O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2021-02-17T07:01:12-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
transformacional

Hapvida e Notre Dame Intermédica avançam em processo de fusão

Empresas esperam chegar, “em breve”, a um acordo quanto aos termos e condições para criar a maior operadora de saúde do país

17 de fevereiro de 2021
7:01
hapvida e intermedica dividendos

A perspectiva de que as operadoras de saúde verticalizadas Hapvida (HAPV3) e NotreDame Intermédica (GNDI3) se unirão são cada vez maiores, um negócio que pode resultar na criação de um conglomerado com quase 13 milhões de usuários e receita líquida combinada de cerca de R$ 5 bilhões.

Em comunicado divulgado na segunda-feira (15) à noite, as companhias informaram que as negociações para fusão das operações avançam, mas que nenhum documento de caráter vinculante foi firmado até o momento.

A Notre Dame Intermédica divulgou que ela e a Hapvida “continuam suas discussões sobre os pontos comerciais e de governança relativos à potencial combinação de seus negócios” e que a nova empresa, se formada, terá os atuais CEOs dividindo a presidência – Irlau Machado Filho, da GNDI, e Jorge Pinheiro, da Hapvida.

A nota da Hapvida acrescenta que “as negociações têm avançado adequadamente e que espera, em breve, chegar a um acordo vinculante quanto aos termos e condições finais da operação”.

Uma nova gigante da saúde

A Hapvida apresentou, no começo de janeiro, uma proposta de fusão com a rival com a combinação das bases acionárias das duas companhias.

Caso o negócio seja aprovado, os acionistas da Hapvida vão deter 53,1% da empresa que será fruto da união, e os da Intermédica, 46,9%. A relação de troca das ações considera um preço médio ponderado por volume das ações da GNDI e da Hapvida no período de 20 dias de negociação imediatamente anteriores a 21 de dezembro, mais um prêmio de 10%

A proposta feita pela Hapvida contempla também a expansão do conselho de administração da empresa resultante da fusão para nove membros, dos quais cinco serão indicados pela Hapvida, dois pela Intermédica e dois independentes.

Se concretizada, a união resultará na criação da maior operadora de saúde em número de beneficiários, com um portfólio complementar em termos geográficos, e ocorre em meio a um processo de consolidação no mercado de saúde, com grandes nomes como Rede D’Or São Luiz (RDOR3) e Dasa (DASA3), além das duas operadoras, comprando clínicas e hospitais pelo país.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

CVM recua e libera distribuição de dividendos do fundo imobiliário Maxi Renda FII (MXRF11) com base no ‘lucro caixa’ — relembre o caso

A xerife do mercado de capitais reconheceu “a existência de obscuridade e contradição” na decisão original

Superou o trauma? Bitcoin (BTC) segue no patamar de US$ 30 mil; saiba se a maior criptomoeda do mundo sustentará esse nível

BTC terá também que superar os críticos às moedas digitais, que não pouparam esforços para injetar ainda mais medo nesse mercado já extremamente desorientado

CEO do JP Morgan leva cartão vermelho de acionistas e pode ficar sem bônus milionário, entenda a decisão rara

A desaprovação foi a primeira desde que o conselho do banco norte-americano enfrentou um voto negativo sobre compensações desde que as regras foram introduzidas, há mais de uma década

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Hapvida, Magazine Luiza e Nubank tombam, mas Ibovespa fecha o dia no azul; confira os destaques desta terça-feira

O maior apetite ao risco e a expectativa de manutenção no ritmo de alta no juro nos Estados Unidos ajudou o Ibovespa, que teve um dia de ganho

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sustenta alta após susto inicial com Powell; dólar cai abaixo dos R$ 5

O Ibovespa fechou o dia longe das mínimas, mas o dólar caiu 2% com o apetite por risco no exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies