🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-03-03T13:02:46-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
AINDA TÁ CARO

Petróleo passa a oscilar após renovar máximas com rumor sobre produção no Irã e acordo da Opep, mas barril permanece acima dos US$ 100

A organização de países exportadores de petróleo manteve o aumento da produção para março, contra os pedidos internacionais de intervenção nos preços

3 de março de 2022
13:02
Imagem mostra estação petrolífera coberta por fumaça de tons azulados.
Depois de o barril do Brent renovar as máximas durante a madrugada desta quinta-feira (03), aos US$ 115, o “ouro negro” passou a cair durante o pregão de hoje. - Imagem: Shutterstock

O avanço da Rússia sobre a Ucrânia gerou criou um verdadeiro rali pelo petróleo, dada a perspectiva de corte no fornecimento russo durante o período da guerra. Depois de o barril do Brent renovar as máximas durante a madrugada desta quinta-feira (03), aos US$ 115, o “ouro negro” passou a cair durante o pregão de hoje.

Correu pelo mercado uma informação não confirmada de que um acordo de fornecimento de energia nuclear com o Irã deve ser fechado nas próximas horas. Dessa forma, o país deve estreitar laços com as potências do Ocidente e ser mais flexível com medidas para conter o avanço do preço do petróleo, de acordo com a Reuters.

Assim sendo, por volta das 12h40, o barril do petróleo Brent, utilizado como referência internacional, operava em queda de 0,35%, aos US$ 112,53, enquanto o WTI era negociado em baixa de 0,61%, cotado a US$ 109,84.

Uma Opep entre o Ocidente e o petróleo

Em um relatório publicado nesta quinta-feira, o Departamento de Energia dos Estados Unidos espera que a desaceleração do consumo e o crescimento de fontes renováveis crie um cenário diferente  do atual, com crescente procura por petróleo e gás natural

Mas há um porém no curto prazo.

As sanções econômicas de Estados Unidos e Europa contra a Rússia devem limitar a produção da commodity no país, que faz parte da Opep, o conglomerado que controla o preço do petróleo no mundo.

Nas mãos da Opep

Em sua última reunião, os membros da Opep concordaram em manter um aumento de 400 mil barris de petróleo por dia em março.

A decisão foi contra os pedidos da comunidade internacional para que o cartel eleve ainda mais a produção em virtude da demanda energética mundial.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

NOITE CRIPTO

Não deu pra segurar: bitcoin (BTC) despenca para US$ 18 mil; confira cotações

A maior criptomoeda do mundo mergulhou no vermelho acompanhando o mercado de ações; S&P 500 teve o pior semestre em mais de 50 anos

QUASE LÁ...

Auxílio Brasil mais gordo e mais próximo: Senado aprova PEC do estado de emergência; proposta é enviada para a Câmara

Medida também inclui vale-gás de cozinha; auxílios aos caminhoneiros e taxistas; gratuidade de transporte coletivo para idosos; compensação dos estados que concederem créditos tributários para o etanol e reforço do programa Alimenta Brasil

POLÊMICA NA ESTATAL

Caixa revela que sabia de denúncia de assédio contra Pedro Guimarães desde maio e aponta presidente interina

A Corregedoria aguardou até que o denunciante apresentasse um “conjunto de informações” suficiente para prosseguir com a investigação contra Pedro Guimarães

GALINHA DOS OVOS DE OURO

Subsidiária da MRV (MRVE3) nos EUA garante mais de R$ 1 bilhão para construtora com venda de empreendimentos na Flórida

A Resia vendeu dois conjuntos localizados na Flóridas e a negociação rendeu cerca de R$ 375 milhões aos cofres da incorporadora

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

A quadrilha triste do Ibovespa e o nascimento de uma nova gigante; confira os destaques do dia

O mês de junho vai chegando ao fim, mas o mercado financeiro parece longe de se juntar às alegres festividades juninas espalhadas pelo país.  Na B3 e em Wall Street, os investidores dançam uma quadrilha pra lá de triste e cheia de obstáculos.  Não estamos falando de uma ponte quebrada, uma cobra perdida ou uma […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies