Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-08T10:02:16-03:00
Ricardo Gozzi
CUMPRINDO O CONTRATO

Por que o Itaú vai comprar mais 11,38% da XP logo depois de se desfazer da participação na corretora?

Aquisição de fatia já estava prevista no contrato celebrado em 2017 entre o bancão e a corretora

8 de novembro de 2021
9:42 - atualizado às 10:02
star wars itau xp
Imagem: Montagem Andrei Morais

O Banco Central (BC) autorizou o Itaú Unibanco (ITUB4) a comprar 11,38% da XP Investimentos (XPBR31). A aprovação da autoridade monetária foi anunciada na manhã de hoje pelo Itaú. Mas peraí…

Não foi o Banco Central que outro dia mesmo proibiu o Itaú de comprar o controle da XP, o que levou o banco a entregar aos acionistas a participação que detinha na corretora?

Exato, o BC estipulou como condição para aprovar o investimento do Itaú na XP a proibição de que o banco assumisse o controle da corretora, como estava previsto no negócio fechado em 2017.

Previsão em contrato assinado pelo Itaú

Acontece que lá atrás, quando o Itaú adquiriu 49,9% da XP em uma transação que avaliou a corretora em aproximadamente R$ 12 bilhões, o contrato entre as partes previa um aumento escalonado da participação do banco na corretora até alcançar a fatia de 75% em 2022.

Antes de o BC melar o negócio, o Itaú ainda precisava comprar 11,38% da XP para saldar os compromissos contratuais.

Como a fusão ficou para trás e essa participação não dará ao banco o status de controlador da XP, o BC autorizou a transação.

De acordo com comunicado divulgado hoje pelo Itaú, a operação deverá ser consumada no ano que vem, depois da publicação das demonstrações financeiras auditadas da XP referente ao exercício encerrado em 31 de dezembro de 2021.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

FECHAMENTO DO DIA

Investidores tentam equilibrar noticiário e Ibovespa emplaca mais um dia de alta; dólar tem queda firme com ômicron no radar

Com o avanço da PEC dos precatórios, a pandemia se torna um dos únicos gatilhos negativos a rondar o Ibovespa,

DOBRANDO A ESQUINA

Lucro das empresas com ações na bolsa deve cair 6,3% em 2022, diz BTG Pactual

Mesmo assim ainda é possível encontrar setores em que o cenário é positivo; saiba quem é quem

Bateu o martelo

IPO do Nubank sai no topo da faixa indicativa, a US$ 9 por ação; banco ultrapassa Itaú (ITUB4) e é a instituição financeira mais valiosa da América Latina

Com isso, os BDRs, que serão negociados por aqui a partir da próxima quinta-feira (09), saem valendo R$ 8,38

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies