Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-18T20:10:28-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa emplaca mais um dia no vermelho, Méliuz sobe mais de 10% e Elon Musk segue vendendo ações da Tesla; confira os destaques do dia

18 de novembro de 2021
20:10
Ibovespa, dólar, montanha russa, mercados
Imagem: Montagem Andrei Morais/Shutterstock

A sessão desta quarta-feira (18) marcou o quarto pregão consecutivo de queda para o Ibovespa, mas essa não é a única estatística negativa da bolsa brasileira nos tempos recentes.

A gente nem precisa ir muito longe. É só olhar para os últimos 30 dias. O principal índice da B3 acumula uma queda de quase 14% no ano e, só no último mês, o recuo foi de 10% — dos 22 pregões que tivemos no período, apenas oito tiveram desempenho positivo.

Não tem como deixar de notar que o cataclisma foi a deterioração da saúde fiscal do país, marcada pelo andamento da PEC dos precatórios no Congresso.

Do dia 18 de outubro até agora, o texto que eleva o teto fiscal foi aprovado na Câmara, as conversas para uma possível extensão do auxílio emergencial se intensificaram, e o Senado mostrou que está longe de aprovar o texto da PEC sem alterações.

Na visão de Camila Abdelmalack, economista-chefe da Veedha Investimentos, os aspectos discutidos pelos senadores são válidos — principalmente no que diz respeito à não revisão do valor do teto e à retirada dos precatórios da conta para não configurar uma “pedalada” no pagamento.

Mas caso o texto seja alterado, a tramitação da PEC será prolongada, pois ela deverá retornar à Câmara, aumentando o período de incertezas. E você já deve estar cansado de saber que o mercado odeia incertezas.

A temporada de balanços chegou ao fim, com bons resultados para as empresas, mas o patamar atual da bolsa brasileira não reflete isso. Com as bolsas americanas próximas das máximas, às vezes o bom humor contagia os negócios na B3, mas esse não foi o caso hoje.

Em Wall Street, os principais índices fecharam mistos nesta quinta-feira; e, na China, o minério de ferro voltou a cair bruscamente, afetando o desempenho da Vale e das siderúrgicas.

O resultado foi um pregão volátil e de muitos altos e baixos. No fim, a pressão das incertezas venceu. O Ibovespa fechou em 102.426 pontos, um recuo de 0,51%.

Nesses 30 dias áridos para a bolsa brasileira, o dólar também incorporou o estresse do mercado e passou por grande volatilidade. No pior dos dias chegou a encostar nos R$ 5,70 e, agora, é cotado a R$ 5,5699, após alta de 0,83% nesta quinta.

O mercado de juros também segue precificando uma atuação mais dura do Banco Central para ancorar as expectativas de inflação dos próximos anos e também uma possível elevação antecipada das taxas nos Estados Unidos.

Para Bruno Madruga, head de renda variável da Monte Bravo Investimentos, o aumento da Selic pressiona o investidor a diminuir sua exposição em bolsa, após fortes trimestres de migração para a renda variável.

Com isso, as solicitações de resgate aumentaram, obrigando fundos e gestoras, principalmente de multimercados, a venderem suas posições, contribuindo para o resultado negativo visto no momento.

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta quinta-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo e as ações com o melhor e o pior desempenho do Ibovespa.

BTC HOJE
Bitcoin perde os US$ 60 mil, e analista prevê queda ainda maior até o fim do ano — mas existe luz no fim do túnel para as criptomoedas. Duas notícias vindas dos Estados Unidos pressionaram o preço da maior criptomoeda do mundo hoje; entenda.

RECOMENDOU COMPRA
Méliuz (CASH3) avança mais de 10% e lidera altas do Ibovespa hoje; BofA estima que os papéis ainda podem subir mais 79%. Considerando o cenário macroeconômico mais desafiador, o banco de investimentos cortou o preço-alvo das ações, mas o potencial de alta continua elevado.

DESFECHO DA HISTÓRIA
Ações da Alliar (AALR3) disparam mais de 20% após Nelson Tanure assumir controle da empresa; conheça detalhes do acordo. A empresa tem 118,29 milhões de papéis em circulação, o que indica que, na transação, foi avaliada na casa dos R$ 2,42 bilhões.

AGENDA ESG
O aplicativo de um banco agora permite que você descubra o quanto polui – e como pode zerar suas próprias emissões. Parceria entre o Bradesco e a Ambipar ajuda os clientes do banco a calcularem quanta poluição causam seus hábitos pessoais.

EMBOLSANDO OU ECONOMIZANDO?
Por que Elon Musk já vendeu mais ações da Tesla do que o necessário para pagar os impostos devidos este ano. Analistas especulam se o CEO da fabricante de carros elétricos estaria embolsando o dinheiro ou apenas economizando para pagar mais alguns bilhões em impostos em 2022.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

FECHAMENTO DO DIA

Investidores tentam equilibrar noticiário e Ibovespa emplaca mais um dia de alta; dólar tem queda firme com ômicron no radar

Com o avanço da PEC dos precatórios, a pandemia se torna um dos únicos gatilhos negativos a rondar o Ibovespa

DOBRANDO A ESQUINA

Lucro das empresas com ações na bolsa deve cair 6,3% em 2022, diz BTG Pactual

Mesmo assim ainda é possível encontrar setores em que o cenário é positivo; saiba quem é quem

Bateu o martelo

IPO do Nubank sai no topo da faixa indicativa, a US$ 9 por ação; banco ultrapassa Itaú (ITUB4) e é a instituição financeira mais valiosa da América Latina

Com isso, os BDRs, que serão negociados por aqui a partir da próxima quinta-feira (09), saem valendo R$ 8,38

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies