2022-04-28T10:55:45-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
SEU DIA EM CRIPTO

Bitcoin (BTC) tem alta de mais de 1% e ‘segurança da rede’ atinge nova máxima, mas criptomoedas caminham para semana de perdas

A taxa de mineração (hashrate) atingiu a máxima histórica mais uma vez, mesmo com a queda do mercado; entenda o que isso significa

28 de abril de 2022
10:55
Bitcoin (BTC) atinge máxima na 'taxa de segurança' da rede; entenda o que isso significa. Imagem: Shutterstock

Os dias de luta dos mercados tradicionais continuam e as criptomoedas conseguem se beneficiar das bolsas americanas nesta quinta-feira (28). Por sua vez, o bitcoin (BTC) também acompanha os ganhos, mas a semana deve terminar negativa.

Até o momento, as dez maiores criptomoedas do mundo registram perdas de até dois dígitos, com a aversão ao risco dominando o sentimento geral dos investidores.

Confira o desempenho das maiores criptomoedas do mundo hoje:

#NomePreço24h %7d %
1Bitcoin (BTC)US$ 39.714,191,71%-6,56%
2Ethereum (ETH)US$ 2.925,031,27%-7,10%
3Tether (USDT)US$ 1,000,00%-0,01%
4BNB (BNB)US$ 404,493,53%-4,44%
5USD Coin (USDC)US$ 1,00-0,01%-0,02%
6Solana (SOL)US$ 99,370,29%-8,12%
7Terra (LUNA)US$ 91,342,48%-6,94%
8XRP (XRP)US$ 0,64820,15%-14,41%
9Cardano (ADA)US$ 0,84490,51%-11,54%
10Avalanche (AVAX)US$ 69,940,61%-11,95%
Fonte: Coin Market Cap

Do mesmo modo, os fundos de índice negociados em bolsa (ETF, em inglês), relacionados ao universo das moedas digitais, também sofre com essa queda:

TickerGestoraPreçoVariação (24h%)Variação (7d%)
HASH11HashdexR$ 35,673,99%0,62%
ETHE11HashdexR$ 43,012,60%0,09%
BITH11HashdexR$ 46,912,72%2,20%
DEFI11HashdexR$ 40,300,80%0,25%
WEB311HashdexR$ 39,300,51%-5,71%
QBTC11QR CapitalR$ 12,432,39%0,32%
QETH11QR CapitalR$ 10,572,72%-0,47%
QDFI11QR CapitalR$ 6,912,37%-4,69%
Fonte: Google Finance
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Bitcoin e o ATH da mineração

Mesmo com a queda de quase dois dígitos, outro indicador do bitcoin atingiu as máximas históricas: o hashrate — ou, simplesmente, taxa de mineração.

A mineração de criptomoedas é o processo pelo qual são colocados mais BTC na rede (blockchain) das moedas digitais. Basicamente, os mineradores resolvem problemas matemáticos por segundo para validar as transações em cripto.

Um hashrate alto significa que a rede está mais segura e pronta para novas transações. Isso não significa que o bitcoin vai disparar, mas é um sinal de “saúde” da blockchain.

Os investidores aguardam a divulgação dos dados de inflação dos Estados Unidos, medido pelo PCE, de amanhã (29) e a decisão da política de juros do Federal Reserve, o BC americano, na próxima semana.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

NOVO MODELO DE NEGÓCIOS

Varejo adota ‘loja-contêiner’ para fugir dos custos de shoppings e aluguéis; conheça o que são os estabelecimentos modulares

A estreante no formato é a Chilli Beans, de óculos de sol. “Acho que não teria uma Eco Chilli se não houvesse pandemia”, afirma o CEO, Caito Maia

NÃO MEXE NO MEU QUEIJO

Membros do mercado financeiro defendem Lei das Estatais em documento enviado ao ao Congresso; revogação seria ‘retrocesso’

O texto também cita o relatório de 2020 em que a OCDE afirma que a Lei das Estatais deixou os conselhos de empresas públicas mais independentes de interferências

NESTA SEGUNDA-FEIRA

Governador de São Paulo fará coletiva nesta segunda-feira após Bolsonaro aprovar isenção do ICMS sem garantia de compensação aos estados

O presidente da República vetou o fundo de ajuda aos estados após sancionar o teto do imposto estadual

SEU DOMINGO EM CRIPTO

‘Compre na baixa’ anima e bitcoin (BTC) busca os US$ 22 mil; criptomoedas aguardam semana de olho no Fed

Entre os destaques da próxima semana estão o avanço dos juros nos Estados Unidos e um possível default da Rússia

DE OLHO NO FUTURO

Goldman Sachs quer entrar no mundo da ‘renda fixa’ em criptomoedas e lidera grupo para comprar a Celsius por US$ 2 bilhões

O staking vem crescendo nos últimos meses e é motivo de certa preocupação após o caso da Celsius — e o banco de Wall Street quer um pedaço dele