⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2022-07-29T17:55:35-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
EM BREVE

Vai um bitcoin aí? Santander (SANB11) planeja lançar serviços para negociação de criptomoedas

O anúncio acompanha a tendência dos principais bancos e corretoras de incorporar as moedas digitais aos seus produtos financeiros; novidades sobre a plataforma devem ser divulgadas até outubro

29 de julho de 2022
17:48 - atualizado às 17:55
santander passa a negociar criptomoedas; bitcoin
Imagem: Unsplash/Shutterstock/Montagem

Depois de uma resistência inicial, os grandes bancos brasileiros parece que se renderam às criptomoedas. De olho no interesse dos clientes, o Santander anunciou que planeja oferecer um canal de negociações das moedas digitais. 

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o CEO do banco, Mário Leão, afirmou que o sistema deve ser lançado ainda este ano. “O nosso cliente tem demanda por esse tipo de ativo”, disse. 

Atualmente, o Santander possui cerca de 40 milhões de clientes. 

O CEO ainda afirmou que a companhia deve divulgar novidades até o próximo balanço trimestral, que sai em outubro.

A postura do Santander e de outros grandes bancos sinaliza uma virada na postura com o mercado de criptomoedas. Itaú e Bradesco chegaram a fechar contas de corretoras de criptomoedas como o Mercado Bitcoin no passado. 

No caso do Santander, o “namoro” com os criptoativos não surgiu agora. Em 2019, o banco realizou um experimento de emissão de títulos na rede Ethereum e, no ano seguinte, fez uma parceria com a Ripple para integrar o uso de plataformas blockchain nas operações financeiras. 

No ano passado, a instituição financeira fez um teste para detectar atividades suspeitas ligadas a criptomoedas, em parceria com a Elliptic — empresa de análises de blockchains. 

Santander, bancos e fintechs na corrida das criptomoedas

O anúncio do Santander acompanha a tendência dos principais bancos de incorporar as moedas digitais aos seus produtos financeiros. 

O primeiro banco a anunciar o lançamento de uma plataforma de investimentos em criptomoedas foi o BTG Pactual, em setembro de 2021. Mas fintechs como Nubank e Mercado Pago acabaram saindo na frente e já oferecem a possibilidade de compra e venda de moedas digitais. 

Em maio, o Nubank iniciou as negociações com as duas maiores criptomoedas do mundo: o bitcoin (BTC) e o ethereum (ETH). O serviço foi disponibilizado gradativamente a todos os clientes, que podem comprar as moedas digitais a partir de R$ 1 pelo app da fintech

Depois, a XP e o PicPay também anunciaram que vão lançar os serviços. A corretora deve disponibilizar a Xtage — nome dado à plataforma — em meados de agosto

Já  o Mercado Pago passou a aceitar transferências em bitcoin (BTC), etherium (ETH) e Pax Dollar (USDP) em sua carteira digital. A plataforma já aceita a compra, venda e custódia de criptomoedas desde dezembro de 2021, mas de maneira extremamente limitada. 

Além do Santander, o Itaú anunciou uma iniciativa importante no mundo cripto, mas ela não está relacionada à compra e venda de moedas digitais. Em julho, a instituição financeira lançou a unidade Itaú Digital Assets para ingressar no universo da criptomoedas por meio da tokenização. 

O Itaú, na época, afirmou que a plataforma fará a emissão, a distribuição e a custódia de criptoativos (tokens) em um processo de integração com os demais produtos e canais do banco. 

VEJA TAMBÉM - O BITCOIN (BTC) NÃO MORREU I 5 CRIPTOMOEDAS para o segundo semestre

*Com informações de Ethereum World News e CoinTelegraph 

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

ENTREVISTA

Elon Musk não está sozinho: o home office pode acabar com o fim da pandemia, alerta um dos principais gurus de carreiras do mercado

1 de outubro de 2022 - 7:23

A exemplo do dono da Tesla um número cada vez maior de empregadores quer os profissionais de volta ao escritório, afirma o mentor de carreiras e escritor Luciano Santos

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa fecha setembro no azul, o potencial da Weg (WEGE3) e a semana do bitcoin; confira os destaques do dia

30 de setembro de 2022 - 19:19

O último pregão do mês foi também o último antes da definição do primeiro turno das eleições presidenciais de 2022. Apesar disso, levou um tempo até que a política fosse o principal gatilho para os negócios.  Isso porque o debate final entre os candidatos à chefia do Executivo não trouxe grandes mudanças no cenário-base, já […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa fecha setembro no azul por um triz após nova onda do ‘efeito Meirelles’; dólar vai a R$ 5,39

30 de setembro de 2022 - 18:53

O Ibovespa deixou a política parcialmente de lado no último pregão antes do pleito de domingo

Balanço do mês

Os melhores investimentos de setembro: dólar tem a maior alta do mês, e Brasil vai na contramão do mundo com valorização de quase todos os ativos

30 de setembro de 2022 - 18:42

Títulos prefixados vêm logo em seguida, beneficiados pelo fim do ciclo de alta da Selic no Brasil. Veja o ranking completo dos melhores e piores investimentos do mês

EFEITO MEIRELLES 2.0

Bolsa amplia alta e Magazine Luiza (MGLU3) dispara com novo rumor sobre Henrique Meirelles no governo em caso de vitória do petista

30 de setembro de 2022 - 16:01

Descolando de seus pares internacionais, a bolsa brasileira opera em forte alta, mas o grande destaque fica com a curva de juros e a disparada de ações do setor de consumo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies