🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-03-21T17:06:42-03:00
Guilherme Valle
FECHAMENTO DO CÂMBIO

Dólar tem forte queda e vale menos de R$ 5,00 pela primeira vez em 262 dias. Euro vale R$ 5,45; confira o que movimentou o câmbio nesta segunda-feira

Jerome Powell deixou aberta a possibilidade de uma atuação mais agressiva da autoridade monetária caso a inflação continue acelerada nos Estados Unidos

21 de março de 2022
17:06
Dólar real 5 reais câmbio
Nesta segunda-feira, os destaques são a inflação no mundo e na guerra na Ucrânia - Imagem: Shutterstock

Depois de 262 dias o dólar voltou a fechar o dia abaixo dos R$ 5,00. A moeda norte-americana terminou a segunda-feira (21) valendo R$ 4,9445, desvalorização de 1,42%. Já o euro também apresentou recuo fechou o dia cotado a R$ 5,4506.

Durante o dia o dólar registrou máxima de R$ 5,0305 e mínima de R$ 4,9318. Já o euro registrou máxima de R$ 5,5566 e mínima de R$ 5,4494.

Por aqui

Se a sinalização do Banco Central de que deve repetir a dose no próximo encontro do Copom, elevando a taxa Selic mais uma vez, não agradou a todos por aqui, para o dinheiro que vem de fora o anúncio o anuncio soa muito mais positivo.

Isso porque torna o Brasil destino atrativo para investimentos, já que o diferencial de juros por aqui supera consideravelmente o observado em outras economias emergentes.

Além disso, commodities em alta continuam a ajudar o real a ganhar força frente ao dólar.

No relatório Focus publicado hoje, a estimativa para o câmbio neste ano permaneceu nos R$ 5,30, há quatro semanas atrás a estimativa era de R$ 5,50.

IMPORTANTE: liberamos um guia gratuito com tudo que você precisa para declarar o Imposto de Renda 2022; acesse pelo link da bio do nosso Instagram e aproveite para nos seguir. Basta clicar aqui.

Por lá

Os investidores seguem de olho na guerra na Ucrânia, atentos à possibilidade de uma saída diplomática para o conflito. 

A esperança de que o fim do conflito já aparece no horizonte foi alimentada pelo ministro das relações exteriores da Turquia durante o final de semana, que disse que um acordo entre Rússia e Ucrânia estaria próximo. Contudo, o clima segue tenso e as saídas não são óbvias.

Também chamou a atenção a fala de Jerome Powell, que deixou aberta a possibilidade de uma atuação mais agressiva da autoridade monetária caso a inflação continue acelerada nos Estados Unidos.

Quem também comentou a inflação foi o Presidente do Banco Central da Alemanha e dirigente do Banco Central Europeu (BCE), Joachim Nagel. 

Ele alertou que atrasar o aperto monetário pode provocar necessidade de que os juros tenham de subir de maneira mais agressiva e rápida depois.

Relembrar é viver

Há muito o brasileiro não via um dólar capaz de comprar menos de R$ 5,00. A última vez que isso tinha acontecido foi no dia 30/06/2021. 

O último dia de junho de 2021 foi também o segundo dia seguido de alta do dólar, que vinha pressionado pela expectativa de que os Estados Unidos iriam aumentar os juros antes do final do ano passado, o que acabou não acontecendo.

Internamente as atenções estavam voltadas para as instabilidades políticas e para a proposta de reforma tributária que propunha o retorno da tributação sobre dividendos, o que também acabou não acontecendo.

O movimento desta segunda-feira ainda guarda relação com o que acontecia em junho de 2021, já que a opção de iniciar um ciclo de alta dos juros de maneira mais rápida do que grande parte do mundo ajudou o real frente moedas fortes como o euro e o dólar.

Acompanhe a nossa cobertura completa de mercados para acompanhar o desempenho de bolsa, dólar e juros hoje. Confira também o fechamento dos principais contratos de DI:

CÓDIGONOME ULT  FEC 
DI1F23DI jan/2312,93%12,87%
DI1F25DI Jan/2512,21%12,08%
DI1F26DI Jan/2611,99%11,91%
DI1F27DI Jan/2711,98%11,93%
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

NOITE CRIPTO

Não deu pra segurar: bitcoin (BTC) despenca para US$ 18 mil; confira cotações

A maior criptomoeda do mundo mergulhou no vermelho acompanhando o mercado de ações; S&P 500 teve o pior semestre em mais de 50 anos

QUASE LÁ...

Auxílio Brasil mais gordo e mais próximo: Senado aprova PEC do estado de emergência; proposta é enviada para a Câmara

Medida também inclui vale-gás de cozinha; auxílios aos caminhoneiros e taxistas; gratuidade de transporte coletivo para idosos; compensação dos estados que concederem créditos tributários para o etanol e reforço do programa Alimenta Brasil

POLÊMICA NA ESTATAL

Caixa revela que sabia de denúncia de assédio contra Pedro Guimarães desde maio e aponta presidente interina

A Corregedoria aguardou até que o denunciante apresentasse um “conjunto de informações” suficiente para prosseguir com a investigação contra Pedro Guimarães

GALINHA DOS OVOS DE OURO

Subsidiária da MRV (MRVE3) nos EUA garante mais de R$ 1 bilhão para construtora com venda de empreendimentos na Flórida

A Resia vendeu dois conjuntos localizados na Flóridas e a negociação rendeu cerca de R$ 375 milhões aos cofres da incorporadora

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

A quadrilha triste do Ibovespa e o nascimento de uma nova gigante; confira os destaques do dia

O mês de junho vai chegando ao fim, mas o mercado financeiro parece longe de se juntar às alegres festividades juninas espalhadas pelo país.  Na B3 e em Wall Street, os investidores dançam uma quadrilha pra lá de triste e cheia de obstáculos.  Não estamos falando de uma ponte quebrada, uma cobra perdida ou uma […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies