🔴 AS BIG TECHS ESTÃO ‘SUGANDO’ DINHEIRO DA BOLSA BRASILEIRA? – VEJA COMO SE PROTEGER

Carolina Gama
Formada em jornalismo pela Cásper Líbero, já trabalhou em redações de economia de jornais como DCI e em agências de tempo real como a CMA. Já passou por rádios populares e ganhou prêmio em Portugal.
PASSARINHO VOOU

Elon Musk sem dinheiro? Bilionário não tem certeza se comprará o Twitter (TWTR34) e diz que tem plano B; veja detalhes

Apesar de estar prestes a se tornar trilionário, muitos dos ativos do dono da Tesla não são líquidos, levantando dúvidas sobre como ele levantaria fundos se sua oferta for aceita

Carolina Gama
14 de abril de 2022
18:49 - atualizado às 20:17
Montagem de Elon Musk no meio de notas de dólar
Imagem: Montagem Andrei Morais / Envato / Shutterstock

Elon Musk está sem dinheiro? Depois de comprar 9,2% do Twitter (TWTR34) e apresentar uma proposta por 100% da plataforma em um negócio que pode valer mais de US$ 43 bilhões, o dono da Tesla (TSLA34) pode ficar sem seu passarinho azul. 

O bilionário reconheceu nesta quinta-feira (14) durante evento no Canadá que não tem certeza de que realmente poderá comprar o Twitter, mas afirmou ter um plano B — embora não tenha dado detalhes. 

Mesmo perto de se tornar trilionário, muitos dos ativos de Musk não são líquidos, deixando alguns analistas se perguntando como ele forneceria os fundos se sua oferta fosse aceita. 

Para o Wells Fargo, por exemplo, Musk pode ter que vender ações da Tesla para financiar a aquisição.

Questionado no evento se tinha financiamento garantido, o bilionário respondeu: “Tenho ativos suficientes. Consigo fazer isso se for possível.”

A pílula de veneno contra Musk

Não é só a falta de financiamento para bancar a compra de 100% do Twitter que pode fazer o passarinho azul escapar das garras de Musk. 

Uma fonte ouvida pela agência de notícias Dow Jones disse que a plataforma estuda adotar a "pílula de veneno" (poison pill). 

O dispositivo é usado para dificultar a tomada de controle de uma empresa, quando um acionista pode em muitos casos dar as cartas mesmo sem alcançar mais de 50% de participação.

Se acionada, a pílula de veneno impediria que Musk — que detém 9,2% das ações do Twitter — aumentasse sua participação para além de 15%, segundo a fonte. 

O bilionário não é mais o maior acionista da plataforma. A Vanguard elevou recentemente sua fatia. Em 8 de abril, a gestora de ativos informou que passou a ter 82,4 milhões de ações do Twitter, ou 10,3% do total.

Musk vai abrir a gaiola do Twitter

Musk também expôs sua visão para o Twitter caso tenha sucesso em comprar 100% da plataforma. 

Segundo o dono da Tesla — que já se envolveu em polêmicas e teve até que pagar multa por seus post na rede —, é importante que haja uma arena inclusiva para a liberdade de expressão. 

No entanto, Musk reconheceu a necessidade de algum nível de moderação de conteúdo, referindo-se à violência explícita, e disse que o serviço teria que cumprir as leis dos países em que opera.

Mais uma pesquisa

Enquanto não assume o controle o Twitter, Musk faz o que sabe de melhor: usar a plataforma para fazer pesquisa junto aos seus quase 82 milhões seguidores. 

Depois de perguntar se deveria vender 10% da Tesla e gerar muita polêmica, o bilionário agora quer saber se a decisão de fechar o capital do Twitter por US$ 54,20 cabe aos acionistas ou ao conselho.

*Com informações da CNBC

Compartilhe

PRÊMIO BANCO CENTRAL DO ANO

Recado para Lula e Haddad? A declaração de Campos Neto sobre a autonomia do BC e as decisões de juros para conter inflação

12 de junho de 2024 - 19:54

Presidente da autoridade monetária recebeu prêmio o prêmio “Banco Central do Ano”, conferido pelo portal de notícias Central Banking, em Londres e aproveitou para falar sobre sua gestão

AJUDA AO GOVERNO

Dividendos pingando na conta do Tesouro: BNDES eleva pagamento de proventos para 50% — e cifra deve chegar a R$ 16 bilhões

12 de junho de 2024 - 19:30

Aumento do percentual de pagamento de dividendos de 25% para 50% não deve reduzir os desembolsos do banco, segundo Aloizio Mercadante

De olho nos petrodólares

Ministro da Agricultura elege sauditas como “parceiros preferenciais”

12 de junho de 2024 - 18:42

Fávaro disse que tem fechado acordos para infraestrutura e formação de fundos com a Arábia Saudita

PRESTAÇÃO DE CONTAS

O que o TCU viu de certo — e também de errado — nas contas do governo Lula em 2023?

12 de junho de 2024 - 18:21

A auditoria da prestação de contas de Lula no ano passado verificou cerca de R$ 109 bilhões em irregularidades e distorções de valor no balanço da União

MINISTROS DIVIDIDOS

A remuneração do FGTS vai mudar: confira a decisão do STF sobre o cálculo que pode afetar o setor imobiliário

12 de junho de 2024 - 16:15

Atualmente, os valores depositados no fundo remuneram a Taxa Referencial (TR) mais 3% ao ano, além do eventual lucro no período, mas o cálculo vai mudar.

MP da Compensação

Senado avalia usar Imposto de Renda, repatriação e dinheiro esquecido para compensar a desoneração da folha

12 de junho de 2024 - 12:03

Uma das fontes avaliadas pelo Senado para compensar desoneração é a taxação de compras internacionais

AI MINHAS COMPRINHAS

Câmara aprova lei que taxa compras internacionais de varejistas como Shein, AliExpress e Shopee. Lula vai vetar?

12 de junho de 2024 - 10:08

A alíquota de 20% sobre o e-commerce estrangeiro foi um “meio-termo” e substituiu a ideia inicial de aplicar uma cobrança de 60% sobre mercadorias que vêm do exterior

LOTERIAS

Lotofácil faz novos milionários pelo Brasil enquanto Mega-Sena acumula e Caixa recebe apostas exclusivas para a Quina de São João

12 de junho de 2024 - 5:53

Se o prêmio acumulado da Mega-Sena rapidamente atingiu a marca de R$ 40 milhões, a Lotofácil teve 3 ganhadores, mas fez apenas 2 novos milionários

MP da Compensação

Pacheco devolve MP do PIS/Cofins e impõe derrota ao governo Lula

11 de junho de 2024 - 19:03

Presidente do Senado diz que MP descumpre princípio de anterioridade para questões tributárias

Leilão polêmico

O que levou o governo Lula a cancelar o leilão para compra de arroz importado?

11 de junho de 2024 - 16:32

Segundo o governo, anulação se deu por falta de capacidade financeira das empresas em honrar os compromissos

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar