Menu
O melhor do Seu Dinheiro
Victor Aguiar
2021-05-19T19:22:54-03:00
O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O voo instável do Bitcoin e outros destaques

19 de maio de 2021
19:22
Bitcoin
Imagem: Shutterstock

Lá pelo meio dia, um dado me chamou a atenção: um tema de economia estava entre os mais discutidos do Twitter no Brasil. Até aquele momento, eram mais de 500 mil mensagens com a palavra Bitcoin.

A criptomoeda voava alto no Twitter, mas mergulhava como uma daquelas aves pescadoras na vida real. Desde a semana passada, o Bitcoin vinha passando por correções cada vez mais intensas — e que, hoje, se acentuaram ainda mais.

Nos momentos de maior instabilidade, a moeda digital afundou mais de 20%, voltando aos níveis de preço de janeiro. E agora, o que fazer? É hora de pânico e de venda dos ativos? Será o fim do mercado de criptomoedas?

Calma, não precisa de tanto. Vendo que os nervos estavam à flor da pele, o Seu Dinheiro organizou uma live para debater as perspectivas para o Bitcoin e outras moedas digitais. Eu e o Renan Sousa conversamos com o André Franco, analista de criptomoedas da Empiricus.

Em uma hora de bate-papo, nós falamos um pouco de tudo: Elon Musk, China, Ethereum, estabilização de preços, dogecoin… E, claro: o André falou sobre seus ativos preferidos — e sobre quando o Bitcoin vai voltar do mergulho e renascer como fênix.

Se você não conseguiu acompanhar o evento ao vivo, não se preocupe: esta matéria traz o resumo da discussão — se você preferir, pode acessar a íntegra no nosso canal do YouTube. E eu já dou uma dica: ao fim do vídeo, há uma surpresa para vocês.

MERCADOS

 Desde o começo do dia, o mercado tinha um evento em mente: a ata da última reunião do Fed, que acabou desagradando os investidores e fez o dólar saltar mais de 1% — a bolsa teve leve baixa. A Jasmine Olga te conta mais detalhes da reação do mercado ao documento nesta matéria.

 Mesmo inserida num dos setores mais afetados pela pandemia, a Smart Fit não perdeu tempo e protocolou um pedido de IPO. O Renato Carvalho analisou os últimos balanços da maior rede de academias do Brasil e te ajuda a ter uma noção do que está por vir.

 Outra companhia que promete movimentar o mercado é a Rede D’Or. O grupo hospitalar, que estreou na bolsa em dezembro do ano passado, tem chances de levantar até R$ 4,5 bilhões por meio de uma oferta restrita.

EMPRESAS

 Com o fim da temporada de resultados das empresas no primeiro trimestre, chegou a hora de ficar atento aos “balanços dos balanços". O Kaype Abreu conferiu a análise da XP e traz os destaques da temporada nesta matéria.

ECONOMIA

 Depois da Reuters divulgar que a China proibiu instituições financeiras e empresas de pagamentos de oferecerem serviços que envolvam transações com criptomoedas, o país usou o aplicativo WeChat para emitir um alerta sobre os ativos. Confira.

POLÍTICA

 A MP da privatização da Eletrobras quer mostrar que também tem potencial para virar novela no Congresso e ganhou mais um capítulo. Os partidos de oposição anunciaram três ações diferentes no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar barrar o avanço da votação na Câmara.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

atenção, acionista

Carrefour paga R$ 175 milhões em juros sobre capital próprio e altera valor de dividendos

Cifra equivale a R$ 0,088148225 por ação em circulação; também anunciou uma modificação do valor por ação dos dividendos aprovados em abril, de R$ 0,382372952 para R$ 0,382361396

maior apetite por risco

Empresas do Brasil captam US$ 4,6 bilhões; montante deve aumentar com ofertas de Stone e Light

Emissores brasileiros haviam paralisado planos de captar no exterior nos últimos meses, em meio à turbulência interna com a pandemia e o aumento do juro norte-americano

em meio ao aumento de consumo de frango

SuperFrango, de Goiás, retomará IPO de R$ 1 bilhão

Após resolver adiar a operação, a empresa fará uma apresentação mais cuidadosa de seu negócio aos analistas; oferta é estimada entre R$ 1 bilhão e R$ 1,5 bilhão

levantamento

Estatais descumprem critérios do marco do saneamento

GO Associados calculou que as companhias públicas do Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Alagoas, Maranhão, Amazonas, Pará, Piauí, Roraima, Rondônia e Amapá não atendem a todos os critérios da “etapa 1” do decreto – que prevê o cumprimento de índices mínimos dos indicadores econômicos-financeiros

questionamentos em brasília

Novo marco de saneamento é alvo de ofensiva no Supremo e no Congresso

No Supremo, mais de 20 empresas estatais que prestam hoje serviços no setor querem a volta da possibilidade de fechar os chamados “contratos de programa”, diretamente com as Prefeituras e sem licitação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies