2021-09-19T20:42:32-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Logística

MSC quer comprar controle da Log-In (LOGN3), que tem a gestora Alaska como maior acionista; papéis disparam

A proposta da MSC Mediterranean equivale a R$ 25 por ação LOGN3 e pode chegar a R$ 1,8 bilhão; Alaska e Tarpon estão entre os principais acionistas da empresa

16 de setembro de 2021
10:11 - atualizado às 20:42
Ações da Log-In fecharam ontem na B3 a R$ 14,95Imagem: Divulgação

A empresa de transporte de contêineres MSC Mediterranean Shipping anunciou que pretende comprar o controle da Log-In (LOGN3), companhia que atua com logística portuária e tem grandes fundos como principais sócios.

A MSC Mediterranean Shipping pretende lançar uma oferta pública na bolsa para adquirir até 67% do capital da companhia, por R$ 25 por ação, no total de R$ 1,8 bilhão.

A proposta equivale a um prêmio de 67% em relação às cotações de fechamento de LOGN3 ontem na B3 (R$ 14,95). A expectativa é que os papéis abram o pregão de hoje em forte alta para se ajustar ao preço da oferta. Foi exatamente o que aconteceu. Por volta das 10h30, LOGN3 disparava 42%, cotada a R$ 21,27. A ação fechou com valorização de 33,78%, cotada a R$ 20.

A maior acionista da Log-In hoje é a Alaska, uma das gestoras de fundos mais populares do mercado brasileiro, com 45% do capital. A Tarpon, outra gestora tradicional, possui 5% das ações da companhia. A MSC diz que pretende buscar o apoio dos principais acionistas à oferta.

VEJA TAMBÉM: Vale (VALE3): ação está BARATA e pode pagar DIVIDENDOS de 10% ao ano | Analistas recomendam compra

A Log-In abriu o capital em 2007 com a chancela de ser uma subsidiária da Vale, que na época surfava na onda do superciclo no minério de ferro. As ações, contudo, nunca engrenaram no mercado.

A MSC pediu autorização ao Cade, órgão de defesa da concorrência, para levar a proposta adiante. A empresa é uma gigante no setor, com uma frota de 600 navios e atuação em 155 países.

“A MSC acredita que a sinergia existente entre as suas atividades e as atividades da companhia aumentaria significativamente o desenvolvimento financeiro da companhia e que a transação proposta contribuiria positivamente para a capacidade e o potencial dos negócios da companhia”, escreveu a MSC, na correspondência encaminhada à Log-In sobre a oferta. Leia a íntegra do comunicado.

Se você chegou até aqui, convidamos você para conhecer o potencial de alta de 3 ações do ramo de serviços digitais que vêm se destacando entre analistas do Bank of America (BofA). Uma delas, segundo a instituição financeira, tem espaço para quase dobrar de valor do médio ao longo prazo.

Confira abaixo e aproveite para nos seguir no Instagram (basta clicar aqui). Lá entregamos aos leitores análises de investimentos, notícias relevantes para o seu patrimônio, oportunidades de compra na bolsa, insights sobre carreira, empreendedorismo e muito mais.

Leia também:

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

A BOLSA HOJE

Esquenta dos mercados: notícia sobre possível baixa eficácia das vacinas contra ômicron derruba mercados, em dia de discurso de Powell e votação dos precatórios

O investidor local ainda permanece de olho nas falas de Roberto Campos Neto e Paulo Guedes em eventos separados hoje

SÓ NO SAPATINHO

Dividendos: Arezzo (ARZZ3) vai distribuir R$ 60 milhões aos acionistas; veja como participar

Serão R$ 33,78 milhões em JCP e R$ 26,22 milhões em dividendos a serem depositados até 31 de janeiro de 2022

INCERTEZAS NO RADAR

CEO da Moderna levanta dúvidas sobre eficácia de vacinas contra a ômicron e provoca reação negativa nos mercados

Stéphane Bancel disse que cientistas consultados por ele esperam ‘queda significativa’ na eficácia dos imunizantes contra a nova cepa

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Os investidores agora viraram virologistas: os impactos da Ômicron sobre os mercados

Ainda não sabemos o bastante para decidir se esta é uma oportunidade de compra, mas parecemos estar mais preparados como sociedade para enfrentar o problema

VAREJO DECEPCIONADO?

Black Friday supera prévias, mas vendas do fim de semana ainda perdem para os números registrados em 2019

Segundo índice calculado pela Cielo, as vendas cresceram 6,9% em relação ao ano passado, mas foram 3,8% inferiores ao período pré-pandemia