O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2021-05-24T09:07:58-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

Lucrando como no tempo em que o São Paulo ganhava, os dados econômicos da semana e outros destaques

24 de maio de 2021
9:07
Design sem nome (1)
Imagem: Érico Leonardo, saopaulofc

Como se comemora um título? O meu WhatsApp começou a apitar com piadas sobre o fim da seca de títulos do São Paulo antes mesmo de o juiz encerrar o jogo que confirmou a conquista do campeonato paulista.

A maioria das pessoas ainda nem tinha smartphone em 2012, quando o meu time levantou uma taça pela última vez. Daí que meus amigos acharam importante ensinar como se tira uma onda nos novos tempos.

Em um mundo conectado, a informação está ao alcance de todos em poucos cliques e viaja a uma velocidade inimaginável, a ponto de as piadas de futebol chegarem antes mesmo dos resultados.

A tecnologia também mudou a forma como os investidores ganham dinheiro. Se Warren Buffett fez seus primeiros bilhões analisando a fundo balanços de empresas que eram difíceis de acessar, hoje todos esses dados estão disponíveis facilmente na internet e são processados por computadores superpoderosos.

Mas ainda é possível obter lucros no mercado com estratégias que remetem aos tempos em que o São Paulo era campeão com mais frequência. É o que defendem os gestores de fundos imobiliários (FII).

Como esse mercado é composto principalmente por pessoas físicas, os investidores mais atentos conseguem obter ganhos extras operando distorções que costumam levar mais tempo para serem corrigidas.

De volta das férias, a Julia Wiltgen conversou com os gestores e preparou uma reportagem que mostra como funcionam os fundos imobiliários com essa estratégia.

O que você precisa saber hoje

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

LIVE DO SEU DINHEIRO

O que mexe com os seus investimentos ao longo desta semana? Logo mais, às 9h30, o Victor Aguiar troca uma ideia com você ao vivo no nosso Instagram sobre os assuntos que estão na pauta do mercado. Participe com suas dúvidas e comentários!

MERCADOS

A semana é marcada por dados do desemprego e IPCA-15, enquanto os investidores ficam de olho na participação de Paulo Guedes e Roberto Campos Neto em evento do BTG. Com bitcoin e criptomoedas em foco, o dirigente do Fed, Lael Brainard, participa de evento da CoinDesk sobre a moeda digital dos EUA. Confira a agenda completa na coluna Segredos da Bolsa.

Se investidores e “mineradores” estão preocupados com a recente trajetória de queda do Bitcoin, os ambientalistas enxergam o movimento com alívio. Entenda essa “briga” envolvendo a criptomoeda.

EMPRESAS

A informação já circulava desde sexta-feira, mas no fim de semana veio a confirmação de que o fundo de pensão Previ vendeu boa parte de sua fatia na BRF para a Marfrig. Veja mais detalhes sobre a transação.

Uma “nova velha” ação será listada na B3 em breve. A empresa de serviços portuários Wilson Sons resolveu se reestruturar para substituir seus BDRs por papéis ON negociados no segmento Novo Mercado. Saiba mais aqui.

Inovação talvez seja uma das palavras-chave do século 21. Grandes empresas e investidores sabem disso, e estão direcionando cada vez mais seus recursos para startups. Confira qual foi o tamanho do investimento feito nessas empresas ano passado.

ECONOMIA

O governo prepara uma emenda constitucional para prorrogar o auxílio emergencial, algo que pode elevar ainda mais as despesas públicas e criar novas dúvidas no mercado sobre o comprometimento fiscal. 

Os altos preços da soja e principalmente do minério de ferro ajudaram as exportações do Brasil para a China dispararem entre janeiro e abril deste ano.

A flexibilização das restrições de circulação já pode ser sentida no comércio, que um ano após o fechamento total no começo da pandemia, percebe o retorno da circulação de pessoas nas lojas físicas.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro abre em alta puxado por Nova York e dólar recua a R$ 5,46; confira

O dia é esvaziado, tanto no cenário doméstico quanto no exterior; investidores aguardam reunião do Fed semana que vem

O melhor do Seu Dinheiro

Oportunidade de investimento com a bola de neve da PEC dos precatórios, recorde da Caixa em 2021, preço dos combustíveis e outros destaques do dia

O furo no teto com a “PEC do Calote” vai afetar diversos setores da economia, mas pode beneficiar os investimentos alternativos; entenda como

Energia

Pátria compra usinas hidrelétricas da britânica ContourGlobal no Brasil em negócio de R$ 1,7 bilhão

Além das hidrelétricas, o Pátria pode adquirir os ativos de energia eólica da ContourGlobal, que é dona do complexo Asa Branca, no Rio Grande do Norte

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas operam mistas pela manhã após inflação recorde da Zona do Euro e Ibovespa olha coletiva do presidente do Banco Central hoje

Sem maiores indicadores para o dia, o foco vai para a corrida eleitoral, com as falas dos presidenciáveis em foco nesta quinta-feira

DE OLHO NAS DÍVIDAS JUDICIAIS

Além do furo no teto: como a PEC dos precatórios afeta os credores, mas abre uma grande oportunidade de investimento

Com a regra fiscal ameaçada, o motivo inicial para a criação da emenda acabou sendo relegado a segundo plano, mas seus desdobramentos podem beneficiar os investimentos alternativos