresário Nelson Tanure, controlador da Gafisa (GFSA3), segue em andamento — e, desta vez, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) interveio. Melhor para a gestora, que obteve um parecer favorável para que a assembleia de acionistas convocada para 2 de janeiro seja realizada.

A pauta da reunião tem potencial explosivo: será discutida uma possível ação de responsabilidade contra Tanure e outros administradores e membros do conselho fiscal da Gafisa, além da destituição desses integrantes e eleição de substitutos; a Esh alega que houve uma suposta quebra de deveres fiduciários.

A companhia tentou suspender a convocação original, alegando irregularidades, e chegou a marcar uma nova assembleia para o dia 9 de janeiro. O xis da questão é que, nesse meio tempo, deve ser homologado um aumento de capital de R$ 150 milhões.

E qual o problema disso? Bem, o racional da Esh parte do princípio de que o grupo ligado a Tanure poderia aumentar a sua participação no capital social da Gafisa após a operação e, com isso, chegar mais forte à assembleia. Vale lembrar que a gestora, por meio do fundo Esh Theta, elevou recentemente sua fatia na incorporadora para pouco mais de 11%.

Dito isso, a CVM colocou-se ao lado da Esh Capital nessa questão. Em voto homologado nesta terça (27), João Accioly, diretor da autarquia, disse ser "reprovável" que a Gafisa tenha omitido a questão do aumento de capital em suas manifestações, afirmando que a companhia deveria ter questionado a convocação dentro do prazo adequado.

Esh Capital x Tanure: o que está em jogo?

A briga gira em torno de uma série de decisões estratégicas tomadas pela Gafisa (GFSA3) no passado recente, com destaque para o desenvolvimento de empreendimentos em Cabo Frio (RJ) e Campo Grande (MS) — a Esh diz que os terrenos comprados pela incorporadora pertencem a uma empresa de Tanure.

No contexto dessa operação, a Gafisa promoveu sua 17ª emissão de debêntures, levantando R$ 245,5 milhões para arcar com a aquisição e os projetos a serem tirados do papel. Segundo fontes consultadas pelo Seu Dinheiro, a gestora alega que a operação representa um “flagrante prejuízo à companhia e seus acionistas” para beneficiar Tanure.

Vale destacar que os títulos são conversíveis em ações. Considerando isso, a Esh acredita que o objetivo final da operação é diluir os acionistas e aumentar a participação do empresário na companhia — e já conseguiu uma liminar na Justiça que impede essa conversão. A Gafisa diz que a emissão atende à legislação e à regulamentação em vigor.

Ainda no âmbito de uma eventual diluição dos acionistas, a Esh tenta barrar a homologação do aumento de capital de R$ 150 milhões — esse é um dos pontos da AGE convocada para o dia 2 —, novamente temendo que o grupo ligado a Tanure obtenha uma fatia maior ao fim do processo.

Gafisa (GFSA3) em alta

O mercado parece reagir bem ao parecer favorável a CVM para a r6alização da assembleia convocada pela Esh no dia 2. As ações GFSA3 fecharam o dia em forte alta de 28,42%, a R$ 8,09, anotando o melhor desempenho de toda a bolsa nesta quarta (28). O Ibovespa teve um dia positivo e subiu 1,53%.

Apesar do desempenho positivo visto hoje, as ações da Gafisa ainda amargam perdas relevantes num horizonte mais longo: em 12 meses, os papéis amargam perdas de 53,50%.

Comportamento das ações da Gafisa (GFSA3) ao longo do último ano

Compartilhe

FABRICANTE DE CHIPS

É hoje! Veja o que analistas esperam do balanço da Nvidia: crescimento da gigante da Inteligência Artificial perdeu vapor?

22 de maio de 2024 - 11:02

Dados consensuais da Bloomberg apontam para uma expectativa de crescimento de 400% do lucros em comparação ao trimestre imediatamente anterior

O boi Subiu no telhado?

Sinal vermelho para a Minerva (BEEF3): autoridade uruguaia barra compra de plantas de abate da Marfrig (MRFG3) no país

21 de maio de 2024 - 18:38

O negócio faz parte de uma transação de R$ 7,5 bilhões anunciada em agosto do ano passado; Minerva deve recorrer da decisão

LUCHA LIBRE DAS FINTECHS

Como o Mercado Livre (MELI34) pretende enfrentar o Nubank em disputa pelo mercado do México

21 de maio de 2024 - 17:26

O Mercado Pago está em busca de uma licença bancária para se estabelecer como “o maior banco digital do México”, em uma briga direta com o Nu

FICOU BARATA?

Ação da Suzano não para de cair na B3 — e esse bancão vê dois futuros possíveis para SUZB3. É hora de abocanhar os papéis?

21 de maio de 2024 - 12:28

O BTG Pactual acredita que a intensa desvalorização recente abriu uma oportunidade de se tornar sócio da companhia a preços muito baixos — mas há riscos no radar

NADANDO COM TUBARÕES

Adeus, Shark Tank? Justiça acata recuperação judicial da Polishop, de João Appolinário

21 de maio de 2024 - 12:16

Em meio a cobranças e ações de despejo, recuperação judicial protege a Polishop de seus credores por 180 dias

TENTATIVA DE RECUPERAÇÃO

Unigel obtém acordo com credores para reestruturar dívida de mais de R$ 4 bilhões

21 de maio de 2024 - 9:40

A empresa de químicos começou a romper compromissos com alguns credores em setembro de 2023, antes de entrar com a proposta de recuperação

REPORTAGEM ESPECIAL

Pão de Açúcar (PCAR3) volta às origens e tenta se reinventar após “desmanche” no fim da era Casino

21 de maio de 2024 - 6:19

Situação do Pão de Açúcar pode mudar à medida que a atual administração consiga trazer a operação de volta à rentabilidade; saiba o que esperar das ações da rede de supermercados

AVAL DOS MUNICÍPIOS

Sinal verde para privatização: Municípios de SP aprovam “último passo” para desestatizar a Sabesp (SBSP3)

20 de maio de 2024 - 18:47

No passo final do processo de desestatização, centenas de prefeitos de São Paulo assinaram um contrato unificado com a companhia de saneamento

DE OLHO NAS REDES

Interferência na Petrobras ainda vai longe? Os planos de Lula para a empresa não agradam nem um pouco o mercado — e agora? 

20 de maio de 2024 - 18:11

Os ruídos dentro na Petrobras (PETR4) não são de agora e a principal preocupação do investidor de PETR4 é a influência do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na estatal.  Enquanto o governo quer que a estatal faça cada vez mais investimentos, o mercado enxerga que isso pode ser um perigo, dado o risco de […]

ENTENDA O IMBRÓGLIO

Vibra (VBBR3) compra seu edifício-sede no Rio, mas transação causa impasse para investidores de CRI e fundos imobiliários

20 de maio de 2024 - 17:02

Não se trata de um calote como os vistos no mercado de CRI no ano passado, mas sim de uma situação muito mais complexa do ponto de vista jurídico

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar