Menu
Exile on Wall Street
Ana Westphalen
2021-01-29T15:47:09-03:00
ONDE INVESTIR

O Verde vai abrir! Saiba como investir no lendário fundo de Luis Stuhlberger

O Verde rende 18.703% desde sua criação, em janeiro de 1997. Em seus 24 anos de existência, o Verde só fechou no negativo em 2008, auge da crise financeira nos Estados Unidos.

29 de janeiro de 2021
11:37 - atualizado às 15:47
Luis Stuhlberger, sócio e gestor da Verde Asset
Luis Stuhlberger, sócio e gestor da Verde Asset - Imagem: Murillo Constantino/Quatetto

Hoje os investidores acordaram com uma das notícias mais esperadas dos últimos dois anos e meio: o fundo Verde, do gestor Luis Stuhlberger, reabrirá para novas captações em fevereiro. Dada a grande demanda e o capacity limitadíssimo, é provável que as plataformas de investimento comecem já na semana que vem a criar suas listas de reserva para a alocação, que deve ocorrer na terceira semana de fevereiro.

O fundo tem um dos melhores históricos da indústria de multimercados e sua última janela de abertura, em 2018, durou apenas dois dias – e, em alguns lugares, poucas horas. Está dada a largada, e a entrada mínima é alta: costuma ser a partir de R$ 50 mil, a depender da plataforma.

Stuhlberger é um gênio, trabalha com uma equipe altamente qualificada e sabe ganhar dinheiro como ninguém. O Verde rende 18.703% desde sua criação, em janeiro de 1997 – época em que o fundo ainda pertencia à Hedging-Griffo, gestora de recursos posteriormente comprada pelo banco Credit Suisse. Em seus 24 anos de existência, o Verde só fechou no negativo em 2008, auge da crise financeira nos Estados Unidos.

A esta altura você já percebeu que, assim como da última vez, o Verde não deve ficar reaberto por muito tempo. Os detalhes de distribuição de cada banco e plataforma de investimento ainda estão sendo definidos, mas a maioria deve seguir um modelo de reservas ou “fila de espera”.

No momento, as únicas instituições confirmadas são a Vitreo, que abrirá um fundo espelho do Verde nos próximos dias, e a XP e a Rico, que utilizarão o fundo espelho que já existe por lá.

“Hoje não tem nenhum fundo multimercado que se compare ao Verde em termos de retorno e consistência no longo prazo”

“A oportunidade de investir no Verde é imperdível para qualquer brasileiro, é uma rara chance de entrar em um nos melhores fundos multimercados da indústria”, avalia Bruno Mérola, analista da Empiricus responsável para série Os Melhores Fundos de Investimento.

“O Verde raramente abre e quando isso acontece é sempre uma correria. Da última vez teve até investidores que madrugaram acessando o bankline para conseguir entrar na fila e, mesmo assim, ficaram de fora. Hoje não tem nenhum fundo multimercado que se compare ao Verde em termos de retorno e consistência no longo prazo”, diz o especialista.

A aplicação mínima deve ser de R$ 50 mil para a maioria das instituições de varejo e de R$ 250 mil para alguns escritórios de gestão de fortuna e private banks. A versão a ser distribuída tem taxa de administração de 2% ao ano e taxa de performance de 20% sobre o que exceder o CDI, com prazo de resgate de 60 dias.

ABRA SUA CONTA NA VITREO E SEJA AVISADO QUANDO O VERDE ESTIVER DISPONÍVEL PARA INVESTIR

A Empiricus é uma Casa de Análise, que produz e entrega publicações periódicas, regularmente constituída e credenciada perante CVM e APIMEC, e detém participação societária na Seu Dinheiro. Esta coluna reproduz o texto de um relatório de análise, que reflete única e exclusivamente a opinião de seu analista e foi elaborado de forma independente, inclusive em relação à Vitreo e à própria Empiricus. Este relatório é disponibilizado gratuitamente no site da Empiricus. A Empiricus e a Vitreo têm uma relação comercial pautada na transparência e na independência, relação essa que em nada afeta a imparcialidade do autor na elaboração de sua análise. A Empiricus e a Vitreo estão em processo de celebração de transação societária, para tornarem-se parte do mesmo grupo econômico. Esta operação está sujeita à aprovação do BACEN. Retornos passados não são garantia de retornos futuros. Investimentos envolvem riscos e podem causar perdas ao investidor.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Milionários na mira

Biden quer dobrar impostos sobre ganhos de capital dos mais ricos para financiar educação infantil

O presidente dos EUA aposta no aumento das taxas para investidores que ganham acima de US$ 1 milhão para financiar sua nova proposta

Oferta de ações

Caixa Seguridade (CXSE3): reservas para o IPO terminam no dia 26; veja os detalhes e se vale a pena investir

Banco público pretende captar até R$ 6,5 bilhões com a venda de parte de suas ações na empresa que reúne suas participações em seguros

Fechando o bolso

Republicanos contrariam Biden e propõem pacote alternativo de US$ 568 bilhões para infraestrutura

O valor defendido pela oposição é muito inferior aos mais de US$ 2 trilhões propostos pelo presidente democrata

Aceno a Biden

Na Cúpula do Clima, Bolsonaro promete zerar emissões de gases de efeito estufa até 2050

No encontro, organizado por Joe Biden, o presidente do Brasil também se comprometeu a zerar o desmatamento ilegal até 2030

Nem o agro se salva

Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) engrossa a lista de IPOs adiados em 2021

A empresa, que já havia interrompido a oferta por alguns dias em janeiro, citou a “deterioração” do mercado em seu segundo adiamento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies