Menu
2021-06-10T17:03:07-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Mais problemas na justiça

Ministério Público denuncia Vale e três de seus dirigentes por crime ambiental em MG

O órgão afirma que a mineradora infringiu a lei ambiental ao emitir poluentes no ar e no solo de uma usina em Nova Lima

10 de junho de 2021
15:15 - atualizado às 17:03
Vale
Imagem: Shutterstock

O Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG) ofereceu uma denúncia contra a Vale e três dirigentes da mineradora por supostos crimes ambientais.

De acordo com o órgão, a empresa infringiu a lei ambiental ao emitir poluentes no ar e no solo na Usina de Pelotização da Fazenda Rio de Peixe, no Complexo Vargem Grande, em Nova Lima (MG).

Detalhes da acusação

Segundo a denúncia, a usina emitiu de forma irregular partículas e óxidos de nitrogênio entre os anos de 2011 e 2015. Essas partículas teriam atingido a região do condomínio Solar da Lagoa, em frente à usina, e prejudicado a saúde dos moradores do local.

Além disso, a usina da Vale também teria lançado de forma irregular efluentes líquidos no solo da região, entre 2011 e 2014.

O MP-MG alega ainda que a unidade produziu poluição sonora acima do aceitável em períodos noturnos, considerando que a região em que está localizada tem caráter rural.

A denúncia afirma que por omissão de administradores e diretores responsáveis, a Vale deixou de tomar as medidas de precaução exigidas pela autoridade competente, "expondo o meio ambiente a risco grave e irreversível".

O MP-MG alega que os supostos danos ambientais causaram prejuízos à saúde humana dos moradores da região e também destruição à fauna e à flora locais.

O que diz a empresa

Em nota enviada ao Broadcast, a Vale afirmou que ainda não foi formalmente citada sobre o eventual recebimento da denúncia oferecida pelo MP-MG contra a companhia.

"A empresa reforça o seu compromisso com a sociedade e com o meio ambiente", ressalta a mineradora.

Esse é o segundo revés da Vale no Judiciário mineiro nesta semana. Na quarta-feira, a Justiça do Trabalho mineira condenou a mineradora a pagar indenização de R$ 1 milhão por danos morais para cada trabalhador morto no rompimento da barragem de Brumadinho, em 2019.

A companhia informou nesta quinta-feira estar sensível à situação dos atingidos, e que vem realizando acordos com os familiares dos trabalhadores vítimas da tragédia.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

seu dinheiro na sua noite

IPO da Smart Fit: vai sair da jaula o monstro!

Eu nunca fui muito de academia, confesso. Já tive meus tempos de malhar regularmente, mas nunca consegui tomar gosto pela coisa. Exercícios repetitivos não me cativam, meu negócio sempre foi dançar, de preferência em turma, com professor e horário, se não eu falto. Como você deve imaginar, entre meus colegas jornalistas não é muito diferente. […]

atenção, acionista

Vale eleva valor de dividendo a ser em pago em 30 de junho para R$ 2,189 por ação

No dia 17 de junho, a empresa tinha informado o pagamento de R$ 2,177 de dividendo por ação; demais condições da distribuição não serão alteradas

de olho na inovação

Moeda digital é nova forma de representação da moeda já emitida, diz Campos Neto

Segundo ele, ela não se confunde com os criptoativos, como o bitcoin, que não têm característica de moeda, mas sim de ativos

em audiência

Yellen diz esperar apoio do G-20 para proposta de imposto corporativo global

Grupo das 20 maiores economias do mundo se reúne em julho e deve debater o assunto

retomada

PIB da Argentina sobe 2,6% no 1º trimestre

Na comparação com igual período do ano passado, o avanço foi de 2,5%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies