Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-28T17:39:10-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
negócios

Desconforto gera oportunidade para quem quer empreender no Brasil, diz Lemann

Em evento, bilionário comentou que as adversidades nos negócios exigem busca por soluções; ele relembrou trajetória no mercado e disse que perfil profissional mudou

28 de janeiro de 2021
17:35 - atualizado às 17:39
Jorge Paulo Lemann, do fundo 3G, dono da Ambev
Jorge Paulo Lemann, do fundo 3G, dono da Ambev - Imagem: Felipe Rau / Estadão Conteúdo

O bilionário Jorge Paulo Lemann, um dos sócios do fundo 3G - controlador de gigantes como AB InBev, Kraft Heinz e Burger King - disse achar que o ambiente de negócios no Brasil tem oportunidades.

"Tem muito desconforto por aqui, e com isso muita oportunidade. Acho que o desconforto gera muita oportunidade", disse nesta quinta-feira (28) em evento online promovido pelo Credit Suisse.

Lemann fez grande parte da carreira no mercado financeiro: o empresário foi um dos sócios do banco Garantia, onde colocou em prática uma cultura baseada em meritocracia, com objetivo de formar líderes e transformá-los em sócios.

"Quando eu comecei no Garantia tinha muito jovem ansioso por ganhar dinheiro", lembrou o bilionário. "Hoje eu diria que o jovem está menos interessado em ganhar dinheiro".

Para Lemann, quem começa atualmente no mercado de trabalho busca também um ambiente "bom" e uma empresa que está "contribuindo para o país".

"Mas nós gostávamos de pessoas que corriam atrás das coisas como um fanático", disse o bilionário. "Hoje, os fanáticos precisam estar muito mais bem preparados, em termos de entender o que os clientes querem".

Lemann também comentou que tem sido um aprendizado tentar acompanhar as empresas e ver quais serão um sucesso - porque, diz o empresário, "o método antigo, em termos de conferir a rentabilidade hoje, já era". "Estou aprendendo todo dia como é que se avalia isso", disse.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Clube do livro

Das tulipas ao bitcoin: conheça a história das crises financeiras de uma forma irreverente

O maior trunfo de “Crash”, de Alexandre Versignassi, é nos guiar pela história da economia mundial e brasileira traçando paralelos entre o passado e o presente

Ele está de volta?

Setores fazem pressão por volta do horário de verão

Criado com a finalidade de aproveitar o maior período de luz solar durante a época mais quente do ano, o horário de verão foi instituído no Brasil em 1931 pelo então presidente Getúlio Vargas e adotado em caráter permanente a partir de 2008.

MANOBRAS

Juiz põe no banco dos réus ex-gestores do banco Máxima por gestão fraudulenta

O Banco Máxima S.A. informa que seus atuais acionistas assumiram a administração do banco em 2018, após aprovação pelo Banco Central, e que os integrantes da antiga gestão não têm mais qualquer relação com a instituição financeira

Foguete? Tô fora!

Warren Buffet: o bilionário que não quer conhecer as estrelas

Enquanto Bezos, Musk e Branson protagonizam a nova corrida especial, o Oráculo de Omaha prefere apenas observar

O melhor do Seu Dinheiro

O seu momento Sherlock Holmes

Na adolescência, ouvia que quem buscasse por romance policial brasileiro deveria ler algo do Rubem Fonseca. Era uma vontade minha achar uma história desse gênero que fosse mais próxima da minha realidade — e o filtro nacionalidade me pareceu o mais adequado.  A ideia surgiu depois de ter conhecido parte das histórias criadas por Agatha […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies