Petrobras detalha plano estratégico; confira os principais pontos

Cotações por TradingView
2021-03-15T18:35:08-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
SOB NOVA DIREÇÃO

IMC troca CEO em meio à disputa envolvendo contrato de franquia com KFC

Dona da rede de restaurantes Frango Assado escolhe ex-presidente da rede de restaurantes Popeye’s para o lugar de Newton Maia

15 de março de 2021
10:17 - atualizado às 18:35
frango assado IMC MEAL3
Frango Assado - Imagem: Facebook/Divulgação

Em meio à disputa com a americana Kentucky Fried Chicken International Holdings (KFC) a respeito da repactuação do contrato de master franquia, a International Meal Company (IMC) (MEAL3) decidiu trocar seu CEO.

A dona da rede de restaurantes Frango Assado anunciou que Alexandre Santoro assumirá o comando da empresa no lugar de Newton Maia em 1º de abril.

Santoro foi presidente global da rede de restaurantes Popeye’s, que pertence à Restaurant Brands International (RBI), empresa investida pela 3G Capital, grupo de investimento cofundado pelo bilionário brasileiro Jorge Paulo Lemann. A Popeye’s é rival da KFC no segmento de restaurantes especializados em frango frito nos Estados Unidos.

Ele também atuou como CEO, presidente e vice-presidente de logística para a ALL (América Latina Logística) e em posições de liderança na Ambev e na Danone.

Maia ficou por quatro anos no comando da IMC e foi responsável por reestruturar a empresa, adotando medidas como a revitalização e retomada do crescimento das marcas Frango Assado e Margaritaville, implementação da cozinha central, fortalecimento do portfólio de marcas, com a adição das marcas Pizza Hut e KFC, e a expansão do número de lojas de 254 para 481 até o final do ano passado.

Briga de galo

A gestão de Maia à frente da IMC não foi marcada apenas por sucessos. Por conta da pandemia, a empresa iniciou um processo de revisão de determinados termos de acordos de master franquia firmados com Pizza Hut International e KFC, para alterar as metas e prazos de abertura de lojas previstos, diante dos efeitos que a crise teve no setor de alimentação.

Enquanto chegou a um acordo com a Pizza Hut, a IMC não acertou a repactuação do contrato com a KFC, por conta de divergências quanto à aplicação de penalidades e à revisão de prazos e metas para abertura de lojas.

A KFC acabou denunciando a IMC na Justiça por quebra de contrato no começo do ano. No final de fevereiro, o Juízo da 2ª Vara Empresarial e Conflitos de Arbitragem da Comarca de São Paulo indeferiu os pedidos da KFC de revogação da exclusividade da KSR Master Franquia, subsidiária da IMC, na administração das operações da KFC no Brasil.

Por outro lado, ele permitiu que a empresa americana negocie um contrato de master franquia com outros interessados, mas a KFC precisará destacar a existência da disputa com a IMC aos eventuais interessados. A autorização vigerá até a constituição de tribunal arbitral, em que o juízo analisará o mérito da disputa entre as partes.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa deixa exterior de lado e cai, PIB vem mais fraco e o grupamento de ações IRB (IRBR3); confira os destaques do dia

1 de dezembro de 2022 - 20:05

Se em algum momento de dezembro os presentes adornarem a árvore de Natal da B3, talvez o mercado caminhe para um fim de ano mais tranquilo. Mas essa não é a realidade no momento.

NATAL ANTECIPADO

Dividendos e JCP: Vale (VALE3) anuncia pagamento bilionário de proventos; confira valores e prazos

1 de dezembro de 2022 - 19:36

A mineradora informou que o montante a ser distribuído poderá sofrer variação em razão de eventual alteração do número de ações em tesouraria

FECHAMENTO DO DIA

Petrobras (PETR4) tomba após plano estratégico e leva junto o Ibovespa; dólar cai abaixo dos R$ 5,20

1 de dezembro de 2022 - 19:31

Estamos oficialmente no último mês do ano. O clima natalino se confunde com a energia caótica da Copa do Mundo, mas o mercado financeiro sabe bem o que quer ver sob a árvore de Natal antes de o Ano Novo chegar — mas boa parte desses presentes depende da disposição do presidente eleito em distribuir.  […]

INVESTINDO MAIS

Suzano (SUZB3) vai investir R$ 18,5 bilhões em 2023

1 de dezembro de 2022 - 19:30

O valor projetado pela Suzano (SUZB3) está acima dos R$ 16,1 bilhões investidos neste ano, especialmente pelos gastos com o Projeto Cerrado

OLHOS NO FUTURO

Sem dar grande atenção ao novo governo e possíveis interferências, Petrobras (PETR4) detalha seu plano estratégico falando em continuidade

1 de dezembro de 2022 - 18:36

Temas que mais preocupam o mercado após a divulgação dos próximos passos da Petrobras (PETR4) são distribuição de dividendos e política de investimentos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies