🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-03-11T09:06:04-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
SEU DIA EM CRIPTO

O que a queda do setor de tecnologia da China influencia no bitcoin (BTC) hoje (11)? Criptomoedas caem limitadas pelas bolsas dos EUA

Nas primeiras horas desta sexta-feira (11), o mercado de criptomoedas testa uma queda limitada — e caminha para fechar a semana no vermelho

11 de março de 2022
9:05 - atualizado às 9:06
Bitcoin (BTC) com um fundo tecnológico
Confira o que movimenta o mercado de criptomoedas e o bitcoin (BTC) hoje.Imagem: Shutterstock

A semana caminha para um fechamento no vermelho no mercado de criptomoedas. O bitcoin (BTC) não conseguiu manter o patamar dos US$ 40 mil, mesmo depois de ter chegado até os US$ 42 mil com o otimismo geral das bolsas pelo mundo.

Os últimos dias não foram fáceis para os investidores de modo geral. O cenário macroeconômico não animou, com vários dias de debate e negociações entre Rússia e Ucrânia para o fim da guerra — que, no final, não deram maiores frutos.

Somado a isso, as preocupações com a inflação mundial foram renovadas com a divulgação do índice de preços ao consumidor (CPI, em inglês) dos Estados Unidos na última quinta-feira (10).

A crença de que a inflação é boa para o bitcoin não se confirma: as bolsas reagem negativamente à alta nos preços, o que reflete também no desempenho das criptomoedas.

Confira como andam as principais moedas digitais do mundo nesta sexta-feira (11): 

#NomePreço24h %7d %
1Bitcoin (BTC)US$ 39.066,33-0,24%-6,40%
2Ethereum (ETH)US$ 2.601,760,12%-5,19%
3Tether (USDT)US$ 1,00-0,01%0,00%
4BNB (BNB)US$ 372,92-1,23%-6,26%
5USD Coin (USDC)US$ 0,99980,04%0,04%
6Terra (LUNA)US$ 96,990,18%5,96%
7XRP (XRP)US$ 0,73890,49%-0,38%
8Cardano (ADA)US$ 0,8022-0,63%-9,22%
9Solana (SOL)US$ 81,95-0,97%-11,97%
10Avalanche (AVAX)US$ 75,242,82%-5,88%
Fonte: CoinMarketCap

Até esta sexta-feira, o desempenho semanal dos fundos de índice negociados em bolsa, os ETFs, relacionados à criptomoedas é misto.

O destaque vai para o QBTC11, o ETF de bitcoin da QR Capital, e o HASH11, da Hashdex, no campo positivo. Do lado negativo, o DEFI11 registra a maior queda até o momento.

Você pode ler mais sobre eles clicando no ticker de cada um:

TickerGestoraPreçoVariação (24h%)Variação (7d%)
HASH11HashdexR$ 35,60-2,94%-1,93%
ETHE11HashdexR$ 38,91-4,33%-1,72%
BITH11HashdexR$ 47,88-4,62%-0,25%
DEFI11HashdexR$ 37,10-4,11%-5,19%
QBTC11QR CapitalR$ 12,95-1,97%1,17%
QETH11QR CapitalR$ 9,811,03%-2,00%
QDFI11QR CapitalR$ 6,65-3,06%-0,89%
Fonte: Tradingview e Google Finance

Queda na China arrasta o bitcoin 

Não é de hoje que o setor de tecnologia está intimamente ligado ao universo de criptomoedas — quem pode esquecer da forte queda do mercado após o balanço decepcionante da Meta, antigo Facebook?

Entretanto, desta vez a pressão vem do outro lado do globo: de acordo com a Bloomberg, houve uma fraqueza no setor de tecnologia chinês após a alta do CPI da última quinta.

Além disso, a SEC, o órgão regulador do mercado americano equivalente à CVM por aqui, identificou “inconsistências” na auditoria de cinco empresas de tecnologia chinesas. Isso levantou suspeitas de que os EUA possam voltar a levantar sanções contra o setor da China.

Do outro lado da (cripto) moeda

Quem limita a queda do dia é — veja só — o setor de tecnologia dos Estados Unidos.

Os índices futuros de Nova York estão em campo positivo pela manhã desta sexta, o que aponta para uma abertura em alta hoje.

No entanto, vale destacar que os mercados de maneira geral estão muito voláteis com a guerra entre Rússia e Ucrânia. Qualquer novidade sobre o conflito pode piorar o sentimento dos investidores e prejudicar o desempenho de ações e criptomoedas.

Papo Cripto #013

Não deixe de conferir o nosso último Papo Cripto em que eu converso com Lucas Schoch, CEO da Bitfy, sobre o conflito entre Rússia Ucrânia e como isso afeta as criptomoedas:

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

FII DO MÊS

Fundos de papel retornam ao topo da preferência dos analistas; veja quais são os FIIs favoritos para julho

6 de julho de 2022

Em meio ao temor de recessão global, as corretoras consultadas pelo Seu DInheiro voltaram-se novamente para a proteção do papel

ESQUENTA DOS MERCADOS

Bolsas estrangeiras patinam à espera da ata do Fed e dos dados de desemprego nos Estados Unidos

6 de julho de 2022

Investidores preparam-se para a divulgação da ata do Fed na tentativa de prever os próximos passos da política monetária norte-americana

Especiais SD

Onde investir no 2º semestre: Renda fixa, nós gostamos de você! Com juros altos, ativos mais rentáveis do ano continuam atraentes

6 de julho de 2022

No difícil primeiro semestre de 2022, ativos de renda fixa foram os únicos a se salvarem, especialmente aqueles que se beneficiam da alta dos juros; para o resto do ano, esses investimentos permanecem interessantes, e investidor não precisa correr muito risco para ganhar dinheiro

NOITE CRIPTO

Parece, mas não vai: bitcoin segue preso ao patamar de US$ 20 mil; saiba o que está no caminho do BTC

5 de julho de 2022

Investidores devem ficar atentos à divulgação da ata da reunião do junho do Federal Reserve, prevista para amanhã — documento tem potencial para aumentar a volatilidade do mercado

AGORA É PRA VALER

Petrobras (PETR4) conclui a venda de participação na Deten Química — veja quanto entrou no caixa da estatal

5 de julho de 2022

O negócio, que tinha sido anunciado em abril, encerra a presença da petroleira na fabricante das principais matérias-primas para o segmento de limpeza doméstica e comercial no Brasil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies