Menu
2021-02-19T17:43:39-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
em recuperação judicial

Oi capta R$ 2,5 bilhões para investir em fibra ótica

Por meio de controlada indireta, empresa emite debêntures, que foram adquiridas por três fundos de investimentos

19 de fevereiro de 2021
13:15 - atualizado às 17:43
fibra ótica
Imagem: Shuttertstock

A Oi (OIBR3) segue a passos largos na sua transformação, como parte do processo de recuperação judicial, investindo na criação de uma infraestrutura de fibra ótica no país.

Para conseguir colocar esta iniciativa em prática, a companhia emitiu R$ 2,5 bilhões em debêntures por meio da controlada indireta Brasil Telecom Comunicação Multimídia (BTCM), responsável pela unidade de infraestrutura de fibra ótica, a InfraCo.

Segundo o comunicado divulgado ao mercado na quinta-feira (18) à noite, a emissão será liderada pelos fundos Brookfield Asset Management e contará com participação de Farallon Latin America Investimentos e Prisma Capital.

As debêntures terão seu valor atualizado pela variação acumulada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), mais juros remuneratórios de 11% ao ano e contarão com garantias reais. Elas terão vencimento em 24 meses contados da data de emissão e serão conversíveis em ações preferenciais resgatáveis da BTCM, devendo ser subscritas e integralizadas até 15 de abril.

A Oi, por meio de suas subsidiárias Oi Móvel e Telemar Norte Leste, será titular de uma opção de compra da totalidade das ações preferenciais de titularidade dos debenturistas.

"Conforme anunciado recentemente, a companhia continua a fazer progresso no seu processo de venda de participação majoritária na BTCM, como contemplado no plano de recuperação judicial, e espera que as debêntures sejam pagas com o produto de tal alienação" diz trecho do comunicado.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Bola rebola

Show das poderosas: Nubank estreia dueto com Anitta e cala os críticos com primeiro lucro

Fintech que já vale US$ 30 bilhões tem primeiro resultado positivo na história e anuncia contratação da cantora para compor o conselho de administração

Temperatura subindo

Febraban: carteira de crédito continua em expansão e deve registrar melhor índice desde 2013

As concessões de empréstimos devem apresentar crescimento de 4,7% em maio, acumulando aumento de 6,9% nos últimos 12 meses

Fim de papo

Bolsonaro se irrita com questão de frete e termina conversa na saída do Alvorada

Antes, ao ser cobrado quais as propostas para atender a categoria, Bolsonaro repetiu que o “maior problema de vocês (caminhoneiros)” é o preço dos combustíveis e os tributos

Nova realidade?

UBS prevê queda nos preços de minério de ferro e rebaixa Rio Tinto

Para os analistas, problemas com oferta no Brasil, intensificados pela pandemia, e atuação do governo chinês devem pressionar cotação do insumo

Muito além do pix

Bancos Centrais da Suíça e França testam transações com moedas digitais entre países

O experimento visa investir no mercado de empréstimos de “atacado” entre bancos, ao invés de transações públicas diárias, mas será o primeiro teste com as CBDC

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies