🔴 +35 RECOMENDAÇÕES DE ONDE INVESTIR EM MARÇO – VEJA GRATUITAMENTE

Cotações por TradingView
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
O MELHOR DO SEU DINHEIRO

PEC da Transição é aprovada, a nova queda do petróleo e o dia das criptomoedas; confira os destaques do dia

Congresso Nacional Ruído Gráfico
Imagem: Shutterstock, com intervenção de Andrei Morais

Na reta final do pregão — que foi de forte volatilidade devido à aversão ao risco que predominou em Wall Street —, o Ibovespa ganhou fôlego para fechar o dia em alta de 0,72%, aos 110.188 pontos.

Isso porque a PEC da Transição, enfim, deslanchou e superou o seu primeiro desafio: a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. O texto agora segue para ser votado em dois turnos pelas duas casas legislativas. 

A aprovação da pauta em si não foi o que agradou os investidores e sim o teor do que foi aprovado pelos senadores nesta terça-feira (06). Como forma de garantir a sobrevivência do projeto, o Partido dos Trabalhadores (PT) aceitou que o limite de gastos fosse reduzido em R$ 30 bilhões. 

Além disso, a comissão fechou um acordo para que uma nova regra fiscal seja apresentada até agosto de 2023, por meio de uma lei complementar — longe do mundo ideal de muitos economistas, mas melhor do que se tinha até agora de garantia de algum equilíbrio fiscal no futuro. 

A forte queda do petróleo e a nova baixa de 2% do Nasdaq, em Nova York, não impediram a alta do Ibovespa e nem o alívio no câmbio. O dólar à vista encerrou o dia em queda de 0,25%, a R$ 5,2697.

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta terça-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo e as ações com o melhor e o pior desempenho do Ibovespa.

Confira outras notícias que mexem com o seu dinheiro

DO TETO NÃO PASSA
O caos de Putin! Ameaça russa gera congestionamento de navios, mas preço do barril desaba. Depois de cair mais de 3% na segunda-feira (06), o Brent — usado como referência internacional — levou um tombo ainda maior hoje, recuando 4%; entenda o que está por trás desse movimento.

PREVISÃO DE CÉU ABERTO
Após tempestade perfeita, ações da Embraer (EMBR3) têm potencial de alta de até 159%, diz JP Morgan. O banco prevê um cenário macroeconômico mais difícil em 2023, mas espera que os resultados do quarto trimestre deste ano sejam suficientes para levantar voo e melhorar as receitas da companhia.

THE ONE AND ONLY
Um fundo imobiliário de uma classe ameaçada de extinção no mercado é o mais rentável de 2022; veja qual é o FII que já anotou ganhos de quase 35% no ano. O fundo em questão é de gestão passiva, característica que perdeu espaço na indústria com a popularização do modelo ativo.

MUDANÇA A CAMINHO
CVM prepara novas regras para fundos, e pessoa física terá acesso a investimentos hoje restritos a milionários. Segundo a Anbima, revisão da regulação será divulgada até o fim deste ano; saiba como as mudanças afetam os cotistas.

HORA DE ENCHER O TANQUE?
Petrobras (PETR4) corta o preço da gasolina e do diesel — veja quanto caiu e quando o novo valor chega aos postos de combustíveis. Segundo a companhia, a redução acompanha a evolução dos preços de referência e é coerente com a prática da estatal.

Compartilhe

SEXTOU COM O RUY

A Oi (OIBR3) é uma pechincha? Se você quer ter um sono tranquilo e bons lucros, olhe para outra empresa do setor

1 de março de 2024 - 6:05

Essa companhia distribuiu R$ 4,8 bilhões em dividendos e, como o grosso do investimento em fibra parece ter ficado para trás, a expectativa é de que esses proventos aumentem ainda mais

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Solução de quatro estados

29 de fevereiro de 2024 - 20:02

Como faremos para balancear extremos opostos por meio de um único instrumento mediano nos mercados financeiros?

Diário de Bordo

O que eu penso sobre o bitcoin?

28 de fevereiro de 2024 - 10:29

Diário de Bordo de 28 de fevereiro de 2024

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Campos Neto e Powell navegam em águas incertas: o que esperar dos próximos passos dos banqueiros centrais para os juros

27 de fevereiro de 2024 - 6:29

A trajetória das taxas de juros no Brasil e nos EUA será decisiva para as expectativas dos investidores e a direção dos ativos de risco

EXILE ON WALL STREET

Felipe Miranda: Qual o caminho mais rápido e efetivo para o sucesso no mercado?

26 de fevereiro de 2024 - 20:03

Seja lá qual for o caminho do sucesso, ele começa por uma boa educação. Nada é mais estruturante e transformacional.

LINHA D'ÁGUA

Por que FoFs de previdência privada serão os grandes vencedores das mudanças recentes na tributação

26 de fevereiro de 2024 - 18:46

Esse tipo de fundo mantem a mesma característica tributária de um exclusivo de previdência, mas, por ser um fundo coletivo, de varejo, não tem o limite de R$ 5 milhões de patrimônio

DE REPENTE NO MERCADO

Fênix à solta: Weg (WEGE3) ressurge como ‘fábrica de bilionários’; Oi (OIBR3) deixa de ser penny stock e Nvidia ‘fura’ a bolha da inteligência artificial

25 de fevereiro de 2024 - 12:00

E mais: estrategista-chefe recomenda 3 ações que estão em ‘raríssimo momento na bolsa’ e por que você deveria correr para comprar um imóvel logo

Mande sua pergunta!

Vi que posso perder minha casa para pagar dívidas de donos anteriores; e no caso de imóvel comprado em leilão, que já vem com dívidas?

24 de fevereiro de 2024 - 8:00

Quem compra imóvel em leilão também pode acabar tendo o bem penhorado para pagar dívidas não pagas atreladas a ele?

SEXTOU COM O RUY

Um Big Mac depois da academia: A ação da Petrobras (PETR4) continua subindo, mas é por causa do governo ou apesar dele?

23 de fevereiro de 2024 - 6:31

Petrobras estabeleceu recentemente um novo recorde de valor de mercado, mas a razão para isso é diferente daquela que a direção da empresa acredita ser

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Falácia da troca de narrativa

21 de fevereiro de 2024 - 20:01

Os movimentos de precificação de mercado estão cada vez mais sujeitos ao “arco narrativo”

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies