Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-26T08:48:25-03:00
O melhor do seu dinheiro

O trem dos balanços chega à estação. Quem vai chorar e quem vai sorrir?

26 de julho de 2021
8:48
Trem
Imagem: Shutterstock

Bom dia!

O trem dos balanços do segundo trimestre das empresas de capital aberto na bolsa brasileira está chegando na estação. E com promessa de fartura.

Os lucros devem crescer, e muito, em relação ao mesmo período do ano passado. Mas esse fenômeno tem mais relação com a base de comparação fraca do que com o desempenho das empresas em si.

Afinal, o período de abril a junho do ano passado foi marcado pela fase mais severa das restrições à circulação, ainda no começo da pandemia da covid-19.

Portanto, não basta crescer. É preciso crescer além do esperado pelo mercado para o resultado surpreender de fato. Ao mesmo tempo, os investidores também esperam encontrar pistas sobre como a alta da Selic pode afetar os lucros daqui para frente.

Para os analistas, as empresas de varejo, commodities e tecnologia devem ser os destaques da temporada, junto com os grandes bancos.

Entre as companhias que programaram a divulgação de balanços nesta semana estão nomes de peso como Vale, Ambev e Santander, além da queridinha Weg e da empresa aérea Gol, uma das mais afetadas pelo coronavírus.

A maria-fumaça dos resultados costuma sair em dois horários: antes da abertura e depois do fechamento do pregão da B3. Quem vai chorar, quem vai sorrir? Quem vai ficar, quem vai partir? Embarque nessa viagem e confira o que esperar dos balanços na matéria do Kaype Abreu.

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

Uma espécie de Cartola do mercado financeiro. Com uma plataforma que simula o investimento em carteiras semelhante ao que permite a escalação de jogadores no Campeonato Brasileiro, a Trademap pretende tornar o investimento em bolsa ainda mais popular. O Renato Carvalho conversou com o diretor da empresa e traz os detalhes para você.

Além dos balanços no Brasil, a semana vem quente nos mercados internacionais. Os investidores vão acompanhar de perto a decisão do Fed sobre a taxa de juros nos EUA e também o cerco da China contra empresas de educação. Saiba o que mexe com os negócios na bolsa.

Os grandes bancos devem ser um dos destaques da temporada de balanços do segundo trimestre. Mas o cenário para o setor financeiro deve seguir complicado, na visão da XP. Saiba o que os analistas da corretora esperam para as ações do bancões.

EMPRESAS

Brumadinho parece ser um episódio que a Vale ainda vai demorar para superar. O sindicato que representa os trabalhadores da mineradora pede uma indenização de R$ 3 milhões por trabalhador atingido no desastre de janeiro de 2019.

Se a tendência atual para as empresas é diversificar os ramos de atuação, a XP deu um passo nessa direção. O banco fará um investimento para ter participação minoritária na edtech Resilia, empresa de educação voltada para a inserção de jovens no mercado de trabalho.

ECONOMIA

A redução dos impostos para empresas pode aumentar o PIB em 1,6% até final de 2023 e compensar a queda de cerca de R$ 30 bilhões na arrecadação. Essa é a conclusão de um estudo do Centro de Liderança Política (CLP), que leva em consideração o projeto apresentado na Câmara dos Deputados.

O relógio vai ser adiantado novamente? Dois anos após ser extinto pelo presidente Jair Bolsonaro, o horário de verão volta a ser debatido como forma de poupar energia diante da crise hídrica. E agora com o apoio de vários setores da economia.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Sob nova direção

Mudanças no alto escalão da Ultrapar agradam e ações disparam 9%. Hora de comprar UGPA3?

Analistas enxergam movimentação da Ultrapar como ‘ponto de virada’ e uma surpresa positiva, mas ainda é cedo para um diagnóstico mais preciso do futuro.

OCCUPY B3

B3 (B3SA3) recua quase 3% com ocupação do MTST; movimentos sociais protestam contra o governo e a desigualdade social na sede da Bolsa

Militantes do movimento por moradia entraram no saguão da bolsa de valores em ato contra as altas no desemprego e na inflação

Balança, mas (ainda) não cai

Qual o destino da Evergrande? Veja quatro possíveis cenários para a crise da gigante chinesa

As ações da Evergrande subiram mais de 17% na bolsa de valores de Hong Kong após um acordo com credores. A situação, porém, está longe de ser resolvida. Saiba o que esperar

mercado cripto

Bitcoin e criptomoedas: XP e Rico lançam dois fundos, com investimento a partir de R$ 100

Com gestão passiva, produtos são voltados ao público geral, com taxa de administração de 0,5% ao ano, sem proteção cambial ou taxa de performance

Destaques da bolsa

Cyrela (CYRE3): ‘Sem razões para ânimo’ com o setor, Credit Suisse rebaixa recomendação para construtora e ações têm queda firme

Banco suíço, que rebaixou recomendação de “compra” para “neutra”, vê um cenário difícil para as construtoras nos próximos meses por causa da alta da inflação e da taxa básica de juros

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies