O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-02-09T07:55:20-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas no exterior operam em alta e Ibovespa aguarda dados de inflação e varejo de hoje; saiba o que esperar

Os investidores permanecem atentos aos balanços do dia, enquanto o exterior espera pelos dados de inflação dos EUA de amanhã

9 de fevereiro de 2022
7:43 - atualizado às 7:55
Carrinhos de supermercado subindo com a alta dos preços devido a inflação
Confira o que movimenta o Ibovespa e o dólar hoje (09). Imagem: Shutterstock

O aperto monetário do Banco Central pesou no mercado doméstico no pregão da última terça-feira (08), depois da divulgação da ata da última reunião do Copom que elevou a Selic para o patamar de 10,75%. Um parágrafo específico tratando do futuro da economia local limitou os ganhos da bolsa — e essa certa “indigestão” pode chegar até esta quarta-feira (09).

Na sessão de ontem, o Ibovespa encerrou o dia em leve alta de 0,21%, a 112.234 pontos, puxado principalmente pelo forte desempenho de Nova York. Já o dólar à vista encerrou o dia longe das máximas, mas ainda assim com um avanço de 0,11%, a R$ 5,2606.

Os temores do Banco Central de que a inflação ultrapasse ainda mais o teto da meta deste ano podem ser confirmados hoje com a divulgação do IPCA de janeiro. Somado a isso, o risco gerado pela PEC dos combustíveis ainda permanece no radar do investidor local. 

Lá fora, as bolsas operam em tom positivo, de olho nos balanços do dia e à espera dos dados de inflação nos Estados Unidos, medido pelo CPI, na próxima quinta-feira (10).

Saiba o que movimenta os mercados hoje:

Inflação: apertem os cintos

O principal dado desta quarta-feira é sem dúvidas o IPCA de janeiro, divulgado pelo IBGE. De acordo com a mediana das projeções dos especialistas ouvidos pelo Broadcast, a inflação oficial para o primeiro mês de 2022 deve acelerar 0,55% e, na comparação com o mesmo período do ano passado, a alta deve ser de 10,39%

Dessa forma, os investidores podem se preparar para uma reação do Banco Central contra a alta dos preços. Em outras palavras, os juros podem subir com mais intensidade do que o comunicado de ontem (08) da ata do Copom. 

A publicação destacou que o risco fiscal, com a PEC dos combustíveis e outros fatores que ameaçam as contas públicas, é um fator que pesa na decisão do BC.

Da mesma maneira que a autoridade monetária sinalizou que a alta dos juros pode diminuir nas próximas reuniões, o BC não descarta manter a magnitude de 150 pontos-base de aumento da Selic

Varejo

O dia cheio para o investidor local ainda conta com dados do varejo de dezembro e do acumulado de 2021.

Ainda segundo a mediana das projeções do Broadcast, o varejo deve recuar 0,5% na passagem de novembro para dezembro de 2021 e recuar 3,2% no ano. Em relação a 2020, o varejo restrito deve avançar 1,5%

Já o varejo ampliado deve crescer 0,7% em dezembro e acumular queda de 2,0% no ano, mas subir 4,6% na comparação com 2020. 

Balanços

Por último, os balanços do dia incluem Klabin e Suzano, antes da abertura do mercado por aqui. Você pode conferir a agenda completa dos resultados clicando aqui

Na última terça-feira, o balanço do Bradesco (BBDC4) surpreendeu os investidores com boas notícias.

Além do lucro recorde de R$ 26,2 bilhões, o banco anunciou bonificação em ações e dividendos.  A data para a bonificação será definida após a homologação do processo pelo Banco Central.

Rússia X EUA

A última reunião do presidente da França, Emmanuel Macron, com o chefe de Estado russo, Vladimir Putin, parece ter adiado o início de um conflito armado na fronteira com a Ucrânia. Contudo, a Rússia não mudou seu posicionamento sobre o país vizinho, o que não acabou com as tensões na região.

Com isso, durante a madrugada no Brasil, a costa da Ucrânia voltada para o Mar Negro recebeu uma visita inesperada de seis navios de guerra russos — que, a princípio, estavam apenas fazendo exercícios militares.

A Rússia nega quaisquer intenções de invadir a Ucrânia, mas mantém sua posição firme e contrária à entrada do país na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). 

Agenda por lá

Sem maiores indicadores para o dia, o foco dos investidores fica nas falas dos representantes do Federal Reserve de hoje. Além disso, a divulgação dos estoques de petróleo dos EUA também permanece no radar. 

Por último, os investidores aguardam a divulgação dos dados de inflação dos Estados Unidos, medidos pelo índice de preços ao consumidor (CPI, em inglês), que devem ser lançados amanhã. 

Bolsas pelo mundo

Os principais índices asiáticos encerraram o pregão desta quarta-feira em alta após a forte recuperação de Wall Street. 

De maneira semelhante, o apetite de risco voltou às mesas de operações na Europa, que também avançam pela manhã. 

Por fim, os futuros de Nova York apontam para uma abertura em alta, antes dos balanços do dia, com destaque especial para o Walt Disney. 

Agenda do dia 

  • FGV: IGP-M de fevereiro (8h)
  • IBGE: IPCA de janeiro (9h)
  • IBGE: Vendas no varejo em dezembro e em 2021 (9h)
  • Estados Unidos: Diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva, discursa em painel do FMI "Nos bastidores da moeda digital do Banco Central" (11h)

Balanços do dia

Antes da abertura:

  • Klabin (Brasil)

Após o fechamento:

  • Suzano (Brasil)
  • Walt Disney (Estados Unidos)
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

DISTRIBUINDO MAIS DO QUE COMBUSTÍVEIS

Dividendos e JPC: Vibra Energia (VBBR3) anuncia o pagamento de R$ 131 milhões em proventos; confira prazos

Ao todo, a distribuidora de combustíveis já pagou R$ 663 milhões em dividendos e juros sobre capital próprio no exercício de 2021

CSN (CSNA3) e CSN Mineração (CSNA3) vão recomprar até 164 milhões de ações; veja o que muda para os acionistas

As duas companhias aproveitam o momento descontado na B3 para encerrar os programas atuais e iniciar novas operações com duração de um ano

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Inflação derruba bolsas, Hapvida vai às compras e a varejista que ameaça o Magalu; confira os destaques do dia

Depois de um dia de animação, preocupações com o movimento dos preços e a atividade econômica pelo mundo estragaram o humor dos investidores

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana come margem de grandes empresas e derruba bolsas globais; Ibovespa cai mais de 2% e dólar cola em R$ 5

Com inflação pressionando e China voltando a fechar cidades, o Ibovespa caiu menos que as bolsas em Wall Street, mas ainda assim amargou fortes perdas

BR Properties (BRPR3) vende 80% do portfólio para fundo canadense, em transação de quase R$ 6 bilhões

Além de representar um movimento importante no atual cenário macroeconômico brasileiro, a transação marca a saída de boa parte do capital do fundo soberano de Abu Dhabi (ADIA) da empresa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies