🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-03-15T17:03:22-03:00
Guilherme Valle
FECHAMENTO DO CÂMBIO

Dólar vira, fecha dia em alta de 0,76% e vale R$ 5,15. Euro vale R$ 5,65; confira o que movimentou o câmbio nesta terça-feira

Os investidores seguem atentos ao que acontecerá nas reuniões de quarta-feira, do Copom e do FOMC

15 de março de 2022
17:03
dólar e euro
A segunda-feira foi mais um dia de alta do dólar - Imagem: Shutterstock

O dólar fechou a terça-feira negociado a R$ 5,1591, alta de 0,76%. O euro avançou sensivelmente e terminou o dia valendo R$ 5,6515, valorização de 0,04%.

Durante o pregão, o euro registrou máxima de R$ 5,6542 e mínima de R$ 5,6004. Já o dólar estabeleceu sua máxima do dia em R$ 5,1691 e a mínima em R$ 5,0941.

A terça-feira até começou promissora, com o real ganhando força frente à moeda norte-americana. Contudo, não demorou muito para que as coisas mudassem.

fora

O cenário da economia global tem se tornado cada vez mais desafiador para as autoridades monetárias mundo afora. A guerra na Ucrânia só coloca mais lenha em uma fogueira que já vinha tirando o sono de quem precisa decidir para onde vai o juros.

A crise desorganizou ainda mais cadeias de produção já desorganizadas pela pandemia e elevou os custos de produção, gerando aumentos de preços em economias pouco habituadas a ambientes inflacionários.

A bagunça favoreceu as commodities, que ganharam força com a perspectiva de que com o fim das restrições a demanda aumentaria em um ritmo mais rápido do que a oferta consegue acompanhar. 

Esse movimento acabou colaborando para criar um importante fluxo de dinheiro para o Brasil, o que deixou o real mais forte frente ao dólar, já que importantes empresas com papéis negociados na B3 se beneficiam com preços mais altos do minério de ferro e petróleo, por exemplo.

Contudo, entre ontem e hoje, notícias da implementação de mais restrições na China, empurraram a cotação das commodities para baixo, já que entrou no horizonte a possibilidade de que a demanda por esses bens esfrie.

O DXY, índice que compara o dólar aos seus pares, até passou por oscilações durante o dia mas acabou perto da estabilidade.

IMPORTANTE: liberamos um guia gratuito com tudo que você precisa para declarar o Imposto de Renda 2022; acesse pelo link da bio do nosso Instagram e aproveite para nos seguir. Basta clicar aqui.

Por aqui

O Copom iniciou um movimento de alta de juros, com o objetivo de ancorar as expectativas de inflação, antes das autoridades monetárias de outros países.

A decisão de reagir ao aumento da inflação de maneira mais rápida criou uma situação em que o diferencial de juros tornava o Brasil um destino bastante atrativo para o investidor internacional. Isso, aliado a um cenário em que o real estava bastante desvalorizado frente a moeda norte-americana, acabou favorecendo bastante o real neste ano.

Mas a quarta-feira promete mudanças importantes neste cenário, já que se reúnem o Copom, no Brasil, e o Fomc, nos EUA. O consenso dos analistas é de que a autoridade monetária norte-americana vá aumentar os juros em 0,25%.

Por aqui, levantamento feito pelo Broadcast revelou que 44 de 53 instituições do mercado financeiro esperam alta de 1,00%, para 11,75% ao ano.

Ainda segundo informações do sistema Broadcast, instituições como Citibank e Terra Investimentos passaram a prever aumento de 1,25%.

Acompanhe a nossa cobertura completa de mercados para acompanhar o desempenho de bolsa, dólar e juros hoje. Confira também o fechamento dos principais contratos de DI:

CÓDIGONOME ULT  FEC 
DI1F23DI jan/2313,12%13,24%
DI1F25DI Jan/2512,43%12,67%
DI1F26DI Jan/2612,26%12,49%
DI1F27DI Jan/2712,25%12,49%

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

FII DO MÊS

Fundos de papel retornam ao topo da preferência dos analistas; veja quais são os FIIs favoritos para julho

6 de julho de 2022

Em meio ao temor de recessão global, as corretoras consultadas pelo Seu DInheiro voltaram-se novamente para a proteção do papel

ESQUENTA DOS MERCADOS

Bolsas estrangeiras patinam à espera da ata do Fed e dos dados de desemprego nos Estados Unidos

6 de julho de 2022

Investidores preparam-se para a divulgação da ata do Fed na tentativa de prever os próximos passos da política monetária norte-americana

Especiais SD

Onde investir no 2º semestre: Renda fixa, nós gostamos de você! Com juros altos, ativos mais rentáveis do ano continuam atraentes

6 de julho de 2022

No difícil primeiro semestre de 2022, ativos de renda fixa foram os únicos a se salvarem, especialmente aqueles que se beneficiam da alta dos juros; para o resto do ano, esses investimentos permanecem interessantes, e investidor não precisa correr muito risco para ganhar dinheiro

NOITE CRIPTO

Parece, mas não vai: bitcoin segue preso ao patamar de US$ 20 mil; saiba o que está no caminho do BTC

5 de julho de 2022

Investidores devem ficar atentos à divulgação da ata da reunião do junho do Federal Reserve, prevista para amanhã — documento tem potencial para aumentar a volatilidade do mercado

AGORA É PRA VALER

Petrobras (PETR4) conclui a venda de participação na Deten Química — veja quanto entrou no caixa da estatal

5 de julho de 2022

O negócio, que tinha sido anunciado em abril, encerra a presença da petroleira na fabricante das principais matérias-primas para o segmento de limpeza doméstica e comercial no Brasil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies