Menu
2021-04-17T17:38:20-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
termômetro

Tesla, Robinhood e GM: as apostas do bilionário Jorge Paulo Lemann

Empresário brasileiro respondeu quais seriam os investimentos de curto e longo prazo, em uma espécie de termômetro sobre a confiança em torno do negócio

17 de abril de 2021
17:35 - atualizado às 17:38
Retrato do empresário Jorge Paulo Lemann
Jorge Paulo Lemann, sócio da 3G Capital - Imagem: VALÉRIA GONÇALVEZ/ESTADÃO CONTEÚDO/AE/

O bilionário brasileiro Jorge Paulo Lemann, acionista da AB Inbev, dividiu neste sábado (17) sua visão sobre algumas das empresas que se destacaram no mercado americano nos últimos meses.

Lemann disse ter comprado ações da corretora Robinhood e indicou que não pretende vender os papéis da montadora de carros elétricos Tesla comprados pela sua mulher.

O bilionário participou de um painel da Brazil Conference at Harvard & MIT, evento organizado pela comunidade de estudantes brasileiros de Boston (EUA), em parceria com o jornal Estadão.

GM, Amazon e Americanas

Nitin Nohria, ex-decano da Harvard Business School, perguntou a Lemann e Fabrício Bloisi, CEO do iFood, a impressão deles acerca de uma série de empresas e temas, ao qual teriam de responder se seria uma aposta de curto ou longo prazo, como uma espécie de termômetro sobre a confiança de ambos em torno do negócio.

Ambos disseram, por exemplo, que a General Motors e a Exxon Mobil seriam de curto prazo.

Lemann se disse neutro quando perguntado sobre a Amazon, ao levantar dúvidas sobre o tamanho que a empresa de tecnologia adquiriu e as oposições colocadas contra o negócio atualmente.

O bilionário também se disse neutro a respeito do Walmart, uma das empresas que inspirou a gestão nas Lojas Americanas e em outros negócios feitos pelo grupo 3G.

Brasil

Quando questionado sobre a sua visão do Brasil, o empresário explicou brevemente o que está por trás de sua convicção de longo prazo.

"É bastante fácil consertar se a gente consegue colocar as pessoas adequadas, uma governança adequada", disse Lemann. "Por isso apostamos nas pessoas. Esperamos que elas voltem ao Brasil e que, embora alguns sejam de direita ou esquerda, possam chegar a situações pragmáticas."

O bilionário lembrou ter iniciativas no terceiro setor para ajudar jovens brasileiros a se formar em faculdades de ponta no exterior por meio de bolsas.

Mais recentemente, o empresário estendeu esses projetos do mundo dos negócios para o campo da política, para incentivar a formação de jovens com interesse a ocupar cargos eletivos.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

cardápio dos balanços

Balanços de Copel, Braskem, Azul e outros mexem com o mercado nesta quinta; veja os destaques

Só no Ibovespa, foram ao menos cinco companhias que revelaram os resultados do primeiro trimestre entre esta quarta e quinta; desempenho mexe com os papéis das companhias

Exile on Wall Street

Investir de maneira inteligente ajuda (mas não garante) retorno

Quero voltar aqui rapidamente ao Day One de terça, quando o Felipe citou o Soros em sua melhor forma, o arquétipo do investidor autocrítico: “Toda posição tem uma ou mais vulnerabilidades.” “Se você acha sua exposição perfeita, cuidado; você apenas não entendeu direito.”  “Sempre existe algo escondido ali, alguma armadilha não percebida a priori. Suas chances de […]

Dentro do balanço

Mercado Livre adere ao bitcoin e coloca R$ 40 milhões da criptomoeda em caixa

O documento foi publicado na página da SEC, a CVM americana, porque a empresa de entregas é listada na Nasdaq

Briga na Casa

Tensão no Congresso: Senado busca reforma tributária ampla, mas Câmara quer fatiar

A divisão da proposta em quatro partes é defendida pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), com aval do ministro da Economia, Paulo Guedes, mas enfrenta resistências

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies