Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-05-19T17:09:50-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Sem surpresas

Fed reforça visão de alta temporária na inflação e política acomodatícia em nova ata

As autoridades monetárias destacaram que concordam em buscar inflação “moderadamente acima de 2% por algum tempo”

19 de maio de 2021
17:09
Ata Fed
Imagem: Shutterstock

A ata da mais recente reunião dos dirigentes do Federal Reserve (Fed), divulgada hoje (19), indicou que a compra de ativos por parte do banco central será mantida até que "progressos substanciais" sejam feitos em inflação e emprego. 

No entanto, os dirigentes da instituição voltaram a afirmar que o impacto nos preços é oriundo de pressões temporárias e que o cenário segue demandando uma política monetária acomodatícia, ainda que os estímulos monetários e fiscais venham fazendo a economia crescer.

As autoridades monetárias frisaram que concordam em buscar inflação "moderadamente acima de 2% por algum tempo".

A ata trouxe ainda o alerta sobre os riscos de se manter a posição altamente acomodatícia por um longo período. Os dirigentes disseram que a política monetária será ajustada caso surjam riscos que ameacem a meta do Fed. 

Melhora no cenário

Um dos pontos positivos foi a retirada da palavra "considerável", ao se referir aos riscos à economia dos Estados Unidos, do comunicado. De acordo com o documento, a omissão do termo reflete a melhora no cenário econômico, fruto do acelerado avanço da vacinação contra o coronavírus e de medidas de apoio fiscal.

"Os membros concordaram que a declaração pós-reunião deveria reconhecer que os indicadores de atividade econômica e emprego haviam se fortalecido, mas que, apesar de apresentarem melhorias, os setores da economia mais afetados pela pandemia permaneceram fracos", destaca o texto.

Ainda assim, os dirigentes destacaram que as incertezas seguem elevadas e que o quadro é "altamente dependente" da evolução do coronavírus, embora os riscos não estejam mais "tão elevados" quanto em meses anteriores. Alguns deles também disseram que programas de medidas de apoio fiscal podem estar "mascarando vulnerabilidades entre famílias e empresas".

* Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

PEC DOS COMBUSTÍVEIS

Tesouro pode perder até R$ 240 bilhões com PEC dos Combustíveis e inflação pode ir para 1% — mas gasolina ficará só R$ 0,20 mais barata; confira análise

Se todos os estados aderirem à desoneração, a perda seria de cifras bilionárias aos cofres públicos, de acordo com a XP Investimentos

Seu Dinheiro no Sábado

E a bolsa ainda pulsa: os grandões do Ibovespa brilham e puxam o índice — mas e as demais empresas?

Além do ciclo aquecido das commodities e da entrada de recursos estrangeiros, também vale lembrar o desconto nos ativos domésticos

BITCOIN (BTC) HOJE

Bitcoin (BTC) aprofunda queda da semana e é negociado aos US$ 35 mil hoje pela primeira vez em seis meses; criptomoeda já caiu 17% em sete dias

Especialista dá dicas de como sobreviver ao momento de “sangria” do mercado de criptomoedas — e o que não fazer no desespero

Dê o play!

A bolsa ainda pulsa, mas será um último suspiro? O podcast Touros e Ursos discute o cenário para o Ibovespa

No programa desta semana, a equipe do Seu Dinheiro discute o cenário para o Ibovespa e os motivos que fazem a bolsa brasileira subir

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O respiro da bolsa brasileira, o tropeço do bitcoin e o vazamento de dados do PIX: confira as principais notícias do dia

Para quem não aguentava mais ver a bolsa brasileira apanhando enquanto Wall Street renovava recordes, este início de ano está sendo o momento da revanche. Ou melhor, de o Ibovespa “correr atrás do prejuízo”. Nesta terceira semana de janeiro, o principal índice da B3 mais uma vez contrariou o exterior e enfileirou altas, enquanto as […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies