Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-26T17:48:17-03:00
Rafaella Bertolini
Disputa acirrada

Na batalha dos ETFs, XP zera taxa de administração do fundo de Ibovespa

A taxa zero valerá até o ETF atingir R$ 1 bilhão em patrimônio. Após essa marca, o custo voltará a ser de 0,15% ao ano

26 de julho de 2021
10:18 - atualizado às 17:48
Batalha
Imagem: Shutterstock

Na última sexta-feira, o BTG Pactual anunciou a entrada na disputa dos ETFs (fundo de índice) do Ibovespa com o lançamento do IBOB11, fundo com a menor taxa de administração do mercado. Só que esse posto não durou muito tempo. Nesta manhã, a XP informou  que irá zerar a cobrança do seu ETF de Ibovespa, o BOVX11.

A taxa zero valerá até o ETF atingir R$ 1 bilhão em patrimônio. Após essa marca, o custo voltará a ser de 0,15% ao ano, maior que o 0,03% cobrado atualmente pelo fundo do BTG.

Os ETFs são fundos negociados em bolsa que acompanham índices, mas apesar de proporcionarem a diversificação do portfólio de maneira acessível, os produtos representam apenas 0,6% das carteiras dos investidores no Brasil, contra 18% em mercados desenvolvidos. Segundo Fabiano Cintra, sócio e especialista em fundos da XP, a concentração em grandes bancos limitou a distribuição desses produtos no país.

Existem hoje nada menos que oito ETFs que seguem o Ibovespa negociados na B3. Confira as taxas cobradas por cada um deles, de acordo com dados da Quantum:

  • BOVA11 - Black Rock, taxa de 0,30%;
  • XBOV11 - Caixa Econômica Federal, taxa de 0,50%;
  • BOVV11 - Itaú, taxa de 0,10%;
  • BOVB11 - Bradesco, taxa de 0,20%;
  • BBOV11 - BB, taxa de 0,18%;
  • SAET11 - Safra, taxa de 0,25%;
  • BOVX11 - XP, taxa de 0%;
  • IBOB11 - BTG, taxa de 0,03%.
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

fala, vale

Vale (VALE3): a receita para a queda das ações, segundo a própria empresa

Empresa teve de emitir um comunicado em resposta a um ofício da B3 que solicitava justificativas para a oscilação das ações da mineradora entre os dias 6 e 20 de setembro

MERCADOS HOJE

Ibovespa recupera os 114 mil pontos após nova Selic; dólar sobe a R$ 5,30

Na ressaca da Super quarta, os investidores seguiram atentos aos desdobramentos dos problemas financeiros da Evergrande; Ibovespa acompanhou NY

Sob nova direção

Mudanças no alto escalão da Ultrapar agradam e ações disparam 9%. Hora de comprar UGPA3?

Analistas enxergam movimentação da Ultrapar como ‘ponto de virada’ e uma surpresa positiva, mas ainda é cedo para um diagnóstico mais preciso do futuro.

OCCUPY B3

B3 (B3SA3) recua quase 3% com ocupação do MTST; movimentos sociais protestam contra o governo e a desigualdade social na sede da Bolsa

Militantes do movimento por moradia entraram no saguão da bolsa de valores em ato contra as altas no desemprego e na inflação

Balança, mas (ainda) não cai

Qual o destino da Evergrande? Veja quatro possíveis cenários para a crise da gigante chinesa

As ações da Evergrande subiram mais de 17% na bolsa de valores de Hong Kong após um acordo com credores. A situação, porém, está longe de ser resolvida. Saiba o que esperar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies