Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-12T19:39:31-03:00
Estadão Conteúdo
reflexo do mercado acionário

Bilionários brasileiros perdem US$ 7 bilhões em patrimônio em julho

Somente os três fundadores da Ambev (Jorge Paulo Lemann, Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira) são os responsáveis pela perda de US$ 1 bilhão

12 de julho de 2021
19:39
VALÉRIA GONÇALVEZ/ESTADÃO CONTEÚDO/AE/
O bilionário brasileiro Jorge Paulo Lemann - Imagem: Estadão Conteúdo

A revista Forbes Brasil estima que os 67 bilionários brasileiros tenham perdido US$ 7 bilhões entre os dias 1º e 9 de julho.

Somente os três fundadores da Ambev (Jorge Paulo Lemann, Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira) são os responsáveis pela perda de US$ 1 bilhão.

A soma total das fortunas caiu de US$ 251,8 bilhões para US$ 244,8 bilhões. A revista leva em consideração o patrimônio dos bilionários brasileiros e a participação deles em empresas listadas em bolsa de valores.

O valor total das fortunas reflete a variação do preço das ações no mês de julho. Lemann viu sua fortuna diminuir de US$ 19,5 bilhões para US$ 18,9 bilhões durante o período analisado.

O patrimônio de Telles caiu de US$ 13 bilhões para US$ 12,6 bilhões; e a de Sicupira foi de US$ 10 para US$ 9,7 bilhões. Os herdeiros do banqueiro Joseph Safra perderam US$ 600 milhões.

Com isso, o patrimônio de Vicky Safra e seus quatro filhos é de US$ 15,5 bilhões, segundo a Forbes. Também de acordo com a revista, o fundador da Rede D'Or, o cardiologista Jorge Moll Filho perdeu US$ 400 milhões. Rearranjo.

Na semana passada, Lemann perdeu o posto de brasileiro mais rico para Eduardo Saverin, cofundador do Facebook. Saverin tem uma fortuna estimada em US$ 19,4 bilhões e está listado na 95ª posição no ranking global.

A mudança vem depois de o Facebook ter atingido US$ 1 trilhão em valor de mercado, na semana retrasada.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

em busca de oportunidades

Viver (VIVR3) deixa recuperação judicial e ações disparam; veja como identificar empresas que também podem se recuperar

Pontos são de especialista em gestão estratégica e processos de reestruturação corporativa; Viver (VIVR3) subiu mais de 150% no último ano e ganha impulso com saída da RJ

Nova bolada

Corretora que quer levar brasileiros a investir nas bolsas dos EUA recebe aporte de R$ 150 milhões; saiba mais

Com US$ 1 bilhão em ativos sob gestão e 300 mil clientes, a Avenue Securities recebeu aporte do fundo japonês Softbank

O gigante quer mais

Buscando margem: Itaú Unibanco (ITUB4) aposta em retomada de crédito pessoal para lucro continuar em alta

Carteira de crédito tem sido impulsionada por linhas com juros mais baixos para os clientes, como financiamento de imóveis e de veículos

Na mira da lei

O que bitcoin e carro tem em comum? Para o novo diretor da CVM americana, ambos precisam de limites

O novo chefe da SEC, a CVM americana, é um entusiasta de criptomoedas e deve trazer um time de peso para sua equipe

Na agenda

Reforma administrativa deve ser votada na Câmara no fim de agosto, diz Lira

O parlamentar avaliou que ficará mais difícil avançar com reformas no ano que vem, quando os interesses políticos vão se sobrepor à agenda econômica

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies