Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
Dados da Bolsa por TradingView
2021-03-31T09:18:58-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

O som, a fúria e o seu dinheiro

31 de março de 2021
9:18
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Quando eu escrevo sobre temas que se relacionam com política aqui na newsletter, costumo receber dois tipos de resposta.

Nos textos críticos a alguma medida tomada pelo presidente Jair Bolsonaro, a contestação vem na forma de adjetivos (alguns impublicáveis). Como se atacar o mensageiro pudesse mudar os fatos.

Nas ocasiões em que as menções são favoráveis a ações do governo, o comentário que costuma aparecer na minha caixa de emails é que nós atuamos em prol do interesse do “deus” mercado.

A grande maioria dos leitores do Seu Dinheiro entende, porém, que nós estamos do mesmo lado que o seu, investidor.

E, quando falo investidor, me refiro a qualquer pessoa que tenha pelo menos 1 real guardado, seja no banco, na forma de um imóvel próprio ou até debaixo do colchão (essa também é uma decisão de investimento).

Críticas são sempre bem vindas (o canal comigo está aberto no [email protected]). A única da qual discordo frontalmente é quando dizem que “vocês não deviam falar de política”.

Faz parte da nossa missão tratar de assuntos que têm impactos diretos na sua vida financeira. E esse certamente é o caso do aumento recente da temperatura política em Brasília com a reforma ministerial e a troca de todo o comando das Forças Armadas.

Como costuma ocorrer nesse tipo de situação, houve reações em todas as direções. Dependendo do lado que você olhar, pode tanto entender que estamos diante de uma tentativa de autogolpe do presidente como de um aceno à governabilidade com o Centrão.

Como ambos os cenários podem ter implicações enormes para o seu bolso, a Julia Wiltgen foi a fundo para dissecar os acontecimentos recentes, nesta matéria que você precisa ler.

O que você precisa saber hoje

LIVE AMANHÃ

A Julia Wiltgen e eu estaremos ao vivo nesta quinta-feira, ao meio dia, para falar dos melhores e piores investimentos deste tumultuado mês de março. Será uma boa ocasião para trocarmos uma ideia sobre tudo o que mexeu e pode mexer com o seu bolso. Reserve seu lugar nessa conversa!

MERCADOS

O Ibovespa foi na contramão dos mercados americanos e fechou ontem em alta de 1,24%, aos 116.849 pontos, maior patamar desde o dia 15 de março, com o mercado avaliando que a repentina reforma ministerial pode ajudar a apaziguar os ânimos em Brasília. O dólar encerrou o dia em queda de 0,08%, a R$ 5,76.

O que mexe com os mercados hoje? Os investidores operam com cautela à espera de novas informações sobre o pacote de estímulos de Joe Biden nos EUA, enquanto a bolsa brasileira deve seguir de olho nos desdobramentos da reforma ministerial.

EMPRESAS

O Magazine Luiza continua atuando para se consolidar como maior player do e-commerce do país. Desta vez, a empresa reforçou a operação de entrega de alimentos com a aquisição do aplicativo ToNoLucro e da plataforma GrandChef.

A Oi concluiu a transferência de sua unidade de torres móveis para a Highline do Brasil. A operação faz parte do plano de recuperação judicial da operadora, que vai receber R$ 1,07 bilhão pelos ativos.

A Raia Drogasil fechou um novo acordo de acionistas que resultará na saída dos fundadores da Natura do bloco de controle. A empresa informou ainda que vai propor a ampliação do número de membros independentes no conselho de administração.

ECONOMIA

O WhatsApp vai ganhar uma nova função para além da troca de mensagens. O BC enfim autorizou ontem que usuários possam fazer transferências bancárias pelo aplicativo, mas não atendeu a alguns pedidos feitos pela Visa e Mastercard. Confira os detalhes.

Apesar do otimismo do mercado em relação ao andamento da vacinação contra covid-19, a pandemia continua desenfreada no país. Ontem, o Brasil bateu novo recorde de mortes diárias pelo coronavírus.

Declarar ações no imposto de renda não é trivial, a começar pelo fato de que não é na hora da declaração que você deve recolher o imposto sobre o investimento. Veja todos os detalhes sobre como informar a posse, compra, venda, lucros e prejuízos com ações no IR 2021.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas operam sem direção, bitcoin (BTC) cai abaixo dos US$ 40 mil e PEC dos combustíveis liga alerta dos investidores antes da abertura da B3

As atenções se voltam para a próxima quarta-feira (26), quando ocorrerá a próxima reunião do Federal Reserve sobre a alta nos juros este ano

SEXTOU COM O RUY

O novo nem sempre é melhor: como ganhar dinheiro com os ensinamentos clássicos na bolsa

Se você aproveitou a queda das ações nos últimos meses para comprar um pouco mais delas, deve estar colhendo frutos interessantes com a alta dos últimos dias

DILEMA NOS FIIS

Investidores decidem nesta sexta se vendem suas cotas no fundo imobiliário PATC11 em leilão; veja o que está em jogo e o que recomendam os especialistas

Afinal, é hora de aproveitar a oferta da Capitânia e colocar o dinheiro no bolso ou apostar na recuperação do FII do Pátria Investimentos?

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa rumo aos 110 mil pontos e a ressurreição da bolsa brasileira: veja tudo que mexeu com o mercado hoje

Poderia ter sido melhor, mas não dá para dizer que foi ruim. A bolsa brasileira teve hoje mais um dia estelar, permanecendo em alta de mais de 1% durante todo o pregão e chegando a testar os 110 mil pontos. Mas, no fim do dia, as bolsas americanas, que passaram quase toda sessão em alta, […]

Fechamento Hoje

Em mais um dia na contramão do mundo, Ibovespa sobe mais de 1% e dólar cai a R$ 5,41, com ajuda da China e do fluxo gringo

Corte de juros no gigante asiático beneficia países exportadores de commodities; queda nos juros futuros e entrada de recursos estrangeiros impulsionam bolsa para cima e dólar para baixo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies